Ensino - universidade

Top PDF Ensino - universidade:

Intelectuais e Universidade: O Ensino Superior no Congresso de Instrução Pública (Rio de Janeiro, 1883-1884)

Intelectuais e Universidade: O Ensino Superior no Congresso de Instrução Pública (Rio de Janeiro, 1883-1884)

Antonio Almeida Oliveira (Bastos, 2007) foi convidado para dar parecer em duas questões: a questão 2 - Criação de uma Universidade. Sua organização. Faculdades que a devem constituir. Condições de autonomia das Faculdades existentes nas Províncias e da Escola de Minas de Ouro Preto em relação à Uni- versidade -; e a questão 3 - Organização do Conselho Universitário e do Con- selho Superior de Instrução Pública. Atribuições de cada um deles. Criação de uma Inspetoria Geral de Instrução Superior. As duas são respondidas em um só texto, com 20 páginas e 24 seções, em que o autor se detém exclusivamente na primeira, pois se posiciona contra a criação de uma universidade «como medida centralizadora», considerada «um luxo nacional», convicto de que é «antes um mal que um bem». Para expor sua tese, começa apresentando a história da uni- versidade e da sua situação nos países europeus (especialmente Inglaterra, Ale- manha) e nos Estados Unidos, no século XIX. Para a situação brasileira, é contra a centralização de uma universidade na Corte, propugnando a «necessidade de descentralizar a vida intelectual», o que daria condições às províncias de atrair os «homens instruídos». Além disso, defende uma universidade com caráter profis- sional e não somente para conferir «graus científicos». Considera incompatível a manutenção das Faculdades, nas províncias, e a universidade na Corte, quanto aos aspectos administrativos e financeiros, defendendo a manutenção das pri- meiras. Contrapondo-se à tese de criar uma universidade no Brasil, coloca o foco de análise na necessidade de organizar adequadamente o «ensino inferior», isto é, o ensino primário mais o ensino secundário, ampliando os programas e tornando-os científicos. Considera que
Mostrar más

22 Lee mas

O ENSINO DAS GEOCIÊNCIAS POR MEIO DA EXTENSÃO: ALINHANDO COMUNIDADE E UNIVERSIDADE

O ENSINO DAS GEOCIÊNCIAS POR MEIO DA EXTENSÃO: ALINHANDO COMUNIDADE E UNIVERSIDADE

Com o intuito de estabelecer a conexão e a difusão do conhecimento sobre Geociências, as ações de extensão têm como principal objetivo a integração entre a universidade e a comunidade. A busca de estratégias para agregar o ensino e a pesquisa a favor da comunidade e a busca de alternativas pedagógicas mais adequadas a sua realidade, desenvolvem ações voltadas à prática das Geociências com a comunidade sem perder seu caráter técnico.

7 Lee mas

TítuloO abandono dos estudantes no ensino superior: um estudo na Universidade do Minho

TítuloO abandono dos estudantes no ensino superior: um estudo na Universidade do Minho

Desta forma, a transição para o Ensino Superior implica a adaptação a um novo ambiente, normalmente mais desafiador (Attinasi, 1989; Christie & Dinham, 1991; Thompson & Fretz, 1991), e é acompanhada por determinadas exigências que os alunos terão que conseguir ultrapassar a nível inte- lectual, académico e social. A este propósito, Tinto (1993) introduz os conceitos de inte- gração social e integração académica, na medida em que ambas dependem da compati- bilidade dos valores e objectivos na díade aluno-instituição. A persistência do estudante ocorre quando ambas convergem no sentido positivo, ocorrendo o abandono quando essa convergência não se verifica (Soares, 2003). Sendo assim, a forma como o aluno percep- ciona e vivencia as experiências académicas, e o grau em que tais vivências e interacções vão ao encontro dos seus interesses e necessi- dades, são factores importantes para persistir ou abandonar o ensino superior. Aliás, a maio- ria dos investigadores concorda que o que ocorre após o ingresso na universidade é mais importante do que os atributos individuais anteriores à entrada (Tinto, 1993). A per- manência na instituição requer uma adequada integração, sendo esta decorrente de uma inte- racção aluno-instituição satisfatória, e onde se inclui quer determinados níveis de realização académica quer certos níveis de satisfação pessoal e interpessoal.
Mostrar más

9 Lee mas

ANÁLISE E MELHORIAS NO PROCESSO DE CONTRATAÇÃO EM UMA UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DE ENSINO SUPERIOR

ANÁLISE E MELHORIAS NO PROCESSO DE CONTRATAÇÃO EM UMA UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DE ENSINO SUPERIOR

O atual cenário presenciado pelas organizações compreende um ambiente dinâmico que requer uma constante busca por mecanismos que permitam um melhor planejamento e desenvolvimento das atividades e alcance dos objetivos. Neste sentido, o gerenciamento dos processos institucionais auxilia na criação destes mecanismos ao passo que utiliza ferramentas de automação que agem como facilitadoras na gestão dos processos institucionais. A Universidade da Região da Campanha têm adotado práticas de qualidade em seus processos, realizando investimentos estruturais e operacionais na busca de um ambiente produtivo e que entregue qualidade ao cliente final. A partir destas afirmativas, o estudo objetivou otimizar o processo de contratação de funcionários de uma Universidade Comunitária de Ensino Superior (ICES). O estudo de caso contou com a utilização da metodologia BPM e do uso de Workflow onde foi possível mapear o processo, modelar e implementá-lo na ferramenta de workflow para então realizar a socialização junto aos setores. O estudo apresentou resultados positivos, dentre estes a automatização do processo, o controle do fluxo das atividades, verificação de possíveis gargalos no processo, redução de setores envolvidos, melhoria na comunicação interna através da utilização do workflow. Estudos futuros projetam a implementação desta metodologia nos demais processos da instituição bem como o monitoramento dos mesmo.
Mostrar más

6 Lee mas

TítuloO ensino com pesquisa: realidade, desafios e perspectivas na Universidade brasileira

TítuloO ensino com pesquisa: realidade, desafios e perspectivas na Universidade brasileira

Lampert e Holgado Sánchez (2006), anali- sando a universidade na pós-modernidade, são da tese de que a universidade inovadora e empreendedora deverá oferecer uma pedago- gia diferenciada que atenda às novas exigên- cias de uma sociedade cambiante. A universi- dade precisa repensar suas convicções. Através de uma visão de criticidade, deverá estudar novos modos de pensar, ler o mundo, gerar conhecimentos e conduzir o processo ensino-aprendizagem. Nesta direção, Dupont e Ossandon (1998) assinalam que a universi- dade parece ocultar a complexidade do sujei- to que aprende, a complexidade da sociedade que evolui ao ritmo de paradigmas múltiplos e complementares. “Por falta de uma verda- deira modificação das práticas pedagógicas e de uma tentativa de aproximação sistêmica dos problemas, a universidade corre o risco de se cristalizar e... de cristalizar” (p.22). A prá- xis de produção do conhecimento deverá estar aberta a novas alternativas, até então refuta- das, para justificar e explicar fenômenos, mesmo de forma temporária. “Os desafios culturais, teóricos, metodológicos e éticos colocados pela pós-modernidade esperam da universidade uma resposta corajosa e urgen- te” (Santos Filho, 1998, p.66).
Mostrar más

14 Lee mas

Ensino para a compreensão na educação superior: a experiência de uma universidade costa-riquenha

Ensino para a compreensão na educação superior: a experiência de uma universidade costa-riquenha

O modelo de Ensino para a Compreensão ( e p c ) constitui um enfoque de ensino-aprendizado apoiado em competências e desempenhos, associado com as teorias construtivistas, e desenvol- vido na década dos anos noventa no Projeto Zero, da Universidade de Harvard. Embora existam atualmente muitas experiências na educação básica e no ensino médio, a sua aplicação no ensino superior é relativamente nova, e muito mais como modelo pedagógico institucional. A Univer- sidade Latino-americana de Ciência e Tecnologia ( ulacit ), de São José, Costa Rica, deu-se à tarefa de impulsionar a construção de um enfoque educacional próprio, inspirado no modelo e p c , especificamente para o âmbito universitário. Neste artigo apresenta-se uma sistematização dos primeiros passos para a incorporação de um modelo apoiado no e p c , mesmos que, depois de dois anos, começam a dar frutos. Espera-se que este relatório possa contribuir à inovação educacional na formação universitária.
Mostrar más

17 Lee mas

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS ESCOLAS: ENSINO MÉDIO – FORTALECENDO A RELAÇÃO COMUNIDADE E UNIVERSIDADE

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS ESCOLAS: ENSINO MÉDIO – FORTALECENDO A RELAÇÃO COMUNIDADE E UNIVERSIDADE

O Grupo LASEC (Laboratório de Análise de Sistemas Energéticos e Conservação) do curso de Engenharia de Energia da Universidade Federal do Pampa, em parceria a CEEE-D (Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica) gerencia regional da campanha, desenvolve um projeto de extensão nas escolas da cidade de Bagé, onde destaca-se a importância no dia-a-dia e incentiva- se o uso racional da energia elétrica. O projeto contempla todas as fases do ensino fundamental e médio, sendo que este artigo apresenta as metodologias e resultados das intervenções no ensino médio.
Mostrar más

5 Lee mas

Utilização do Instagram no ensino e aprendizagem de português língua estrangeira por alunos chineses na Universidade de Aveiro

Utilização do Instagram no ensino e aprendizagem de português língua estrangeira por alunos chineses na Universidade de Aveiro

Resumo: O presente artigo tem como principal escopo evidenciar as potencialidades da rede social Instagram como recurso didático para o ensino e aprendizagem de línguas. Para tanto, apresenta um estudo-piloto intitulado #aveiroenossople (Aveiro é nosso PLE) sobre o uso do Instagram em atividades complementares no ensino do Português para alunos chineses de Português Língua Estrangeira (PLE) da Universidade de Aveiro, cujos produtos foram publici- tados na página do projeto #AveiroeNosso-PLE na plataforma Wix. Com o objetivo de investi- gar se a ferramenta social Instagram pode contribuir para o desenvolvimento de competên- cias discursivas de aprendentes chineses, tanto na modalidade oral, quanto na escrita, a pro- posta em estudo foi ancorada numa concepção de língua como processo e interação, a partir da qual se compreende a produção e compreensão de texto – oral ou escrito – como prática social. No percurso metodológico foram cumpridas 3 etapas no desenvolvimento do tra- balho, nomeadamente: (i) planeamento, (ii) implementação, e (iii) avaliação. Em linhas gerais, os resultados apontam para contribuições do uso do Instagram para o desenvolvimento de competências ligadas à produção e compreensão textual e multimodal, a competências cul- turais necessárias e intrínsecas à aprendizagem de uma língua estrangeira, bem como para a formação de comunidades de aprendizagem por meio da interação entre os participantes. Palavras-chave: Aprendizagem de línguas; Rede Social Instagram; Compreensão e proução verbo-visual; Português Língua Estrangeira; Web2.0
Mostrar más

14 Lee mas

Os cursos propedêuticos no ensino das engenharias  Caso de estudo Universidade José Eduardo dos Santos, Instituto Superior Politécnico

Os cursos propedêuticos no ensino das engenharias Caso de estudo Universidade José Eduardo dos Santos, Instituto Superior Politécnico

O trabalho apresenta uma avaliação da pertinência dos cursos propedêuticos nos cursos de Engenharia como formas de proporcionar aos alunos dos primeiros anos dos cursos, um fundamento sólido nas disciplinas que compõem a base introductória dos diversos cursos de engenharia, buscando aumentar a taxa de sucesso, aumentar a eficiência e o desempenho do aluno, promover o desenvolvimento de diversas actividades junto ao corpo docente, de tal maneira que o futuro engenheiro consiga-se preparar para enfrentar os desafios do mercado através de uma sólida formação científica inicial. A partir do levantamento bibliográfico e colecta de dados dos cursos de engenharia no Instituto Superior Politécnico da Universidade José Eduardo dos Santos é apresentada a proposta de curso propedêutico para área das engenharias. De igual modo, tratando-se de um estudo quanti-qualitativo, usou-se o método analítico descritivo. Os resultados da proposta podem ser estendidos para outras universidades no contexto angolano e não só.
Mostrar más

9 Lee mas

Boaventura de Bagnoregio e o ensino filosófico teológico na universidade do Século XVIII

Boaventura de Bagnoregio e o ensino filosófico teológico na universidade do Século XVIII

Este terceiro ramo da filosofia, seguindo os passos de Boaventura, está diretamente vinculado à educação, ainda que todas as artes mecânicas e as filosofias, natural e moral, também estejam. É pelo uso racional de sua fala/linguagem que o homem se expressa, aprende, convive com os demais e se diferencia dos animais. Exatamente por isso o mestre destaca a importância da gramática, posto ser por ela, pelo conhecimento de regras de linguagem que os homens se expressam e realizam a maioria de suas ações intelectivas e práticas. Também é pela linguagem que o homem ensina e aprende, ao que o mestre denomina instrução. Cabe aqui uma observação: lembremos que, na Idade Média, nas aulas na universidade a oralidade ainda desempenhava importância essencial. O terceiro aspecto da filosofia racional, a retórica, também está relacionado com o discurso, ainda mais do que nas duas primeiras. A pessoa que faz o discurso precisa ter domínio da gramática e da instrução, pois precisa convencer o outro de sua idéia, precisa ter segurança da ‘verdade’ contida em sua mensagem.
Mostrar más

18 Lee mas

CRIAÇÃO DE ARRANJOS MUSICAIS PARA O NÚCLEO DE JAZZ DA UNIPAMPA

CRIAÇÃO DE ARRANJOS MUSICAIS PARA O NÚCLEO DE JAZZ DA UNIPAMPA

O objetivo do presente trabalho é apresentar um relato de experiência da minha participação como arranjador no projeto de ensino Núcleo de Jazz da Unipampa. Este projeto de ensino tem por objetivo principal proporcionar à comunidade acadêmica da Unipampa, campus Bagé-RS, bem como aos participantes da comunidade externa à universidade, um espaço para o desenvolvimento da criatividade musical por meio de estudos e prática de harmonia e improvisação, que resultam na formação de um repertório com obras do gênero musical conhecido como jazz. Portanto, apresento nesse trabalho três arranjos musicais criados para o Núcleo de Jazz da Unipampa que foram desenvolvidos a partir das necessidades apresentadas pelo grupo, e também pela minha vontade de aprender a trabalhar como arranjador musical. Desta forma, estes estudos têm contribuído não apenas para a minha aprendizagem, mas também com os objetivos do Núcleo de Jazz, que visam proporcionar um espaço para o desenvolvimento da criatividade musical de seus integrantes.
Mostrar más

6 Lee mas

TECENDO O TEXTO: OFICINAS DE REDAÇÃO PARA O ENEM

TECENDO O TEXTO: OFICINAS DE REDAÇÃO PARA O ENEM

O ENEM tem se solidificado como um dos principais meios de acesso ao Ensino Superior para muitos estudantes brasileiros. Por essa modalidade de ingresso, no contexto acadêmico da UNIPAMPA - Jaguarão, a universidade recebe cada vez mais alunos oriundos da cidade de Arroio Grande, constatação que justifica a escolha de realizar as oficinas na referida instituição escolar. Assim, tivemos a oportunidade de organizar oficinas capazes de proporcionar aos alunos as ferramentas essenciais para a elaboração de um bom texto, cuja aplicação poderá facilitar o ingresso no ensino superior, com um bom desempenho no exame. Devido às características do programa (PET), que busca exatamente a integração dos seus bolsistas com os três eixos estabelecidos: ensino, pesquisa e extensão o convite do Instituto foi também uma forma de atender às diretrizes do programa.
Mostrar más

6 Lee mas

A OFERTA DE VAGAS NO ENSINO SUPERIOR NA REGIÃO DA CAMPANHA DO RS

A OFERTA DE VAGAS NO ENSINO SUPERIOR NA REGIÃO DA CAMPANHA DO RS

É nesse contexto de expansão que surge a UNIPAMPA, após a mobilização da comunidade pela criação de uma universidade federal na região da campanha do Rio Grande do Sul. Este movimento foi fortalecido pela crise da Universidade Regional da Campanha (URCAMP), instituição privada que estava em processo de falência no ano de 2005 e que originou uma mobilização pela federalização dessa universidade (FONSECA, L., 2013). Porém, os estudos do MEC apontaram que seria inconstitucional a federalização da URCAMP e foram indicadas WUrV SRVVLEOLGDGHV D ³FULDomR GH XPD QRYD XQLYHUVLGDGH D criação de um consórcio intermunicipal que comprasse as bolsas da URCAMP ou a criação de H[WHQV}HV GDV XQLYHUVLGDGHV IHGHUDLV GH 6DQWD 0DULD H 3HORWDV´ )216(&$ / S 134). Então, em julho do ano de 2005 foi realizada a opção pela criação de uma nova universidade. Na próxima seção será apresentada a metodologia utilizada nesta fase da pesquisa e, posteriormente, a discussão sobre a região onde a UNIPAMPA está situada, assim como uma breve discussão histórica sobre a sua evolução social e econômica. Por fim, é feita a descrição dos dados sobre a evolução da oferta de vagas no ensino superior na região da campanha do Rio Grande do Sul.
Mostrar más

6 Lee mas

TítuloEnsino e aprendizagem da educação ambiental: contribuições de disciplinas na Universidade de São Paulo

TítuloEnsino e aprendizagem da educação ambiental: contribuições de disciplinas na Universidade de São Paulo

Com um ensino pautado pela transmissão e adestramento, o “estudante consumidor” opta pela imagem da universidade com uma vida estudantil mais atrativa e tende a não se preocupar com a qualidade da educação. Presos numa lógica que provê - timos, rasas perspectivas no mercado de trabalho e o fascínio pela “ilusão de uma vida consumista”, os estudantes se torna- ram uma máquina treinada que é pouco potente para incidir sobre a crise da uni- versidade (HALFFMAN e RADDER, 2017).

18 Lee mas

AS GEOCIÊNCIAS E A EXTENSÃO: ALINHANDO COMUNIDADE E UNIVERSIDADE

AS GEOCIÊNCIAS E A EXTENSÃO: ALINHANDO COMUNIDADE E UNIVERSIDADE

Com o intuito de estabelecer a conexão e a difusão do conhecimento sobre Geociências, as ações de extensão têm como principal objetivo a integração entre a universidade e a comunidade. A busca de estratégias para agregar o ensino e a pesquisa a favor da comunidade e a busca de alternativas pedagógicas mais adequadas a sua realidade, desenvolvem ações voltadas à prática das Geociências com a comunidade sem perder seu caráter técnico.

7 Lee mas

O PROJETO​ ​​COMITÊ​ ​DO​ ​PROGRAMA​ ​5S:​ RELATO DAS ​AÇÕES​ PARA A MELHORIA CONTÍNUA

O PROJETO​ ​​COMITÊ​ ​DO​ ​PROGRAMA​ ​5S:​ RELATO DAS ​AÇÕES​ PARA A MELHORIA CONTÍNUA

O projeto de ensino intitulado "Comitê do Programa 5S", desenvolvido na Universidade Federal do Pampa, campus Bagé, visa fomentar boas práticas na rotina de ambientes de trabalho e universidade, e ao decorrer de sua existência desenvolveu projetos de extensão e ensino, juntamente com atividades de pesquisa internas ao grupo. O presente trabalho visa explanar através de uma pesquisa participativa e critério cronológico as ações de cunho prático e científico elaboradas pelo Comitê do Programa 5S desde seu início, enfatizando a importância e contribuição que a participação em projetos proporciona ao meio acadêmico e seus atores, nos contextos educacional e social. As atividades resultaram em envolvimento e participação de todos os integrantes da equipe, sendo de grande valia para a realização e execução de projetos e desafios propostos durante o decorrer das mesmas. O projeto de ensino encontra-se em plena atividade atualmente e, nos meses que se sucedem a divulgação do presente artigo, estar-se-á realizando a capacitação e aplicação dos conceitos do Programa 5S em outros novos espaços universitários, bem como, a re-certificação dos ambientes que já participaram no ciclo anterior. Com estas ações o comitê do Programa 5S acredita estar promovendo a melhoria contínua nos ambientes acadêmicos e, melhorando o bem estar de todos os seus usuários.
Mostrar más

6 Lee mas

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL: MELHORIA DO ENSINO APRENDIZAGEM NA DISIPLINA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL II

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL: MELHORIA DO ENSINO APRENDIZAGEM NA DISIPLINA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL II

Na engenharia civil, para o desenvolvimento das atividades profissionais, exigem-se conhecimentos referentes aos materiais a serem empregados na construção da obra, tanto agregados ou materiais aglutinantes. Estes são caracterizados a partir de ensaios laboratórios descritos em norma, com a finalidade de se produzir concretos e demais elementos construtivos de qualidade e com maior economia. A disciplina de Materiais de Construção Civil II, do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal do Pampa - Campus Alegrete/RS, propõe, dentre outras coisas, o ensino teórico e prático dos principais ensaios normativos de caracterização de agregados e cimentos destinados à construção civil. Contudo a compreensão plena do ensaio é dificultada, pelo laboratório do campus dispor de um número limitado de equipamentos, sendo necessária a realização dos ensaios em grupos e o procedimento experimental ser realizado apenas uma vez. Com o intuito de suprir as possíveis lacunas deixadas durante o procedimento do ensaio, um grupo de alunos se propôs a reproduzir e gravar os ensaios normativos vistos na disciplina e, posteriormente, disponibilizar o material para outros discentes. As gravações foram feitas seguindo as etapas padrões das normas, tendo em vista que, para um melhor entendimento e raciocínio dos alunos que farão uso do material, deve-se seguir os procedimentos corretos de cada processo experimental. O passo-a-passo de cada um dos vídeos foi separado em etapas que possibilitaram uma didática melhor de apresentados para ouvinte, quanto aos quesitos de teoria e de prática, sendo explicado primeiramente por qual motivo deveria ser utilizado os materiais e como manusear os mesmos, e só então fazer o experimento em si. Os dados encontrados nos ensaios foram anotados para posteriormente serem disponibilizados aos alunos, servindo para exemplificar os possíveis resultados e cálculos do experimento em situações que não ocorreram erros notáveis de nenhuma natureza, e que a máquina ou materiais que foram utilizados estão em perfeito estado. Realizadas as gravações, os vídeos serão editados permitindo que sejam disponibilizados junto ao material de apoio, composto por passo-a-passo escrito e ficha de laboratório de cada ensaio, que consiste simplesmente em uma planilha em pdf com uma disposição adequada dos itens a serem tomados em laboratório. Todos esses materiais virão a ser disponibilizados em DVD na biblioteca do campus Alegrete-RS, bem como no site do Laboratório. Sendo esse último mais um objetivo do presente projeto, visando então a comunicação externa ao campus, levando o conhecimento dos alunos da nossa universidade para quaisquer outros estudantes, pesquisadores ou engenheiros de empresas especializadas e levando consigo o nome e a capacidade da ainda nova Universidade Federal do Pampa.
Mostrar más

5 Lee mas

A Inserção do Planetário na Cidade de Uruguaiana Visando Ampliar o Contato da Astronomia com a Comunidade Uruguaianense

A Inserção do Planetário na Cidade de Uruguaiana Visando Ampliar o Contato da Astronomia com a Comunidade Uruguaianense

Este trabalho tem como objetivo principal narrar as ações de divulgação da Astronomia pela realização de atividades no Planetário inflável, montado periodicamente em Uruguaiana. O planetário itinerante da UNIPAMPA chegou em Uruguaiana na metade do segundo semestre de 2016 e atendeu a vários eventos que aconteceram na cidade desde então. O 8° Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão (SIEPE) realizado na Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) Campus de Uruguaiana foi um dos eventos que contou com a presença do planetário. Durante o evento tivemos a presença de aproximadamente 400 pessoas ao total de sessões de todas as idades e de várias regiões, embora a maior parte do município e alunos de graduação e pós-graduação do campus de Uruguaiana. Inclusive recebemos a visita de uma escola de Ensino Fundamental da cidade. Atividades que abordam Astronomia utilizando o Planetário contribuem significativamente para a divulgação da Ciência. Estes são temas que atraem o público em todo o mundo, propiciando o encantamento com a Astronomia desde crianças até adultos. Dessa forma aumentar o contato com a Astronomia nas escolas e também para o público em geral é o principal objetivo da vinda do planetário à Uruguaiana.
Mostrar más

6 Lee mas

A facilitação da aprendizagem significativa do tema ambiente com auxilio de webquests em cursos de formaçâo de professores em uma universidade brasileira

A facilitação da aprendizagem significativa do tema ambiente com auxilio de webquests em cursos de formaçâo de professores em uma universidade brasileira

Este trabalho apresenta os resultados de uma investigação, de abordagem qualitativa e do tipo intervenção, realizada em situações reais de ensino de Ciências e Biologia, cujo foco principal era a formação de professores. Ambiente foi o eixo temático escolhido para se trabalhar os vários conteúdos da Biologia e as lendas amazônicas o principal elemento motivador. Composta por quatro Estudos, desenvolvidos na Universidade do Estado do Pará e em escolas de Ensino Fundamental da rede pública e particular, na cidade de Belém, estado do Pará, região norte do Brasil, teve como principal objetivo compreender de que modo se dá a aprendizagem significativa do tema ambiente por professores em formação em um contexto de ensino que, fundamentado na Teoria da Aprendizagem Significativa, utiliza a webquest como principal recurso instrucional e as lendas amazônicas como elemento motivacional. Partindo desta meta, as questões secundárias que envolveram a análise, propriamente dita, foram: O tema ambiente (e ensino e aprendizagem) foi aprendido de forma significativa nas intervenções? Os alunos demonstraram intencionalidade para aprender significativamente? O (material de) ensino foi potencialmente significativo? A organização sequencial do tema ambiente, ensino e aprendizagem foram adequados ao público alvo? Os recursos (principalmente as webquests) e estratégias instrucionais e de avaliação utilizadas influenciaram positivamente o processo da aprendizagem? Tempo e contexto (geográfico, institucional e da disciplina) favoreceram ou dificultaram o processo da aprendizagem significativa dos alunos? A teoria de referência foi a da Aprendizagem Significativa, nas perspectivas de Ausubel, Novak e Moreira, e a metodológica fundou-se na pesquisa como princípio educativo adotando o Modelo Webquest, proposto pelos americanos Bernie Dodge e Tom March em 1995. Os quatro Estudos
Mostrar más

434 Lee mas

A achega da familia Álvarez á cultura galega

A achega da familia Álvarez á cultura galega

Dos dezasete membros da familia aos que escollín seguindo os criterios anteriormente referidos, a metade dedicá- ronse ou dedicámonos ao ensino, desde a Primaria até a Universidade, mais[r]

10 Lee mas

Show all 1915 documents...