Estudo Comparativo

Top PDF Estudo Comparativo:

INCUBADORA DE EMPRESAS CAMPUS BAGÉ: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DIFERENTES REALIDADES

INCUBADORA DE EMPRESAS CAMPUS BAGÉ: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DIFERENTES REALIDADES

Com objetivo de desenvolver a região da campanha e estimular em especial os alunos do Campus Bagé a criarem seu próprio negócio, desenvolveu-se o projeto de implementação de uma incubadora de empresas. Este trabalho consiste em um estudo comparativo da estrutura desta proposta em relação a incubadoras já estabelecidas, estas são Incubadora de Santa Rita do Sapucaí (MG), Centev/UFV, CEFET/RJ, Universidade de Caxias do Sul e UNISINOS, e os critérios de comparação foram: I) contexto local; II) objetivo da incubadora; III) localização, infraestrutura e provisão de serviços; IV) seleção de empresas; V) equipe da incubadora; VI) capitalização; VII) fatores de alavancagem; e, VIII) desenvolvimento local. Percebe-se que tanto a estrutura quanto as perspectivas do projeto estão em concordância com a realidade das empresas analisadas no estudo.
Mostrar más

5 Lee mas

ESTUDO COMPARATIVO DE DIFERENTES METODOLOGIAS E EQUIPAMENTOS EM ANÁLISES FÍSICO QUÍMICAS DE VINHOS

ESTUDO COMPARATIVO DE DIFERENTES METODOLOGIAS E EQUIPAMENTOS EM ANÁLISES FÍSICO QUÍMICAS DE VINHOS

A OIV (Organização Internacional da Uva e do Vinho) possui um protocolo para a realização de análises físico-químicas de vinhos, que avaliam parâmetros que asseguram a qualidade destes produtos. Para várias análises físico-químicas de vinhos existem atualmente várias metodologias e equipamentos com a mesma finalidade. O mercado de equipamentos têm criado instrumentos que facilitam a realização dessas análises e tentam assegurar repetitividade e precisão nos valores alcançados, alguns automatizando as metodologias propostas e outros utilizando outros métodos de análises. O curso de Bacharelado em Enologia da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) possui a sua disposição um laboratório de enoquímica equipado para a quantificação de diversos parâmetros enológicos através de análises manuais, seguindo metodologia proposta pela OIV, com os aparelhos GIBERTINI que automatizam algumas das análises e com o WineScan , que realiza análises de forma automatizada através do método da Espectroscopia de Infravermelho por transformada de Fourier (FTIR), metodologia ainda estudada pela OIV. Este trabalho teve como objetivo fazer um estudo comparativo entre as diferentes metodologias disponíveis no curso a fim encontrar qual a mais confiável no quesito de precisão dos resultados e para possibilitar a calibração daqueles que possam apresentar algum desvio do resultado preciso. Foram analisados 10 vinhos, sendo 8 tintos e 2 brancos, nos parâmetros álcool, potencial hidrogeniônico (pH), acidez total, intensidade de cor nos comprimentos de onda de 420nm, 520nm e 620nm. Cada análise foi realizada em triplicata para todos os parâmetros quantificados. Os métodos utilizados foram: WineScan (álcool, pH, acidez total, análises de cor no comprimentos de onda de 420, 520 e 620nm), equipamentos da GIBERTINI (álcool, acidez total), e nas formas tradicionais de análise (densimetria, titulometria e espectrofotometria). Para todas as análises realizadas, verificou-se discrepância severa entre os resultados. Ainda que algumas variáveis não mostrassem diferença estatística, como no caso de algumas análises em álcool, ainda assim a discordância entre os valores obtidos em todas as metodologias utilizadas são muito superiores ao que se pode considerar aceitável dentro de laboratórios destinados à pesquisa. Desta forma, após avaliar os resultados, pode-se observar que é necessário a calibração de todos os equipamentos, preparo de novas soluções com reagentes não vencidos e maior cuidado na aferição de vidrarias durante as análises. Para isso já se contatou a empresa de manutenção dos equipamentos da GIBERTINI, se licitou novos reagentes e as análises serão repetidas até que se encontre valores precisos e confiáveis para pesquisa.
Mostrar más

6 Lee mas

Um estudo comparativo dos protocolos de dinheiro digital

Um estudo comparativo dos protocolos de dinheiro digital

Um protocolo criptográfico é um protocolo ou esquema onde, em algum passo desse último, se faz uso de criptografia [SCH96]. Através do uso desses protocolos, pode-se estabelecer uma chave de sessão, dividir ou compartilhar segredo, votar, empregar dinheiro digital, etc. Um dos esquemas de maior interesse para a sociedade é o de dinheiro digital: para tanto, devem ser respeitadas determinadas restrições, para não incorrer e fraudes – de qualquer das partes que trabalham no protocolo. Schneier apresenta quatro protocolos de dinheiro digital, aqui referidos como protocolos 1, 2, 3 e 4. As entidades que deles participam são tratados, genericamente, de Cliente, Banco ou Comerciante. Maiores detalhes dos protocolos, assim como as restrições com as quais devem ser trabalhados, podem ser constatados em [SCH96]. Apesar do interesse geral da sociedade, pouca produção tem sido realizada no sentido de se determinar os aspectos de desempenho entre os mesmos – observa-se, em Foo [FOO97], um estudo comparativo das funcionalidades de esquemas de dinheiro digital, sem a preocupação de desempenho dos protocolos que suportam tais esquemas.
Mostrar más

8 Lee mas

Um Estudo Comparativo entre algoritmos de criptografia DES – Lucifer (1977) e AES – Rijndael (2000)

Um Estudo Comparativo entre algoritmos de criptografia DES – Lucifer (1977) e AES – Rijndael (2000)

O recente processo seletivo para definir o novo padrão criptográfico americano - Advanced Encryption Standard(AES), que passa a substituir o Data Encryption Standard (DES) - leva a algumas questões: que melhorias foram incorporadas no novo padrão, além de garantir se o novo padrão será melhor do que o anterior em todos os aspectos - considerando-se sobretudo os aspectos de desempenho. Buscando-se responder a essas questões, conduziu-se um estudo comparativo entre os dois algoritmos, por intermédio de uma experimentação.

7 Lee mas

ESTUDO COMPARATIVO ENTRE GRUPO FOCAL E DELPHI PARA PESQUISAS EXPLORATÓRIAS

ESTUDO COMPARATIVO ENTRE GRUPO FOCAL E DELPHI PARA PESQUISAS EXPLORATÓRIAS

Este texto propõe uma discussão e uma reflexão acerca das técnicas Delphi e Grupo Focal, realizando uma sucinta comparação entre estas duas técnicas em uma pesquisa de caráter exploratório. Após a análise verificou-se que a técnica de grupo focal não apresenta anonimato dos participantes, diferindo da Delphi, e que a interação entre os participantes é realizada por feedback não controlado, ou seja, a medida que é debatido o tema, já é realizado automaticamente o feedback, ao contrário do que ocorre no método Delphi. A Delphi por sua vez, é realizada por meio de questionários estruturados, aplicados aos especialistas por meio de rodadas. Verificou-se com este estudo que tanto a Delphi quanto o grupo Focal tem pontos positivos e negativos, dependendo muito dos objetivos do pesquisador e de suas limitações, tanto financeiras à medida que a primeira tende a ter menos custo ao pesquisador quanto à segunda, que precisa que todos os especialistas estejam reunidos em um mesmo local, além de limitações temporais. Ambas técnicas têm pontos fortes e fracos e atendem à necessidades distintas.
Mostrar más

6 Lee mas

Um estudo comparativo entre a atividade experimental e a simulação por computador na aprendizagem de eletroquímica

Um estudo comparativo entre a atividade experimental e a simulação por computador na aprendizagem de eletroquímica

O instrumento 3 (anexo 2) se tratava de um mapa conceitual, a escolha dessa ferramenta deveu-se ao fato dela já ser muito utilizada no processo de ensino e de aprendizagem. Segundo Novak (1998) os recursos esquemáticos dos mapas conceituais representam um conjunto de conceitos interrelacionados numa estrutura hierárquica proposicional. Dessa maneira evidenciam-se as relações entre conceitos mais importantes para o aprendente. Há uma ordem sequenciada e hierarquizada dos conteúdos abordados, estimulando adequadamente a aprendizagem. Desta maneira, a avaliação por mapa conceitual busca observar como o aluno estrutura, organiza, hierarquiza, integra e relaciona conceitos de certa unidade de estudo, procurando obter evidencias de aprendizagem significativa (Moreira, 1980). Nessa perspectiva, no instrumento 3 o aluno deveria completar o mapa com os conceitos previamente indicados respondendo a seguinte questão focal, como funciona uma pilha de Daniell? Essa maneira de elaborar o mapa conceitual foi escolhida para diminuir a diversidade de respostas dadas, pois, tal fato, dificultaria um comparativo entre os mapas.
Mostrar más

19 Lee mas

Estudo comparativo da competitividade com o SIIC em duas rotas enoturísticas: Rota dos Vinhos Rias Baixas e Strada dei vini e dei sapori “Città Castelli Ciliegi”

Estudo comparativo da competitividade com o SIIC em duas rotas enoturísticas: Rota dos Vinhos Rias Baixas e Strada dei vini e dei sapori “Città Castelli Ciliegi”

O presente artigo tem como objetivo analisar comparativamente o funcionamento de duas rotas enoturísticas em dois países diferentes. Em regiões produtoras de vinho, o enoturismo é uma fonte a mais de desenvolvimento econômico e resulta interessante entender como se realiza a gestão das rotas, e os principais atrativos nesse mercado. Tanto a Galiza como a Emilia Romana são grandes regiões produtoras de vinho na Europa. Possuem denominações de origem que remontam há várias décadas e vieram desenvolvendo trabalhos que resultaram no aumento do número de visitantes ao destino. Esta investigação utilizou o Sistema Interfuncional Integrado da Competitividade, baseado no diamante de Porter para realizar um estudo descritivo, analisando comparativamente as estratégias dessas duas rotas enoturísticas. As estratégias adotadas por ambas as rotas geraram vantagens frente aos seus competidores. Este trabalho está estruturado em 6 seções: a) Introdução; b) O SIIC; c) O enoturismo na Galiza e em Itália; d) O desenho metodológico; e) Apresentação dos resultados; e, f) Considerações finais. Com este trabalho buscamos dotar aos estudos deste segmento de indicadores capazes de melhorar a competitividade.
Mostrar más

21 Lee mas

A
Estrada rural e urbana. Estudo comparativo de dous modelos demográficos
(1870-1970)

A Estrada rural e urbana. Estudo comparativo de dous modelos demográficos (1870-1970)

Pasado o tempo ambos mundos, rural-urbana evolucionaron deica acadar o estado actual, non definitivo senón cambiante e suxeito ás particulares interaccións e influencias externas que rexen os reximes demográficos. Chegados a este punto cómpre propoñer xa algúns inte- rrogantes; ¿cal é a realidade demográfica actual estradense?; ¿de que modo evolucionou no ámbito cronolóxico deste estudo?; ¿confírmase aquel modelo urbano de crecemento?; ¿cales son os seus rasgos distinti- vos?; ¿en que se diferencia do modelo rural?; ¿de que maneira se esta- blece a interacción rural-urbano?; ¿como se concreta a relación entre os activos demográficos municipais e os supramunicipais?
Mostrar más

42 Lee mas

ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS COM PLACAS DE GESSO ACARTONADO: ESTUDO COMPARATIVO DE ISOLAMENTO ACÚSTICO

ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS COM PLACAS DE GESSO ACARTONADO: ESTUDO COMPARATIVO DE ISOLAMENTO ACÚSTICO

O desempenho acústico dos sistemas ensaiados foi determinado pela perda de transmissão sonora nas baixas frequências, que foi maior nas alvenarias com preenchimento da lã de vidro no espaço da instalação das guias metálicas. Esse comportamento também foi verificado por Sugie et all com sistemas leves de gesso acartonado [5]. Nos sistemas analisados no presente estudo, o preenchimento com lã de vidro aumentou o isolamento acústico nas bandas de frequências entre 160 Hz e 500 Hz, o que determinou um aumento de Rw em 6 dB, para os dois tipos de placas de gesso ensaiadas.
Mostrar más

7 Lee mas

CULTURA ORGANIZACIONAL UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS E URUGUAIAS ATUANTES EM REGIÃO DE FRONTEIRA

CULTURA ORGANIZACIONAL UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS E URUGUAIAS ATUANTES EM REGIÃO DE FRONTEIRA

A cultura organizacional pode ser vista como um sistema de compartilhamento de valores, ideias e crenças percebidas por seus membros. Além disso, a cultura é como uma programação mental que se produz no ambiente coletivo onde os indivíduos passam a obter experiências. Com isto o objetivo geral deste estudo foi analisar como se caracterizam as dimensões da cultura organizacional de empresas brasileiras e uruguaias atuantes na fronteira Brasil (Santana do Livramento), Uruguai (Rivera). Especificamente, investigaram-se e compararam-se as dimensões da cultura organizacional proeminentes nas empresas brasileiras e nas empresas uruguaias e compreendeu-se os desafios da gestão da cultura organizacional em empresas atuantes em uma região de fronteira. Para tanto, desenvolveu-se um estudo de caráter descritivo e exploratório, com abordagem quantitativa e qualitativa, ambos no ramo do comércio brasileiro e uruguaio. A abordagem qualitativa, foi realizada com a aplicação de entrevistas para os gestores e na abordagem quantitativa foram aplicados questionários com funcionários, a partir do Modelo de Avaliação das Dimensões Culturais (HOFSTEDE, 1984). Acerca dos desafios da gestão da cultura organizacional os resultados demonstram gestores que utilizam a linguagem local como vantagem para as suas relações, bem como o fluxo comercial existente na fronteira. As dimensões da cultura organizacional mais proeminentes nos países pesquisados, foram aversão à incerteza, e distância do poder. Estes resultados revelam o alto nível de ambiguidade a partir da visão dos funcionários, o foco na tarefa, e a visão positiva referente centralização da autoridade.
Mostrar más

6 Lee mas

Estudo comparativo do uso de fibras de melancia e coco na adsorção do corante RBBR

Estudo comparativo do uso de fibras de melancia e coco na adsorção do corante RBBR

A cinética de adsorção foi realizada para verificar a dinâmica do processo de adsorção. Foram feitas análises para verificar a eficiência dos biossorventes naturais coco e melancia na adsorção do corante RBBR em determinados intervalos de tempo, e com isso foram construídos modelos de gráficos cinéticos (Figura 5) para representar essa variação. O estudo cinético é determinado para estabelecer o tempo necessário para que ocorra a interação entre o adsorvente e o adsorbato visando obter o tempo ideal de agitação para ter o contato do corante com a fibra.
Mostrar más

15 Lee mas

A formação do CEFD/UFSM e da FACDEF/UNT: um estudo comparativo sobre o predominio dos conhecimentos

A formação do CEFD/UFSM e da FACDEF/UNT: um estudo comparativo sobre o predominio dos conhecimentos

No sentido de melhor nos envolvermos com nossa problemática de estudo e obtermos respostas mais sistematizadas, nos aproximaremos do tipo de conhecimento que é ensinado nos currículos dos referidos cursos. Para tanto, nossa análise problematizará mais especificamente no processo de formação em Educação Física do CEFD e da FACDEF como se estabelece a formação no que se refere à relação entre os conhecimentos das Ciências Sócias e as Ciências Naturais. Temos o interesse de contribuir no entendimento de que os Projetos Pedagógicos de Curso destes cursos fragmentam o conhecimento das ciências e contribuem para um processo de formação unilateral, baseado em uma concepção de conhecimento pragmático e subordinado ao mundo da empregabilidade.
Mostrar más

9 Lee mas

Estudo comparativo de funções neuropsicológicas entre grupos etários de 21 a 90 anos

Estudo comparativo de funções neuropsicológicas entre grupos etários de 21 a 90 anos

64 linguagem oral, ao passo que em linguagem escrita foram observadas diferenças entre o desempenho de adultos jovens e longevos. No que se refere a essas discrepâncias, entende-se que o desenvolvimento da linguagem oral, considerando uma população de semelhante escolaridade (alta) e com idade acima de 21 anos, faz parte do cotidiano das pessoas. O uso e a estimulação contínuos dessa forma de comunicação promovem a manutenção da qualidade do processamento lingüístico oral, especialmente quanto aos aspectos estruturais que são focados no instrumento utilizado. É importante destacar, por exemplo, que o NEUPSILIN examina os componentes fonológico, morfológico, sintático e semântico no nível da palavra e de sentenças simples e semi-complexas, sem demandar processamento pragmático e discursivo. Assim sendo, os resultados deste estudo concordam com a literatura ao indicar que as habilidades linguísticas mais formais mantêm-se preservadas, justificando-se, por essa razão, seu uso na prática como indicador pré-mórbido de processamento linguístico (Damasceno, 1999; Wiederholt et al., 1993).
Mostrar más

13 Lee mas

ESTUDO COMPARATIVO DE SECAGEM DE CEVADA (HORDEUM VULGARE L )

ESTUDO COMPARATIVO DE SECAGEM DE CEVADA (HORDEUM VULGARE L )

O presente trabalho apresenta um comparativo entre as técnicas de secagem em leito fixo e nos leitos móveis, fluidizado e jorro, tendo como matária-prima grãos de cevada (Hordeum vulgare L.) de um mesmo lote. Sabendo-se que a cevada é um cultivo de inverno e que a região sul do Brasil está entre as maiores produtoras do cereal, e que o mesmo é muito empregado na indústria alimentícia, tanto para rações como para malte cervejeito. Tendo a secagem, processo que realiza transferência de calor e massa simultaneamente, onde variou-se temperatura e velocidade de secagem e através deste parâmetros foi possível traçar tal comparação entre as técnicas citadas. Buscando uma melhor qualidade no produto final, utilizou-se o índice de germinação do grão como vetor para tal estudo, e relacionando com a umidade do grão após o processo de secagem, ficando visível qual é o melhor procedimento para um aumento na germinação do grão e qual o melhor procedimento para secagem do mesmo.
Mostrar más

5 Lee mas

E-LEARNING: ESTUDO COMPARATIVO DA APREENSÃO DO CONHECIMENTO ENTRE ENFERMEIROS

E-LEARNING: ESTUDO COMPARATIVO DA APREENSÃO DO CONHECIMENTO ENTRE ENFERMEIROS

O final do século XX e começo do século XXI caracterizam-se pela revolução tecnológica e as mudanças estratégicas nas organizações, estratégias, como e-learning, vem sendo utilizadas. O objetivo deste estudo foi comparar o conhecimento apreendido entre os grupos de enfermeiros que utilizaram o e-learning e os que receberam o treinamento presencial. A metodologia quantitativa da pesquisa constituiu-se de um método experimental verdadeiro. O local de estudo foi o Hospital e Maternidade São Luiz. A população constituiu-se de 60 enfermeiros que foram divididos randomizadamente em dois grupos, denominados A e B. O grupo A realizou o treinamento presencial e o grupo B, via computador. Na coleta de dados, os participantes preencheram um questionário antes e após o treinamento para avaliação do conhecimento e caracterização da população. Os resultados demonstraram que ocorreu a apreensão do conhecimento pelos dois grupos de forma equiparada, permitindo concluir a eficácia dos dois métodos.
Mostrar más

8 Lee mas

Memória episódica visual no envelhecimento: estudo comparativo  entre jovens e idosos

Memória episódica visual no envelhecimento: estudo comparativo entre jovens e idosos

Neste estudo procurou-se comparar o desempenho da memória visual entre e intragrupos, avaliado pelo TRVB. Verificou-se que em geral que os adultos idosos apresentaram um desempenho mnemônico visual inferior à dos adultos jovens. Tais achados sugerem que nesta amostra houve efeito do envelhecimento no processamento da memória episódica visual de curto e de médio prazo (20 minutos após). Os resultados deste estudo corroboram outras investigações que avaliaram o desempenho da memória episódica identificando diferenças significativas ao comparar diferentes grupos etários, apresentando os idosos um desempenho menor que os jovens (Malloy-Diniz, Lasmar, Gazinelli, Fuentes & Salgado, 2007(Lundervold, Wollschläger, & Wehling, 2014); Malloy- Diniz, Lasmar, Gazinelli, Fuentes & Salgado, 2007), mesmos resultados relatados no manual do TRVB (Benton, 1974). Assim, para ao analise e identificação das diferenças entre grupos, tem-se utilizado o TRVB em delineamentos experimentais com formas de reconhecimento em diferentes etapas de avaliação para o participante discriminar quais figuras foram apresentadas em um primeiro momento (Byrd, Jacobs, Hilton, Stern & Manly, 2005; (Nielson, Wulff, & Arentsen, 2014)). Na medida em que as etapas de evocação tardia requerem uma maior sobrecarga da memória episódica visual, não houve uma facilitação tal como poderia ter havido em uma tarefa de reconhecimento, assim como houve no estudo de Sekuler, McLauglin, Kahana, Wingfield & Yotsumoto, (2006). Estes autores demonstraram que em provas de reconhecimento, adultos jovens e adultos idosos tem um desempenho equivalente, quando se apresentam estímulos novos e antigos a ser reconhecidos em diferentes etapas de avaliação. Tais achados vêm sido corroborados por estudos que apontam que o processo de reconhecimento
Mostrar más

10 Lee mas

ESTUDO COMPARATIVO DE PAINEL SOLAR DO TIPO FIXO  Medeiros Isaac

ESTUDO COMPARATIVO DE PAINEL SOLAR DO TIPO FIXO Medeiros Isaac

A produção de energia a partir dos raios solares é bastante promissora por ser limpa, silenciosa e com baixos impactos visuais. A grande desvantagem é a baixa conversão em energia elétrica para painéis fixos. Utilizando uma bancada para simulação de painéis fotovoltaicos PV proporcionou-se a simulação da inclinação dos raios solares no ciclo diário. Para minimizar esse problema o estudo fez uso de PV manual com articulação de zenital, isso, para acompanhar a máxima incidência solar e aumentar a produção de energia elétrica. Para tal, usa-se uma bancada para simulação em um circuito fechado. Essa análise baseia-se na corrente elétrica com geração de informação. Além de propiciar uma reflexão sobre a eficácia desse tipo de sistema o estudo visou estabelecer o grau de máxima incidência solar, que é de 0º à 90º (nascente) e 90º à 180º (poente). Por fim, apresentaram-se os resultados da geração de corrente elétrica obtida pelo suporte fixo fazendo assim uma comparação com o referencial teórico e os dados conseguidos experimentalmente no estudo.
Mostrar más

8 Lee mas

Planificación participativa del turismo en comunidades rurales: estudio comparativo entre las comunidades étnicas de Castrolanda, Entre Ríos y Witmarsum en Paraná, Brasil

Planificación participativa del turismo en comunidades rurales: estudio comparativo entre las comunidades étnicas de Castrolanda, Entre Ríos y Witmarsum en Paraná, Brasil

Resumo: Este artigo teve como objetivo efetuar um estudo comparativo através da análise dos processos de desenvolvimento turístico envolvendo elementos inerentes a participação em três comunidades étnicas situ‑ adas no Estado do Paraná (Brasil), sendo estas: Castrolanda, Entre Rios e Witmarsum. Para isso utilizou‑se como procedimentos metodológicos: a) pesquisa bibliográfica; b) busca de dados em fontes documentais e entrevistas nas comunidades; c) análise dos dados por meio do emparelhamento teórico‑prático com base nos princípios de desenho de Ostrom (2011); e d) análise comparativa a partir dos aportes de Bloch (1983). A partir da análise e cruzamento dos dados, foi possível alcançar o objetivo geral da pesquisa, inferindo sobre as peculiaridades e dificuldades que envolvem a organização e desenvolvimento do turismo de forma participativa.
Mostrar más

15 Lee mas

PERCEPÇÕES DAS CIÊNCIAS DA NATUREZA: ENSINO FUNDAMENTAL VERSUS ENSINO MÉDIO

PERCEPÇÕES DAS CIÊNCIAS DA NATUREZA: ENSINO FUNDAMENTAL VERSUS ENSINO MÉDIO

O Ensino de Física e Química no nono ano do Ensino Fundamental foi uma proposta herdada dos modelos educacionais de meados do século XX, quando houve oficialmente a predominância do modelo tradicional de ensino caracterizada pela transmissão-recepção de informações. Nesse modelo as informações e os conceitos eram fragmentados, reunidos em Física, Química, Biociências e Geociências (AMARAL, 2000, p.203). Este estudo mostra-se necessário em virtude dos discentes do curso Técnico de Agropecuária do Instituto Federal Farroupilha Campus Alegrete manifestarem dificuldades no aprendizado das temáticas direcionadas aos Componentes Curriculares de Química e Física. Ao propor este estudo, partimos do relato dos discentes, buscando desenvolver em elo comparativo entre as grades curriculares dos conteúdos essenciais abordados em Ciências durante o nono ano do Ensino Fundamental, com os conhecimentos ministrados nas disciplinas de Química e Física no decorrer do primeiro ano do Ensino Médio.
Mostrar más

7 Lee mas

AVALIAÇÃO E PROJETO DE ISOLAMENTO ACÚSTICO DE ÁREAS TÉCNICAS DE SHOPPING CENTER IMPLANTADO EM ÁREA RESIDENCIAL

AVALIAÇÃO E PROJETO DE ISOLAMENTO ACÚSTICO DE ÁREAS TÉCNICAS DE SHOPPING CENTER IMPLANTADO EM ÁREA RESIDENCIAL

O presente estudo tem como objetivo o levantamento da eficácia do projeto de isolamento acústico realizado na Área Técnica de um Shopping, situado na cidade de Natal/RN, com vistas à obtenção da redução dos níveis de ruído e adequação às exigências das normas técnicas internacionais, nacionais e estudais/locais, garantindo o conforto acústico das edificações do seu entorno, mais especificamente em uma rua atrás do Shopping denominada São Joaquim.

10 Lee mas

Show all 7040 documents...