desenvolvimento local

Top PDF desenvolvimento local:

AGRICULTORAS FEIRANTES   PROTAGONISTAS DO DESENVOLVIMENTO LOCAL EM ITAQUI RS

AGRICULTORAS FEIRANTES PROTAGONISTAS DO DESENVOLVIMENTO LOCAL EM ITAQUI RS

Os estudos realizados sobre a questões da mulher no campo e em relação a sua participação nas atividades apontam para a questão de gênero e para a indiferença por elas sofrida em relação ao seu desempenho laboral e sua contribuição na geração de renda da família. As agricultoras feirantes que participaram deste trabalho refletem uma triste realidade da representação da mulher na sociedade, a subordinação perante o homem e o descaso pelo seu trabalho, sendo julgado como mera ajuda. O estudo revela que a mulher não é apenas coadjuvante no sustento da família, mas mais do que isso, ela protagoniza o desenvolvimento local.
Mostrar más

6 Lee mas

As iniciativas e experiências em agroecologia como estratégia de desenvolvimento local em um assentamento de reforma agrária

As iniciativas e experiências em agroecologia como estratégia de desenvolvimento local em um assentamento de reforma agrária

Por meio desse trabalho será buscado compreender quais são as disputas e os conflitos acerca da consolidação da agroecologia como uma das alternativas e iniciativas de desenvolvimento local em um assentamento de reforma agrária. Dessa forma, o objetivo desse trabalho, que é um dos resultados apresentados como trabalho de dissertação do autor, é identificar as disputas e os conflitos que ocorrem em meio a iniciativas locais relacionadas à agroecologia. O assentamento Santa Rosa está localizado em uma das regiões de maior densidade de assentamentos e assentados no Rio Grande do Sul (RS). As fontes de pesquisa utilizadas para coletar os dados e as referências nesse trabalho foram obtidas em: bibliografias temáticas pesquisadas; artigos acadêmicos; e percepções de vivências do autor em alguns assentamentos de reforma agrária. Por meio da pesquisa considerou-se que as iniciativas e ações em agroecologia no assentamento estudado podem ser estratégicas e possibilitar a potencialização das relações sociais para a ocorrência de experiências em desenvolvimento local distintas das que ocorrem junto ao agronegócio.
Mostrar más

19 Lee mas

Tradição e Utopia como elementos estruturantes do desenvolvimento local e regional na Sociedade do Conhecimento

Tradição e Utopia como elementos estruturantes do desenvolvimento local e regional na Sociedade do Conhecimento

 “Uma das questões mais complexas e difíceis às quais são confrontados os povos autóctones de nosso planeta é como, ou mesmo se eles devem ou não conciliar seu estilo de vida tradicional com o que pode ser considerado como um verdadeiro desenvolvimento local sustentável.”

15 Lee mas

TítuloA educação ambiental e a valorização do património natural de São Tomé e Príncipe: contributos e desafios para o desenvolvimento local

TítuloA educação ambiental e a valorização do património natural de São Tomé e Príncipe: contributos e desafios para o desenvolvimento local

O património natural de São Tomé e Príncipe tem vindo a ser identificado e reconhecido pela comunidade científica, processo em que se tem destacado mais a sua riquíssima diversidade biológica que a geológica, não obstante a sua relativa importância. O relacionamento da comunidade com os recursos naturais do arquipélago tem vindo a intensificar-se e a promover impactos significativos, como o atestam a progressiva depleção da floresta, a erosão costeira e a extração furtiva de inertes, entre outras situações identificadas. Promover um maior e melhor conhecimento do património natural de São Tomé e Príncipe, bem como de modelos de relacionamento mais harmoniosos entre a comunidade e este património, é um desígnio da Educação Ambiental. A Educação Ambiental torna-se promotora da sensibilização, formação, divulgação, promoção e valorização do conhecimento relativo ao património natural/ambiental, tornando-se um veículo de intervenção e desenvolvimento comunitário. Pode contribuir, assim, para o desenvolvimento do arquipélago aos seus vários níveis -abarcando múltiplos atores nesse processo educativo, nomeadamente estabelecimentos de ensino, organizações não-governamentais com preocupações ambientais e de desenvolvimento, ordens profissionais e poder político, entre outros– exigindo também o estabelecimento de uma rede de cooperação/parcerias essencial ao país e à defesa do seu património natural. Astract
Mostrar más

7 Lee mas

ORGANIZAÇÕES E DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL: IMPACTOS DA UNIPAMPA CAMPUS SANT’ANA DO LIVRAMENTO NO DESENVOLVIMENTO LOCAL

ORGANIZAÇÕES E DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL: IMPACTOS DA UNIPAMPA CAMPUS SANT’ANA DO LIVRAMENTO NO DESENVOLVIMENTO LOCAL

No que diz respeito à Unipampa enquanto impulsionadora do desenvolvimento direto e indireto na cidade de Santana do Livramento, segundo (HOFF, MESQUITA, SOPEÑA, e SAN MARTIN, 2012), no ano de 2011, o campus contava com os cursos de graduação de Administração, Ciências Econômicas, Gestão Pública e Relações Internacionais, além da especialização em Desenvolvimento de Regiões de Fronteira. Contando com 740 alunos de graduação, 33 de pós-graduação. Além de 45 docentes, 21 técnicos administrativos e 16 servidores para realizar funções de apoio. (UNIPAMPA, 2010) (UNIPAMPA 2011) apud (HOFF, MESQUITA, SOPEÑA, e SAN MARTIN, 2012). A pesquisa feita em 2009, indica que cerca de 30% dos discentes ingressantes no campus, vieram de outros municípios para residir em Sant¶$QD GR /LYUDPHQWR (P HVVH Q~Pero passou para 35%. (UNIPAMPA (2009 e 2010) apud HOFF, MESQUITA, SOPEÑA E SAN MARTIN (2012). Dos docentes, 44 vieram de outras cidades, já entre os técnicos, a grande maioria pertenciam ao município. (UNIPAMPA 2011) apud (HOFF, MESQUITA, SOPEÑA, e SAN MARTIN, 2012)
Mostrar más

7 Lee mas

As dimensões geográficas dos arranjos produtivos locais

As dimensões geográficas dos arranjos produtivos locais

baseada em formas de regulação intermedi- árias e nas energias, recursos e modalidades de organização econômica e política locais, chamado de desenvolvimento local ou regio- nal endógeno. A literatura sobre os distritos deve muito de seu destaque à contribuição de teóricos italianos que reconheceram em distritos industriais da Terceira Itália, entre os anos 1960 e 1980, exemplos bem sucedidos economicamente e cujo sucesso se atribuía ao modo de regulação estabelecido, misto de concorrência, cooperação e estímulo e base- ado em alianças entre empresários, assalaria- dos e coletividades locais. Esse modelo, reco- nhecido internacionalmente, passou a servir de ferramenta de análise de diversos casos de aglomerações de empresas espalhadas pelo mundo, inclusive no Brasil, com a adoção da terminologia de Arranjos Produtivos Locais.
Mostrar más

16 Lee mas

CICLOS BIOLÓGICOS DE INSETOS PRAGAS NA DEGRADAÇÃO DOS RESÍDUOS DO BENEFICIAMENTO DO ARROZ

CICLOS BIOLÓGICOS DE INSETOS PRAGAS NA DEGRADAÇÃO DOS RESÍDUOS DO BENEFICIAMENTO DO ARROZ

Os Cupins ou térmitas, Ordem Isoptera, possuem longo período de desenvolvimento embrionário. As formas jovens do primeiro estágio são aparentemente iguais, mas no segundo estágio elas se diferenciam em dois tipos principais: larvas de cabeças pequenas e as de cabeça grande. O desenvolvimento de todas estas formas se processa mediante as transformações sem metamorfose e do número de instares, que variam com as condições ambientais, idade, tamanho e também com a composição das castas de uma colônia.

7 Lee mas

TítuloMunicipios e educación

TítuloMunicipios e educación

Higienismo e Municipalismo no Porto (1900-1926), da autoria de Luís Alberto Mar- ques Alves, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto/ Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura Espaço e Memória, e de Francisco Diogo Mota Soares Pereira, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto/Bolseiro do Projeto INOVAR, é um texto em que as virtualidades dos estudos municipalistas fazem ressaltar diferentes aspectos, em simultâneo. De modo análogo ao quadro descrito no texto anterior, um desses aspectos é a importância da geografia como demarcação e caracterização de um território educativo e de desenvolvimento social, onde as políticas locais foram orientadas para um plano integrado. Com efeito, a melhoria das condições urbanísticas era condição para a melho- ria da saúde e da higiene, e esta melhoria estava associada a melhorias na aculturação escrita. Foi em contexto escolar que o movimento médico e as políticas higienistas, com particular relevo para a acção de Ricardo Jorge, médico e filantropo, encontraram uma coerência e uma linha de desenvolvimento irreversíveis. Concluem os autores que, apesar da contenção orçamental, houve um grande empenho do município do Porto e dos seus agentes, para traçarem um novo rumo na política educativa. O domínio educativo-sanitário foi associado à escolarização e permitiu uma aproximação à pedagogia moderna.
Mostrar más

6 Lee mas

Análise Transitória de Sistemas de Controle e Modelagem de Sistemas não Convencionais no Programa ATP

Análise Transitória de Sistemas de Controle e Modelagem de Sistemas não Convencionais no Programa ATP

A rotina MODELS foi desenvolvida por Laurent Dubé, que também é o autor da TACS, e é considerada uma ferramenta de simulação de algoritmos genéricos. Tendo em vista o espaço de tempo entre um desenvolvimento e outro, bem como a própria experiência do autor com a TACS, não há nenhuma dúvida de que MODELS é uma ferramenta moderna que incorpora os últimos conceitos em simulação de sistemas de controle e algoritmos genéricos.

9 Lee mas

INSETOS PRAGAS PRIMÁRIAS DA ORIZICULTURA NA DEGRADAÇÃO DA CASCA DE ARROZ: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

INSETOS PRAGAS PRIMÁRIAS DA ORIZICULTURA NA DEGRADAÇÃO DA CASCA DE ARROZ: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

O trabalho foi realizado pelo Grupo de Pesquisa em Avicultura e Suinocultura ± GPAS em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Manejo Integrado de Pragas ± NEMIP ambos da Universidade Federal do Pampa - Campus Itaqui. O estudo foi realizado no período de março a setembro de 2017 e consistiu no processo metodológico de pesquisa bibliográfica para agrupar, revisar e direcionar a seleção dos insetos-pragas primárias da cultura do arroz. Devido a grande quantidade de insetos-pragas primárias da cultura de arroz, foram considerados apenas os insetos pragas primários incidentes na região da Fronteira Oeste do RS. Desta forma, os insetos exóticos (não presentes na região) bem como os insetos que representam riscos à seguridade (microbiológica) foram desconsiderados do estudo bibliográfico. Os insetos-pragas primárias da cultura do arroz incidentes na região da Fronteira Oeste do RS foram organizados com nomenclatura Científica e Nome Popular para facilitar a compreensão. Além disso, foram relacionadas quanto a: 1- Local de Incidência (Campo/Lavoura ou Armazenagem); 2- Ciclo de desenvolvimento (Fase vegetativa, reprodutiva e/ou Grão armazenado); 3- Ataque QD 3ODQWD 5DL] &ROPR %DLQKD )ROKD 3DQtFXOD *UmR ³ - Tipo de Aparelho Bucal (Mastigador ou Sugador).
Mostrar más

6 Lee mas

Especificação de uma abordagem para desenvolvimento distribuído de software utilizando SPEM

Especificação de uma abordagem para desenvolvimento distribuído de software utilizando SPEM

Segundo [Berger, 2003], o uso de um processo padrão permite aos gerentes de projeto definir planos em conformidade com os padrões de qualidade e pro- cedimentos da organização. Uma equipe de desenvolvimento que trabalha sem um processo bem definido acaba funcionando de maneira ad hoc, o que com- promete o seu sucesso, criando uma situação insustentável. Por outro lado, or- ganizações maduras empregando um processo bem definido podem desenvolver sistemas complexos de maneira consistente e previsível, independente de quem o produziu.

10 Lee mas

Construção da agenda 21 da bacia do rio São João

Construção da agenda 21 da bacia do rio São João

Environmental education is a process that contributes to disseminating environmental information. Communities can identify and solve potential local problems. This research was aimed at establishing the overall Agenda 21 for São João basin together with the community so that it can commit to protecting the basin. Using a participatory method, three workshops were held for the Future (Western Wall, Tree of Hope and The Way Forward) in order to make the community participate and to give data for preparing Agenda 21. The results obtained through the workshops were used to make action plans to conserve and preserve the Basin of São João River. Their implementation and enforcement were the responsibility of the City Hall and community of Carambeí. We consider that drawing up Agenda 21 contributed to internalizing the environmental issue at the municipal level. Formal and non-formal environmental education programs are expected to be developed in order to include the population and to apply those principles and environmental values that contribute to recovering and improving the water quality in São João River.
Mostrar más

21 Lee mas

Emulação, teste e validação de conceitos e conteúdos . Ambiente computacional para TV Digital

Emulação, teste e validação de conceitos e conteúdos . Ambiente computacional para TV Digital

Além disso, há que se conside- rar que existem também diferen- tes perfis de usuários de televisão, desde aqueles cujo aparelho tele- visivo representa o único meio de comunicação disponível na resi- dência até os que contam com as facilidades da Internet banda lar- ga e da TV a Cabo. Quanto maior número de dispositivos conecta- dos melhor a inserção no ambien- te da TV Digital, pois as operado- ras de TV a Cabo já disponibili- zam vídeo em alta definição e a interatividade local. Cerca de 8,7 milhões de domicílios brasileiros, portanto, já utilizam algum sis- tema proprietário de middleware. (Morgado, 2012).
Mostrar más

4 Lee mas

PERCEPÇÃO AMBIENTAL NO AMBIENTE ACADÊMICO: UMA DISCUSSÃO  SOBRE ENGAJAMENTO ECOLÓGICO

PERCEPÇÃO AMBIENTAL NO AMBIENTE ACADÊMICO: UMA DISCUSSÃO SOBRE ENGAJAMENTO ECOLÓGICO

Como se vê, o debate a respeito dos aspectos ambientais não é recente e perfaz todas as camadas da sociedade em busca de soluções que equilibrem a demanda por produção e o esgotamento de recursos naturais. A presente pesquisa buscou verificar a percepção da comunidade local quanto à questões ambientais que as cercam, para tanto, utilizou-se como balizador para desenvolvimento da pesquisa alguns dos fatores de avaliação apresentados em Fernandes (2004) e, posterior comparação com os dados por ele obtidos. É necessário citar, ao final deste estudo que, ao se aplicar a mesma ferramenta de exploração dos dados em ambientes tão diversos, como a cidade litorânea de Vitória (ES) e uma cidade fronteiriça de Bagé (RS), como também, em um espaço de tempo entre a realização das pesquisas de mais de dez anos, obteve-se comparativamente resultados muito semelhantes. Tal afirmação revela que para a amostra coletada, ambas realizadas em Universidades, com um público de servidores federais, alunos e comunidade local, verifica-se que existe uma preocupação com fatores ambientais, mas que pouco tem se convertido em ações em prol da sustentabilidade ambiental. Da mesma forma, ainda há muito desconhecimento a respeito do papel e ações realizadas pelos atores envolvidos neste processo, sejam eles, organizações não governamentais, empresas privadas, universidades e governo.
Mostrar más

7 Lee mas

EXPLORAÇÃO DE CALCÁRIO: IMPACTOS AMBIENTAIS E SOCIAIS CAUSADOS PELA ATIVIDADE EM CAÇAPAVA DO SUL

EXPLORAÇÃO DE CALCÁRIO: IMPACTOS AMBIENTAIS E SOCIAIS CAUSADOS PELA ATIVIDADE EM CAÇAPAVA DO SUL

Sabe-se que a atividade mineradora provoca danos irreversíveis ao meio ambiente, sendo assim, é de essencial relevância conhecer os problemas causados e fazer uso de medidas mitigadoras, buscando sempre a preservação dos ambientes naturais. Este trabalho é uma compilação de dados observados em visitas técnicas às empresas mineradoras de calcário na região das Caieiras - Caçapava do Sul. Além dos impactos ambientais, o presente estudo também tem o objetivo de relatar os benefícios causados pela mineração à população das Caieiras e propor possíveis soluções para atenuar os danos advindos da extração de calcário. A atividade mineradora sem hesitação se faz necessária para desenvolvimento das sociedades nos mais diversos setores. Entretanto, a mineração provoca diversos problemas ambientais e sociais, tais como, poeira nas áreas residenciais, contaminação do lençol freático, aumento do Ph das drenagens, erosão de taludes, depredação da fauna e da flora, entre outros. Contudo, também se faz necessário citar os benefícios sociais advindos da atividade minerária: desenvolvimento social e local devido aos empregos diretos e indiretos criados.Certamente, a implementação de mineradoras acarreta em impactos ambientais, entretanto é importante salientar que medidas mitigadoras têm sido realizadas nas empresas a fim de evitar danos ao meio ambiente. Ademais é de conhecimento geral que as atividades minerárias são propulsoras de renda e emprego à população.
Mostrar más

6 Lee mas

DESENVOLVIMENTO DE ELEMENTO VAZADO ACÚSTICO

DESENVOLVIMENTO DE ELEMENTO VAZADO ACÚSTICO

As primeiras relações levantadas para o desenvolvimento do bloco foram o material comumente utilizado em blocos de alvenaria e em elementos vazados comercializados na região (cimento e areia, na razão de 1:3), a fôrma em uma forma simples (que pode ser confeccionada de madeira ou metálica) e a proteção de chuvas, além da facilidade de empilhamento. Percebeu-se que a geometria do bloco do ressonador atendia a estes componentes, e desta forma foi realizada uma adaptação para transformar o ressonador em um elemento vazado, procurando criar um bloco que possuísse uma fenda não somente para a entrada da onda sonora e de ar, mas a saída. Desta forma, foi pensada em uma geometria em que o bloco possuísse uma cavidade e o mesmo fosse implantado de frente para outro, com um espaço entre eles, de maneira que as cavidades dos blocos ficassem coincidentes, representando assim o volume da “garrafa” e o espaço entre eles a fenda do ressonador.
Mostrar más

10 Lee mas

Show all 8590 documents...