Estimación del modelo logit

Top PDF Estimación del modelo logit:

Para o Acidente Vascular Cerebral.

Para o Acidente Vascular Cerebral.

revisão RESUMO Introdução. O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é um sinal clínico com desenvolvimento rápido e perturbação focal da função cerebral, sendo a causa de diversas incapacidades, as quais predispõem os sobre- viventes a um padrão de vida sedentário com limitações individuais para as atividades de vida diária. Estes déficits devem ser avaliados de maneira minuciosa, fazendo-se necessário a utilização de instrumentos confiáveis e validados. Objetivo. Pesquisar escalas específicas para o AVC referenciadas na literatura mundial. Método: Foi realizada uma revisão da literatura nas bases de dados ele¬trônicas da MEDLINE, LILACS e SCIELO, referentes ao período entre 1974-2009. Resul- tados. Foram selecionados 32 artigos, dois periódicos que tinham em seu conteúdo capítulos que tratavam dos instrumentos de avaliação do AVC e duas dissertações. Foram descritas 8 escalas: Escala de Rankin modificada, Escala de Avaliação Motora para AVC, Escala Escandina- va de AVC, Escala de Avaliação Motora de Rivermead, Escala Espe- cífica de Qualidade de Vida no AVC, Escala de Braço de Frenchay, Escala do National Institute of Health para Avaliação sequencial na fase aguda do AVC e Escala de Controle de Tranco. Conclusões. As escalas de avaliação específicas para o AVC são mundialmente conhe- cidas, confiáveis e validadas, sendo importantes na prática clínica do fisioterapeuta.
Show more

Read more

Evitar o acidente vascular cerebral:

Evitar o acidente vascular cerebral:

prefácio A prevenção e promoção da saúde devem continuar a ser parte nuclear do nosso Sistema Nacional de Saúde. A prevenção é preocupação da Fundação Portuguesa de Cardiologia, já que desenvolve múltiplas ações de formação e informação junto da população sobre os fatores de risco para a doença cardiovascular – que inclui as doenças do coração e o acidente vascular cerebral (AVC). Estas iniciativas visam modificar comportamentos e estilos de vida, responsáveis pela elevada prevalência dos fatores de risco e estes pela elevada incidência das doenças cardiovasculares.
Show more

Read more

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

O acidente vascular cerebral (AVC) é uma síndrome neurológica complexa envolvendo anormalidade usualmente súbita do funcionamento cerebral decorrente de uma interrupção da circulação cerebral ou de hemorragia seja parenquimatosa ou subaracnóidea. Cerca de 85% dos AVC são de origem isquêmica e 15 % decorrentes de hemorragia cerebral. O AVC é altamente prevalente e principalmente devido aos avanços das últimas décadas, deve ser considerada uma emergência médica. O termo “brain attack” é frequentemente utilizado na literatura mundial, em virtude de instalação súbita e para demonstrar a importância de seu diagnóstico e manuseio precoces. Apesar de todos estes aspectos descritos, este tema é cercado de controvérsia e dúvidas. Neste texto será dada uma visão atualizada de aspectos gerais em relação à epidemiologia, fisiopatologia, quadro clínico, diagnóstico, tratamento e prognóstico do AVC, com ênfase no tipo isquêmico, mais prevalente.
Show more

Read more

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC)

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC)

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC) O acidente vascular cerebral (AVC), também conhecido como acidente vascular encefálico (AVE), é definido como uma perda repentina da função neurológica causada por uma interrupção do fluxo sanguíneo para o encéfalo que ultrapasse 24 horas, podendo ainda, levar à morte. É importante diferenciarmos um AVE de um AIT, o qual é uma sigla para acidente isquêmico transitório, é semelhante ao acidente vascular cerebral que, pode desaparecer após minutos ou horas, apresentando um breve episódio de disfunção neurológica causada por uma interrupção da irrigação de sangue no cérebro. A principal diferença entre eles é o tempo de duração da interrupção do fluxo sanguíneo, quando ultrapassa 24 horas, já pode ser considerado um AVC.
Show more

Read more

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC)

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC)

• O Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), o mais comum, é causado pela falta de sangue em determinada área do cérebro, decorrente da obstrução de uma artéria. Responsável por 85% dos casos de derrame, a doença é a principal causal de morte e incapacidades no Brasil. O tabagismo, altas taxas de colesterol e triglicérides, sedentarismo e doenças cardiovasculares, como hipertensão arterial e arritmias cardíacas são os principais fatores de risco.

Read more

CAPÍTULO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

CAPÍTULO ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

➢ AVC ISQUÊMICO: O acidente vascular Cerebral (AVC) isquêmico consiste em perda súbita da função cerebral em consequência da interrupção da irrigação para uma parte do cérebro e é clinicamente definido como um déficit neurológico, geralmente focal, de instalação súbita ou com rápida evolução sem outra causa aparente que não vascular.

Read more

RESUMOS ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

RESUMOS ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

AVC ISQUÊMICO: O acidente vascular Cerebral (AVC) isquêmico consiste em perda súbita da função cerebral em consequência da interrupção da irrigação para uma parte do cérebro e é clinicamente definido como um déficit neurológico, geralmente focal, de instalação súbita ou com rápida evolução sem outra causa aparente que não vascular.

Read more

Terapia celular no acidente vascular cerebral.

Terapia celular no acidente vascular cerebral.

As doenças que acometem o Sistema Nervoso Central (SNC) figuram entre as de maior prevalência, mortalidade e morbidade, tanto em países desenvolvidos como em desen- volvimento, e dentre todas destaca-se o acidente vascular cerebral (AVC). Estima-se que cerca de 18 milhões de pesso- as terão um AVC em 2015 e aproximadamente 1/3 destes resul- tará em óbitos. As análises indicam que, na próxima década, devido ao envelhecimento progressivo das populacões e ao não controle dos fatores de risco, a mortalidade por AVC au- mentará 20% nos paises em desenvolvimento e 10% nos paises desenvolvidos. No Brasil, dados do SUS mostram que os AVCs (isquêmicos e hemorrágicos) representam a maior causa de morte com cerca de 90 mil casos/ano. Além da alta mortalidade, o AVC representa a maior causa de incapacitacão em adultos, gerando um alto gasto para os sistemas de saúde. 1,2
Show more

Read more

Reabilitar a pessoa com Acidente Vascular Cerebral

Reabilitar a pessoa com Acidente Vascular Cerebral

O acidente vascular cerebral (AVC) tem uma prevalência alta em termos mundiais. Nos Estados Unidos da América prevê­se um aumento de qua­ tro milhões de novos casos até 2030, o que repre­ senta um aumento de 21,9% quando comparado com 2013 (Go et al., 2014). Na Europa as doenças cardio e cerebrovasculares são a causa de morte de mais de quatro milhões de pessoas por ano, dos quais mais de um quarto são causadas por AVC (Nichols et al., 2012). O AVC assume uma grande relevância em termos de saúde pública e constitui a primeira causa de morte e de incapacidade per­ manente em Portugal (Direção Geral da Saúde, 2010).
Show more

Read more

Terapia celular no acidente vascular cerebral

Terapia celular no acidente vascular cerebral

As doenças que acometem o Sistema Nervoso Central (SNC) figuram entre as de maior prevalência, mortalidade e morbidade, tanto em países desenvolvidos como em desen- volvimento, e dentre todas destaca-se o acidente vascular cerebral (AVC). Estima-se que cerca de 18 milhões de pesso- as terão um AVC em 2015 e aproximadamente 1/3 destes resul- tará em óbitos. As análises indicam que, na próxima década, devido ao envelhecimento progressivo das populacões e ao não controle dos fatores de risco, a mortalidade por AVC au- mentará 20% nos paises em desenvolvimento e 10% nos paises desenvolvidos. No Brasil, dados do SUS mostram que os AVCs (isquêmicos e hemorrágicos) representam a maior causa de morte com cerca de 90 mil casos/ano. Além da alta mortalidade, o AVC representa a maior causa de incapacitacão em adultos, gerando um alto gasto para os sistemas de saúde. 1,2
Show more

Read more

Reabilitar a Pessoa com Acidente Vascular Cerebral

Reabilitar a Pessoa com Acidente Vascular Cerebral

O acidente vascular cerebral (AVC) tem uma prevalência alta em termos mundiais. Nos Estados Unidos da América prevê­se um aumento de qua­ tro milhões de novos casos até 2030, o que repre­ senta um aumento de 21,9% quando comparado com 2013 (Go et al., 2014). Na Europa as doenças cardio e cerebrovasculares são a causa de morte de mais de quatro milhões de pessoas por ano, dos quais mais de um quarto são causadas por AVC (Nichols et al., 2012). O AVC assume uma grande relevância em termos de saúde pública e constitui a primeira causa de morte e de incapacidade per­ manente em Portugal (Direção Geral da Saúde, 2010).
Show more

Read more

Fibrilação Atrial e Acidente Vascular Cerebral

Fibrilação Atrial e Acidente Vascular Cerebral

atualização INTRODUÇÃO O Acidente Vascular Cerebral (AVC) 1 é a principal causa de morte e de sequelas no Brasil 2 sendo o cardio- embolismo responsável por 20 a 30% de todos os AVC 3,4 . Entre as causas cardiogênicas, a fibrilação atrial (FA) é a principal 4 . Destaca-se ainda que o AVC cárdio-embólico costuma ser mais grave comparativamente ao AVC trom- bótico, com índice de mortalidade e desabilidade duas vezes maior do que as demais formas de AVC e com mor- talidade de até 24% em 30 dias 5-7 . O envolvimento de recursos econômicos no tratamento deste tipo de AVC também é mais elevado, comparativamente as demais causas 8 . Vários fatores podem explicar este achado, como maior prevalência de comorbidades nestes pacientes e maior risco de complicações e interações com as medica- ções associadas 5 .
Show more

Read more

do Acidente Vascular Cerebral

do Acidente Vascular Cerebral

O 5-Fluoracil tem sua utilidade no tratamento de lesões extra-faciais de baixo risco, mas não pode ser indicado para o tratamento de CBCs invasivos ou com envolvimento folicular 59 (D); [r]

Read more

do Acidente Vascular Cerebral

do Acidente Vascular Cerebral

O Projeto Diretrizes, iniciativa conjunta da Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina, tem por objetivo conciliar informações da área médica a fim de padronizar condutas que auxiliem o raciocínio e a tomada de decisão do médico. As informações contidas neste projeto devem ser submetidas à avaliação e à crítica do médico, responsável pela conduta Tratamento da Fase Aguda do Acidente Vascular Cerebral

Read more

do Acidente Vascular Cerebral

do Acidente Vascular Cerebral

O Projeto Diretrizes, iniciativa conjunta da Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina, tem por objetivo conciliar informações da área médica a fim de padronizar condutas que auxiliem o raciocínio e a tomada de decisão do médico. As informações contidas Tratamento da Fase Aguda do Acidente Vascular Cerebral

Read more

do Acidente Vascular Cerebral

do Acidente Vascular Cerebral

O Projeto Diretrizes, iniciativa conjunta da Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina, tem por objetivo conciliar informações da área médica a fim de padronizar condutas que auxiliem o raciocínio e a tomada de decisão do médico. As informações contidas Tratamento da Fase Aguda do Acidente Vascular Cerebral

Read more

do Acidente Vascular Cerebral

do Acidente Vascular Cerebral

As condições de abuso e dependência de substâncias químicas mais encontradas na população foram distribuídas entre os especialistas para elaboração do texto inicial.. A elaboração destes[r]

Read more

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL

AVCI F ISIOPATOLOGIA • O não aporte de oxigênio e glicose provoca em poucos minutos a morte neuronal da zona central infartada. A área que circunda esse centro (penumbra isquêmica), contém tecido cerebral funcionalmente afetada, mas ainda viável, perfundida por sangue proveniente de vasos colaterais. Esta área pode ser transformada em infarto por sofrimento neuronal secundário induzido pelos efeitos citotóxicos da cascata bioquímica isquêmica.

Read more

do Acidente Vascular Cerebral

do Acidente Vascular Cerebral

Contusões hemorrágicas e/ou isquêmicas pequenas 2-4 (D): A contusão pequena associada à tumefação cerebral peri-lesional com desvio das estruturas da linha mediana > 5mm é a lesão de indica- ção cirúrgica mais controversa pois, pode estar associada a lesões do lobo temporal contralateral (estruturas amigdalo-hipocampais) de forma que o exame neuropsicológico se faz necessário para um possível diagnóstico da síndrome de Klüver- Bucy parcial ou total, antes da cirurgia. A ci- rurgia nestes casos, quando indicada, deve ser a mais econômica possível, não se fazendo lobectomia total, pois poderá se determinar de- finitivamente uma síndrome de Klüver-Bucy;
Show more

Read more

do Acidente Vascular Cerebral

do Acidente Vascular Cerebral

O motivo dessa orientação é o encontro de lesões sub-estimadas em torno de 56% para hiperplasia ductal atípica e 20% para carcinoma ductal in situ na biópsia percutânea com agulha g[r]

Read more

Show all 10000 documents...