de qualidade

Top PDF de qualidade:

Determinação de parâmetros para controle de qualidade da Richardia brasiliensis (Rubiaceae)

Determinação de parâmetros para controle de qualidade da Richardia brasiliensis (Rubiaceae)

RESUMO. Richardia brasiliensis é uma planta utilizada na medicina popular como expectorante, emética, diaforética, vermífuga e no tratamento de hemorróidas. O objetivo desse trabalho foi obter parâmetros de controle de qualidade para a identificação da droga vegetal constituída pelas partes aéreas e pela raiz da R. brasiliensis, dados ainda não descritos na literatura. Os resultados indicaram que a folha é anfiestomáti- ca, apresentando estômatos paracíticos e tricomas tectores unicelulares. A nervura principal apresentou feixe vascular colateral, o pecíolo feixe vascular em forma de arco e dois pequenos feixes vasculares late- rais e a raiz principal apresentou parênquima cortical com grande quantidade de grãos-de-amido e idio- blastos contendo ráfides de oxalato de cálcio. Na prospecção fitoquímica das raízes e das partes aéreas ve- rificou-se a presença de cumarinas, resinas, esteróides e triterpenóides e somente nas partes aéreas flavo- nóides e alcalóides. Os resultados obtidos nesse estudo podem auxiliar na identificação e controle de quali- dade dessa matéria-prima vegetal.
Mostrar más

1 Lee mas

TítuloPercepção ambiental: um critério de qualidade no âmbito da EA?

TítuloPercepção ambiental: um critério de qualidade no âmbito da EA?

Diante desse quadro, observa-se a real importância de colocar em questão a uti- lização da percepção ambiental como cri- tério de qualidade, principalmente, no que tange os programas de EA elaborados pe- los empreendedores econômicos. Já que, corriqueiramente, muitas mineradoras sim- plesmente descartam a utilização da PA em seus programas. Justamente para re- duzirem seus gastos com medidas mitiga- doras frente aos impactos ambientais que imprimem na paisagem onde se localizam e, também, na tentativa de evitar conflitos mais expressivos com a sociedade.

7 Lee mas

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE SEMENTES FISCALIZADAS E SEMENTES SALVAS DE SOJA

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE SEMENTES FISCALIZADAS E SEMENTES SALVAS DE SOJA

Entre algumas das exigências, a principal qualidade das sementes produzidas, pois nela se encontram todos os genes que caracterizam a espécie e a cultivar. Para que se ocorra a obtenção de sementes de qualidade, a produção deve ser realizada com controle rigoroso sobre todos os fatores que possam reduzir a qualidade. Este controle se estende até a comercialização, de forma que acaba garantindo a qualidade genética, fisiológica, sanitária e pureza física (PANOFF, B., 2013).

6 Lee mas

Neogênese . Canais e instrumentos emisores de qualidade e diversidade urbanas

Neogênese . Canais e instrumentos emisores de qualidade e diversidade urbanas

Os tecidos físico-territoriais resultam da somatória de estratos denominados peles, aqui agrupadas em três categorias: pele natural – superfície geológi- ca ou topológica original; pele infraestrutural – composta por grades funcio- nais de serviços e luxos; e pele supraestrutural – a própria arquitetura da cidade. A somatória dessas peles caracteriza a urbe e qualiica os diversos tipos de coniguração urbana (formais ou informais, normais ou subnor - mais, urbanas ou suburbanas). Incessantes ações e transformações sobre essas peles têm provocado hipergêneses (tecidos dilacerados, esgarçados e mal cicatrizados, peles hipertroiadas marcadas por um desenvolvimento que provocou um aumento de tamanho, de consistência e de complexidade, mas não da conveniente quantidade e qualidade de células necessárias à composição de uma rede de tecidos saudáveis). Esse processo não pode ser combatível com placebos, ao contrário, demanda tratamentos curativos e medidas preventivas eicazes, a exemplo do que propõe a Neogênese.
Mostrar más

1 Lee mas

TítuloRepresentaçôes da qualidade do ensino de alunos de enfermagem: um estudo exploratório

TítuloRepresentaçôes da qualidade do ensino de alunos de enfermagem: um estudo exploratório

ridades educativas se referem aos aspectos quantitativos de um sistema de ensino com qualidade, têm como referência o número de alunos e de docentes, o número de escolas e a dimensão do orçamento (cf., e.g., estatísticas do Ministério da Educação). Mas, quando se trata dos aspectos qualitativos desse mesmo sistema, referem-se à adequação dos progra- mas, ao processo de avaliação, ao grau de par- ticipação, à capacidade de inovação, à inte- racção com a comunidade envolvente, à par- tilha de recursos, às classificações dos alunos nas avaliações, ao clima e ao nível de satis- fação dos diversos intervenientes no processo (OCDE, 2007). Dada a óbvia importância destes temas, torna-se claro que um movi- mento educativo preocupado com o desenvol- vimento quantitativo do sistema de ensino terá de modificar também os seus aspectos qualitativos. Ou seja, é necessário procurar integrar políticas de promoção de igualdade de oportunidades, decorrentes de preocu- pações quantitativas, com políticas de pro- moção de qualidade e respectiva avaliação (Saraiva, 2004).
Mostrar más

13 Lee mas

A qualidade na televisáo para crianças

A qualidade na televisáo para crianças

Relativamente ao tópico «qualidade», encontrámos nas entrevistas diferentes pontos de vista sobre o assunto. A aná- lise dos testemunhos recolhidos permitiu-nos, todavia, agrupá- los. Assim, no que diz respeito às características que uma pro- gramação de qualidade deve possuir, os testemunhos recolhi- dos apontam basicamente para duas perspectivas: uma, defen- dida sobretudo pelos profissio- nais das televisões privadas e a outra, partilhada pelos profissio- nais da televisão de serviço público e pela generalidade dos restantes entrevistados. Os que assumem a primeira perspectiva conside- ram que «a audiência é o único aferidor da qualidade de uma série ou de um produto televisivo. Um bom programa é um programa que resulta bem nas audiên- cias» (director de programas internacionais do canal SIC). Defendendo que «os critérios sobre a qualidade são tudo menos unânimes, tudo menos consensuais» e que «os meus [do programador] critérios de qualida- de, por mais que os defina, são sempre diferentes dos critérios que aplico», dizem preferir orientar-se pela resposta que recebem dos públicos para quem progra- mam e que lhes chega através da medição das audiên- cias. Como características principais de uma progra- mação que consegue captar e cativar o público infan- til, apontam o entretenimento, a diversão, a brincadei- ra, a oferta de programas que, como diz um produtor,
Mostrar más

12 Lee mas

A qualidade em questão: estudos iniciais

A qualidade em questão: estudos iniciais

De acordo com Kuenzer e Moraes (2005) a expansão dos cursos de pós-graduação e os centros de pesquisas vêm com considerável crescimento desde a década de 1960. Em razão dessa expansão nas últimas décadas houve um importante crescimento quantitativo da produção acadêmica em educação no Brasil. Ao analisarmos esse crescimento somente a partir da década de 1990, sobretudo com a influência das mudanças nas políticas para a pós- graduação e o aumento da pressão da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) para o aumento da produção docente e discente, esse crescimento foi notável. Analisando apenas a expansão dos programas de pós-graduação, essa produção manteve certa regularidade da produção acadêmica, mas se por um lado isso significa certa energia no que se refere à produção, por outro, esse movimento nos coloca frente ao desafio da produção e divulgação de um conhecimento de qualidade com relevância social e se sua regularidade, em âmbito geral, tem influenciado o debate nacional, em termos de divulgação e aproveitamento dos resultados.
Mostrar más

13 Lee mas

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE PEPINOS EM CONSERVA

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE PEPINOS EM CONSERVA

O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade de marcas comerciais de pepinos em conserva quanto ao número de pepinos, o percentual de pepinos com defeitos, o percentual de pepinos com pedúnculos, além de verificar o pH do pepino (parte sólida) e da salmoura (parte líquida). Foram adquiridas 11 marcas de pepino em conserva comercializadas no município de Itaqui, Rio Grande do Sul, e determinado o pH, a contagem do número de pepinos, a contagem de pepinos com defeitos (partidos, cortados, descoloridos) e a contagem de pepinos com pedúnculo. Ao analisar as partes sólidas (pepino) e líquida (salmoura) separadamente, observa-se que todas as amostras apresentaram pH inferior a 4,5. O número de pepinos variou entre 30,33 e 10,66 pepinos nos recipientes. Em relação aos pepinos que continham defeitos (manchados e/ou oxidados e/ou mordidos/danificados por insetos) as amostras B,E,F e H apresentaram 92,31%, 98,32%, 96,96%, 88,95% de pepinos defeituosos, respectivamente, mostrando assim que a grande parte dos sólidos presente no frascos continham defeitos. A amostra que apresentou o maior percentual de pepinos com pedúnculo foi a F com 91,84%. E a amostra que apresentou o menor percentual de pepinos com pedúnculo foi a G, com apenas 5,66%. Conclui-se que todas as amostras analisadas apresentaram pH das partes sólidas e líquida menores que 4,5, mostrando-se de acordo dos padrões estabelecidos pela legislação vigente e, desta forma, impedindo a proliferação de diversos micro- organismos, incluindo os patógenos formadores de esporos, como o Clostridium botulinum. Já em relação aos padrões de qualidade relacionados com o número de pepinos, percentual de pepinos com defeitos e percentual de pepinos com pedúnculo, verificou-se que em algumas amostras mais da metade do conteúdo sólido nas amostras analisadas possuía pepinos com defeitos e/ou pedúnculo.
Mostrar más

5 Lee mas

Adubação silicatada em trigo: rendimento e qualidade de sementes

Adubação silicatada em trigo: rendimento e qualidade de sementes

de silício, bem como os efeitos principais não foram significativos. Observa-se que as fontes caulim e cinza de casca de arroz, via solo, até a dose de 2500 kg -1 de silício por ha -1 , não afetaram significativamente a qualidade fisiológica das sementes produzidas, visto que não influenciaram a germinação e o vigor das sementes. Verifica-se que ambas fontes apresentaram desempenho semelhante, pois não diferiram significativamente nas variáveis de primeira contagem da germinação, germinação, envelhecimento acelerado e teste de frio. Apesar dos estudos realizados por Harter & Barros (2011) terem sido com aplicação foliar de cálcio e silício em soja, infere-se que os dados obtidos na presente pesquisa foram divergentes, pois não se detectou efeito significativo benéfico da aplicação de silício via solo, na qualidade fisiológica de sementes de trigo.
Mostrar más

6 Lee mas

PROJETO DE EXTENSÃO ENVELHECER: REFLETINDO SOBRE QUALIDADE DE VIDA NO ENVELHECIMENTO

PROJETO DE EXTENSÃO ENVELHECER: REFLETINDO SOBRE QUALIDADE DE VIDA NO ENVELHECIMENTO

O presente trabalho objetiva promover debate em torno da qualidade de vida no envelhecimento a partir da experiência vivenciada em projeto de extensão. Destaca-se que de acordo com a política nacional do idoso (PNI) Lei nº8. 842, de 4 de janeiro de 1994, e de acordo com o Estatuto do Idoso e Lei nº 10.741,de 1º de outubro de 2003, pode-se definir o Idoso como pessoas com 60 anos ou mais, assim velhice é uma fase de vida. Já o envelhecimento diz respeito há um processo que acompanha o indivíduo do nascimento até morte. Portanto, acontece de modo evolutivo e gradual e é irreversível (MAZZA; LEFÉVRE, 2004). O projeto de Extensão EnvelheSER ± a opção pela inclusão do SER e não CER se constituiu de forma proposital para remeter a importância do Ser idoso sem discriminação em preservação da autonomia ± foi criado em 2012, estando em 2017 em sua terceira e ultima edição ± será remodelado com novas metas e objetivos a partir da experiência vivenciada ±. Objetivou promover reflexão sobre o envelhecimento humano visando contribuir com indicações de possibilidades de melhoria da qualidade de vida. Enquanto objetivos específicos galgou debater ações de caráter educativo, social e cultural que envolva o envelhecimento; fomentar parcerias entre Secretaria Municipais de Assistência Social, Conselhos de Direito do Idoso e Lares de Longa Permanência para o fortalecimento das ações cotidianas de atendimento ao idoso; realizar evento alusivo ao Dia Nacional do Idoso; ofertar curso de qualificação para profissionais, cuidadores e demais interessados na área da gerontologia social; promover integração entre Universidade e Comunidade para interlocução de saberes para efetivação de possibilidades de ensino, pesquisa e extensão e possibilitar aos discentes interface entre atividades teóricas e práticas.
Mostrar más

6 Lee mas

Um chatterbot para auxiliar no aprendizado em qualidade de software

Um chatterbot para auxiliar no aprendizado em qualidade de software

Este artigo procura fazer uma contribuição na utilização de chatterbots para auxiliar no aprendizado em qualidade de software. Grande parte dos ambientes existentes atualmente para educação à distância está focada no uso de ferramentas tradicionais como chats e fóruns, os chatterbots funcionam como uma alternativa a essas ferramentas, nele o usuário obtém as informações através de uma conversa, com a vantagem de ter acesso às informações a qualquer momento. Chatterbots são programas que possuem a capacidade de interagir com o usuário por meio de textos. O chatterbot criado utiliza uma base de conhecimento desenvolvida na linguagem AIML e possui conhecimentos em qualidade de software.
Mostrar más

11 Lee mas

Educação, inovação, qualidade: a construção de um direito

Educação, inovação, qualidade: a construção de um direito

Nas nossas atividades diárias, seja na vida pessoal, seja no trabalho ou nas demais interações que protagonizamos, a questão da qualidade sempre está presente. Na sequência do escrito, a partir de contextos cotidianos, procura-se exemplificar o entendimento que adotamos em relação a ‘qualidade’. Pode-se afirmar que qualidade não é algo dado; qualidade é um juízo de valor que se confere a algo a partir da nossa forma muito particular de estar no mundo. A qualidade é uma construção epistêmica, política, social, histórica e cultural; tem relação direta com o ato de pensar algo, com o ato da materialização do pensado e, por fim, com o ato de análise do ocorrido em relação ao pensado.
Mostrar más

11 Lee mas

EFEITOS DE DIFERENTES NÍVEIS DE COMPACTAÇÃO SOBRE A QUALIDADE DE SILAGENS DE SORGO

EFEITOS DE DIFERENTES NÍVEIS DE COMPACTAÇÃO SOBRE A QUALIDADE DE SILAGENS DE SORGO

Devido à escassez forrageira em determinados períodos críticos, a confecção de silagem tornou-se uma alternativa muito utilizada para a conservação e armazenamento dos alimentos. Na confecção, a presença de oxigênio favorece a degradação aeróbica por microrganismos que além de alterar a temperatura e pH, ocasionam a proliferação de fungos que tornam a silagem mais instável e sujeita à deterioração. Dessa forma, a compactação tem como objetivo eliminar o oxigênio presente na silagem, impedindo uma inadequada fermentação que resulte na degradação. O objetivo do presente trabalho é avaliar os efeitos na qualidade de silagens de sorgo cultivados na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul sob diferentes níveis de densidade no processo de compactação.
Mostrar más

5 Lee mas

Qualidade Sonora dos Produtos

Qualidade Sonora dos Produtos

São apresentados os resultados do ensaio de potência sonora, a medição do nível de pressão sonora em dB(A), e as métricas psicoacústicas loudness e sharpness. Estes dois últimos, relacionados à qualidade sonora, são utilizados para aproximar as medições à percepção humana. Na parte qualitativa é mostrada a avaliação subjetiva de um grupo de consumidores, com foco no desconforto causado pelo ruído dos secadores. Essa avaliação foi desenvolvida em duas etapas: na primeira não houve contato direto das pessoas com os aparelhos (estas ouviram gravação realizada através de sistema binaural); na segunda, os consumidores simularam o uso do produto propriamente dito. O objetivo primordial desta pesquisa é, além de realizar uma comparação global entre os diferentes modelos, confrontar a avaliação qualitativa com os parâmetros medidos, determinando se é possível caracterizar o ruído dos secadores testados com as métricas escolhidas. O resultado deste será apresentado em outro trabalho durante este mesmo congresso.
Mostrar más

18 Lee mas

Perfil e Qualidade de Vida de Trabalhadores de Colheita

Perfil e Qualidade de Vida de Trabalhadores de Colheita

RESUMO – Objetivou-se com este estudo caracterizar o perfil e avaliar o nível de satisfação que reflete na qualidade de vida no trabalho (QVT) de trabalhadores da colheita de madeira de duas contratadas (C1 e C2), por duas grandes empresas do setor florestal, sendo uma do segmento de papel e celulose (PC) e, a outra, do segmento de carvão vegetal (CV). A avaliação ocorreu a partir da percepção dos trabalhadores das contratadas em questão, utilizando um modelo pré-concebido que contempla 11 blocos ou dimensões referentes a variáveis intervenientes e definidores da QVT, englobando 48 trabalhadores em três categorias funcionais: operador de motosserra (7 trabalhadores da C1 PC e 10 da C2 CV), ajudante de motosserrista (7 trabalhadores da C1 PC e 8 da C2 CV) e operador de carregador florestal (11 trabalhadores da C1 PC e 5 da C2 CV). Os dados referentes às variáveis intervenientes na QVT foram obtidos a partir de escala fechada do tipo Likert, com os escores variando de 1 a 7, em que 1 correspondeu ao nível "bastante insatisfeito" e 7, ao nível "bastante satisfeito". O perfil dos trabalhadores é de pessoa jovem, baixo nível de escolaridade e pouco tempo de serviço na empresa. Quanto ao nível de satisfação no trabalho, constatou-se que os trabalhadores da C1 PC se encontravam "satisfeitos" e os da C2 CV, "mediamente satisfeitos" com o trabalho e as condições proporcionadas pelas respectivas empresas, apesar de estatisticamente não ter sido detectada diferença entre os valores médios encontrados nas duas situações, pelo teste de Mediana (P>0,01). Os fatores que mais contribuíram para esses resultados favoráveis foram os benefícios extras oferecidos pelas prestadoras de serviços, as condições de segurança no trabalho e o contentamento com o emprego formal.
Mostrar más

8 Lee mas

Sustentabilidad, mobilidad para se ter qualidade de vida

Sustentabilidad, mobilidad para se ter qualidade de vida

“O Plano de 1942 previa, para o ano 2000, a multiplicação da superfície de Quito por 4,5 e estimava uma população de 700.000 hab. Nesta época a superfície ocupada pela cidade era de aproximadamente 975 ha. O mapa do Plano mostra uma ruptura socio-espacial marcada: enquanto no norte se localizaríam “bairros jardins” desenhados com moradias de alta qualidade para uma população de clase média. Se previa, ao sul, a instalação de uma zona industrial rodeada por bairros operários para os trabalhadores e para uma população de classe média baixa. No centro predominariam as atividades comerciais, os edifícios históricos e um centro de governo munic ipal, o executivo e o legislativo se trasladaria um pouco mais ao norte.”
Mostrar más

25 Lee mas

QUALIDADE DE ALTITUDES ORTOMÉTRICAS EM NIVELAMENTO TRIGONOMÉTRICO

QUALIDADE DE ALTITUDES ORTOMÉTRICAS EM NIVELAMENTO TRIGONOMÉTRICO

A obtenção de cotas e altitudes em um local, conhecido como nivelamento, é um método de simples entendimento, mas de extrema importância. A sua essencialidade é tanta que atualmente não imaginamos um projeto de construção sem a sua utilização. O nivelamento pode ser realizado a partir de três métodos distintos, os quais são: O nivelamento geométrico, barométrico e trigonométrico. O objetivo deste experimento foi verificar a qualidade de altitudes ortométricas em nivelamento trigonométrico, o qual foi realizado no trabalho. Como resultados, observou-se que o experimento apresentou resultados satisfatórios em relação a precisão da estação e os métodos de controle de erros que foram aplicados no levantamento. Vale ressaltar que o método utilizado apresenta uma agilidade para a atividade em campo, pois o mesmo utiliza a estação total, o qual é um equipamento moderno e que fornece todos os dados para realização dos devidos cálculos.
Mostrar más

5 Lee mas

Betoneira para encapsulamento na qualidade de sementes de algodão

Betoneira para encapsulamento na qualidade de sementes de algodão

RESUMO - Objetivou-se estudar a qualidade fisiológica de sementes de algodão quando submetidas à encap- sulação em betoneiras de diferentes capacidades de processamento. Foram avaliadas três betoneiras para a en- capsulação: pequena, média, e grande, com capacidade de 10; 20 e 40 litros, respectivamente. A betoneira pe- quena recebeu sementes deslintadas + tratadas para serem submetidas ao processo de encapsulação com o pro- duto coating e acabamento (metil-celulose). Em seguida, essas sementes encapsuladas foram classificadas em três tipos de massas de sementes (classe 1, 2 e 3). A betoneira média recebeu sementes deslintadas + tratadas para serem submetidas ao processo de encapsulação com o produto finishing, sendo posteriormente classifica- das em peneiras retangulares de diferentes tamanhos (5 mm, 5,5 mm e 6 mm). A betoneira grande recebeu se- mentes deslintadas + tratadas para serem submetidas ao processo de encapsulação (coating e finishing) com e sem corante, além de uma testemunha não encapsulada. Foi adotado o delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. Foram analisadas as variáveis percentagem de germinação, comprimento de plântulas e massa de 100 sementes. Observou-se que o encapsulamento não ocasiona alteração na qualidade fisiológica das sementes e o recobrimento aumenta a massa das sementes.
Mostrar más

8 Lee mas

Show all 10000 documents...