Inovação - educação

Top PDF Inovação - educação:

Inovação pedagógica na educação física: o que aprender com práticas bem sucedidas?

Inovação pedagógica na educação física: o que aprender com práticas bem sucedidas?

Outro aspecto marcante é a organização dos conteúdos por meio de projetos te- máticos: os professores geralmente criavam projetos para os bimestres ou semes- tres letivos que serviam como eixo temático para a escolha e desenvolvimento dos conteúdos. A partir de nossas análises estamos conseguindo depreender, por um lado, que a organização do trabalho pedagógico dos professores inovadores, por meio de projetos temáticos, os possibilita estabelecer sentido diferenciado (contex- tualizado) para suas práticas pedagógicas. Uma vez que os projetos facilitavam a busca de relações que os elementos da cultura corporal de movimento estabele- cem com a prática social, com intuito de trabalhá-las em aula. Por outro lado, po- rém, o trabalho com projetos coloca desafi os à dinâmica curricular e pedagógica, na medida em que temos observado que eles são fl exíveis a ponto de não preser- var sua continuidade de um ano para outro. Um exemplo evidencia esse quadro: o professor que hoje trabalha, na terceira série, com um projeto sobre o circo, pode resolver trabalhar, no próximo ano, o teatro. Isso priva aos recém ingressos nessa série da experiência com as práticas circenses, da mesma maneira que os recém egressos da terceira série fi caram sem a experiência com as práticas teatrais. Para fi nalizar, é importante esclarecer que o sentido amplo de inovação empre- gado na pesquisa implica o rompimento, total ou parcial, com alguns aspectos da tradição estabelecida na educação física, mesmo nos casos em que essa ruptura não se vincula a qualquer sentido “progressista” ou “crítico”.
Mostrar más

18 Lee mas

Educação, inovação, qualidade: a construção de um direito

Educação, inovação, qualidade: a construção de um direito

Na composição de dados da tabela 2, destacam-se aspectos socioeconômicos e educacionais dos municípios sede das escolas objeto do estudo por entender-se que estes têm relação direta com a educação. Sustenta-se que a qualidade da educação tem relação direta com a riqueza produzida, e com o modo e a porcentagem em que a população a acessa. Se observarmos os dados, identificaremos que o município que registra o menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal também apresenta o menor fluxo escolar regular idade/série dos alunos de 6 a 14 anos que em 2010 estavam cursando o ensino fundamental regular na série correta para a idade, qual seja, 62,78%. Do mesmo modo, sobre esse município recai o menor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica entre os seis municípios que figuram na composição de dados da tabela.
Mostrar más

11 Lee mas

INOVAÇÃO PEDAGÓGICA NO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO: PRIMEIRAS IMPRESSÕES

INOVAÇÃO PEDAGÓGICA NO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO: PRIMEIRAS IMPRESSÕES

A elaboração de roteiro para levantamento e análise do PPP levou em conta os seguintes elementos constituintes e considerações propostas por alguns autores como Veiga (2008), que resultou no seguinte: 1 - Dados de identificação da escola, 2 - Tipo de comunidade, 3- Estruturação do PPP, 4- Concepção de educação, 5- Finalidades e princípios do ensino, 6- Objetivos do ensino, 7- Marco referencial geral, 8- Marco referencial específico, 9- Constituição comunidade escolar, 10- Dimensão administrativa, 11- Dimensão pedagógica, 12- Recursos financeiros, 13- Avaliação.
Mostrar más

6 Lee mas

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO E INOVAÇÃO PEDAGÓGICA: APONTAMENTOS INICIAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO E INOVAÇÃO PEDAGÓGICA: APONTAMENTOS INICIAIS

O Projeto Pedagógico de Curso (PPC) não se constitui como um simples documento, e é possível perceber que o processo de (re)construção desse recebe relevante influência no modo como o mesmo é implementado e tratado dentro das Instituições de Ensino Superior (IES). Segundo Singer (2015, p. 01), para tornar um projeto escolar coletivo p necessário criar espaço no qual diferentes segmentos da comunidade escolar participem da construção coletiva de projetos. Em suas palavras: "O projeto p mais inovador quando faz sentido para as pessoas. Tornar o projeto inovador, p tornar o projeto de educação coletivo, incluindo todos os que participam dele".
Mostrar más

5 Lee mas

INOVAÇÃO PEDAGÓGICA PRESENTE NO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE URUGUAIANA RS

INOVAÇÃO PEDAGÓGICA PRESENTE NO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE URUGUAIANA RS

o ensino por práticas investigativas como um dos princípios pedagógicos. Para a obtenção dos dados necessários, primeiramente foi realizada análise documental do projeto político-pedagógico de uma escola pública de ensino médio, localizada na periferia da cidade de Uruguaiana-RS. Essa foi realizada a partir de um roteiro de análise previamente estipulado, com os seguintes tópicos: (1) Dados de identificação da escola, dados socioeconômicos, contexto social e cultural; (2) Estruturação do PPP, partes que compõem o documento; (3) Níveis de ensino, etapas e modalidades da Educação Básica oferecidas pela escola; (4) Concepção de educação: conceito, tipo de educação que a escola oferta e os autores de referência; (5) Finalidades e princípios do ensino: legais/normativas, humanísticas, culturais, sociais, políticas e profissionais; (6) Objetivos de ensino (gerais e específicos); (7) Marco referencial geral: visão/missão/concepção de ser humano, de sociedade e de mundo, princípios e valores humanos anunciados e princípios da democracia; (8) Marco referencial específico da educação: o que se entende por educação, definição de escola no processo educacional, papel da
Mostrar más

5 Lee mas

PROGRAMA DE APOIO E INOVAÇÃO NA GESTÃO E ATENÇÃO NO SUS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

PROGRAMA DE APOIO E INOVAÇÃO NA GESTÃO E ATENÇÃO NO SUS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

A perspectiva da Educação Permanente (EP) surge como recurso de intervenção na práxis em saúde, uma vez que utiliza conteúdo oriundo do cotidiano dos serviços. Leva a transformações no âmbito da clínica e através de intervenções multiprofissionais, fortalece a gestão do cuidado e as reflexões sobre os processos de trabalho. Nesta perspectiva, dá-se de forma constante e articulada a uma escuta qualificada que vise apreender novos pontos de vista, da convivência em campo prático, na troca de conhecimentos e em problematizações em equipe (BELAID et al., 2017).
Mostrar más

7 Lee mas

Reflexión sobre la situación y las perspectivas de la Educación Superior.  Ecuador

Reflexión sobre la situación y las perspectivas de la Educación Superior. Ecuador

Educação propício para uma grande parte do progresso da humanidade para satisfazer as seguintes dimensões: científicas e tecnológicas, ambientais, econômicos, culturais e políticos. O trabalho aborda a situação da educação no Equador a partir de medidas de política pública do governo equatoriano. o papel das universidades como parte do sistema de inovação para o desenvolvimento da sociedade actual. Pelo método de abordagem sistêmica de medidas governamentais que são estudados para alcançar a inovação para o desenvolvimento social e seu impacto sobre os principais atores do sistema de inovação.
Mostrar más

18 Lee mas

Portais como ambientes de interação para inovação na sociedade do conhecimento

Portais como ambientes de interação para inovação na sociedade do conhecimento

- As iniciativas de Gestão do Conhecimento consideradas em estagio avançado de amadurecimento são: comunidades de prática; mentroring; coaching; melhores práticas; mapeamento ou auditoria de conhecimento; ferramentas de colaboração como portais, intranets e extranets; sistemas de gestão por competências; banco de competências individuais/banco de talentos/páginas amarelas; memória organizacional/lições aprendidas/banco de conhecimentos; educação corporativa (EAD); mensuração do capital intelectual/mensuração dos ativos intangíveis; narrativas (relatos pessoais); sistemas de workflow (acompanhamento do fluxo de trabalho); gestão do conteúdo (tratamento da informação); gestão eletrônica da informação (GED); data mining.
Mostrar más

29 Lee mas

PROCESSO EXTENSIONISTA NO VIÉS DA INOVAÇÃO PEDAGÓGICA NA FORMAÇÃO ACADÊMICO PROFISSIONAL

PROCESSO EXTENSIONISTA NO VIÉS DA INOVAÇÃO PEDAGÓGICA NA FORMAÇÃO ACADÊMICO PROFISSIONAL

O presente trabalho visa apresentar o projeto de extensão que está sendo desenvolvido com a integração de professores(as) experientes e em início de carreira; professores(as) universitários(as) e de Educação Básica, licenciandos(as), licenciados(as) e pós-graduandos(as) e profissionais do magistério atuantes em escolas municipais e estaduais, nos municípios de Bagé e Uruguaiana. Este projeto tem a finalidade de socializar elementos de inovação pedagógica observados por esses profissionais nas instituições de Educação Básica e elementos de caráter inovador vivenciados pelos professores(as) e demais profissionais da educação que atuam nas instituições educativas e como aplicam a inovação pedagógica na sua metodologia didática; assim como possibilitar espaço-tempo de reflexões teórico- conceituais de práticas de inovação pedagógica para a (re)construção do PPP, articulando a relação entre a Educação Básica e a Universidade, na perspectiva da formação acadêmico-profissional dos profissionais da Educação. Este projeto de extensão faz parte do Programa de Apoio à Formação Continuada de Profissionais da Educação Básica ± PROFOR/UNIPAMPA.
Mostrar más

6 Lee mas

Documentos

Documentos

MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, O MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO [r]

62 Lee mas

TítuloEducação ambiental para comunidades sustentáveis: Rede Paranaense de Pesquisa em Educação Ambiental por Bacia Hidrográfica, Paraná, Brasil

TítuloEducação ambiental para comunidades sustentáveis: Rede Paranaense de Pesquisa em Educação Ambiental por Bacia Hidrográfica, Paraná, Brasil

Outro aspecto positivo de redes de pes- quisa esta no fato de que estas possibili- tam ações cooperativas e de parcerias nas diferentes dimensões do processo de pes- quisa, como afirmam as autoras, de que: a cooperação nas ações de pesquisa po- dem conduzir ao compartilhamento de recursos e informações, ao estabelece- rem novas áreas de investigação, no uso de programas e metodologias e, redução de tempo e custos. A cooperação é um pré-requisito para a inovação, solução de problemas e desempenho. Além dis- so, as parcerias podem representar corte nas distâncias para o ingresso nas esferas internacionais de investigação, com proje- tos grandes e pequenos, que estabeleçam parcerias no exterior e no país (BULGA- COV; VERDU, 2001).
Mostrar más

20 Lee mas

Intelectuais e Universidade: O Ensino Superior no Congresso de Instrução Pública (Rio de Janeiro, 1883-1884)

Intelectuais e Universidade: O Ensino Superior no Congresso de Instrução Pública (Rio de Janeiro, 1883-1884)

Bourdieu (1998, 32) assinala a importância do «estudo de uma verdadeira história da gênese das ideias sobre o mundo social, associada a uma análise dos mecanismos sociais da circulação internacional dessas ideias». Nas suas análises «sobre as artimanhas da razão imperialista», dá argumentos para compreender o papel da circulação das ideias, na segunda metade do século XIX. Assim, pode- ríamos situar essas influências na perspectiva de um «imperialismo cultural, com o poder de universalizar os particularismos associados a uma tradição histórica singular», isto é, de uma realidade de capitalismo industrial, para uma sociedade escravocrata agrário-exportadora. As ideias, dessa forma, seriam aparentemente desistoricizadas - «a neutralização do contexto histórico que resulta da circulação internacional dos textos e do esquecimento correlato das condições históricas de origem». Poderíamos dizer, como já dito, que seriam «idéias fora de lugar», mas que estavam no lugar, isto é, foram traduzidas e apropriadas para fortalecer um ideário de valorização da educação e da instrução pública, numa sociedade em processo de abolição da escravatura e da instauração da República, que precisa- va «revalorizar» as condições de formação e de trabalho, nas novas perspectivas que assumia e que deveria assumir. Assim, a divulgação das premissas sobre a situação da educação no mundo, naturalizava a sua necessidade, a partir do que se mostrava como um «senso comum universal», preparando o espírito da elite brasileira.
Mostrar más

22 Lee mas

Fundamentos conceptuales para abordajes de gestión de la innovación en las bibliotecas

Fundamentos conceptuales para abordajes de gestión de la innovación en las bibliotecas

Situação confirmada por Damanpour, Walker e Avellanela (2009) ao afirmar que as empresas organizam principalmente seus esforços de atividades de inovação por meio de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), e tem, portanto, focado em uma definição restrita a inovações de produtos, associado com a função de P&D nas organizações de manufatura. Para os autores, inovações em empresas de serviços são escassas e sugerem uma adoção combinativa de diferentes tipos de inovações em diferentes partes da organização. Assim, para que aumente a sua capacidade para uma mudança adaptativa, uma vez que, as organizações devem se adaptar as pressões competitivas e ou institucionais promovidas pelo ambiente externo.
Mostrar más

13 Lee mas

O processo de inclusao na sociedade de informação; os desafios educacionais e informacionais

O processo de inclusao na sociedade de informação; os desafios educacionais e informacionais

Se, historicamente, a finalidade da educação era formar profissionais para um trabalho estável por toda a vida, aptos a exercer uma função especializada, hoje cresce cada vez mais a demanda por profissionais flexíveis, multicapacitados, capazes de aprender ao longo da vida. Cada pessoa tem de aprender a mobilizar para a sua vida a sua subjetividade, a sua identidade pessoal, a sua capacidade e competência, ou seja, o seu valor enquanto sujeito. Entretanto, a competência acha-se situada na esfera de um comportamento harmônico. Não se pode ser competente só e isolado. Os meios mobilizáveis pelas pessoas destinados à aquisição de suas competências não se traduzem apenas aos saberes constantes de sua individualidade (saber-saber, saber-fazer e saber-ser). Acham-se também fora das próprias pessoas, localizados em diferentes ambientes onde se inserem socialmente.
Mostrar más

22 Lee mas

A reconstrução da prática docente de ciências por meio do Educar Pela Pesquisa: uma experiência dialógica envolvendo pesquisadores, professores, pais e estudantes

A reconstrução da prática docente de ciências por meio do Educar Pela Pesquisa: uma experiência dialógica envolvendo pesquisadores, professores, pais e estudantes

Na atualidade, formação continuada mais que compromisso é exigência em todas as áreas de atuação profissional tendo em vista a acentuada velocidade na produção e disseminação de conhecimentos e informações. Particularizando para a área da Educação, atender aos desafios deste século exige do professor clareza sobre a sociedade desejada e sobre o sujeito que pretende formar. Tais definições encaminham para uma nova visão de escola com repercussões na forma de compreender os processos de ensino e de aprendizagem. Um possível espaço para a construção de respostas provisórias a essas questões são os eventos de formação de professores, nos quais há oportunidade para reflexão e debate coletivo, tomando como ponto de partida a prática pedagógica dos participantes (Zabalza, 2004; Schön, 1992).
Mostrar más

25 Lee mas

UM RELATO DE USO DO PENSAMENTO VISUAL PARA O ENSINO SOBRE ECOSSISTEMAS DE INOVAÇÃO

UM RELATO DE USO DO PENSAMENTO VISUAL PARA O ENSINO SOBRE ECOSSISTEMAS DE INOVAÇÃO

O empreendedorismo é um tema que vem sendo estimulado nas empresas e ensinado nas universidades. Este trabalho apresenta um relato sobre uma utilização de abordagem ativa de aprendizagem que utiliza o pensamento visual para o ensino sobre ecossistemas de inovação. Este trabalho foi feito com base na experiência de ter cursado a disciplina Modelo de Negócios na Área de Software, sendo assim, a metodologia seguida foi a de relato de experiência, também é apresentada a metodologia que visa ensinar sobre ecossistemas de inovação utilizando o pensamento visual, trata-se da metodologia que foi utilizada em sala de aula. Esta metodologia contém passos indicados para representar de forma visual os conhecimentos sobre o que foi estudado. A mesma foi aplicada para uma turma de 15 alunos, onde os mesmos trabalharam em duplas, sendo criados, apresentados e discutidos junto à turma, um total de 6 desenhos envolvendo o tema ecossistemas de inovação. Como resultado do relato de experiência, é apresentado um exemplo de trabalho realizado seguindo desta metodologia. Considera-se que diferentes disciplinas possam fazer uso desta metodologia, para apresentar o seu conteúdo de forma semelhante à realizada neste trabalho.
Mostrar más

6 Lee mas

Exigibilidad de requisitos académicos para la postulación al cargo de representante a la cámara tomando en consideración las funciones propias del cargo

Exigibilidad de requisitos académicos para la postulación al cargo de representante a la cámara tomando en consideración las funciones propias del cargo

"Ensino superior: inovação e qualidade na docência", Repositório Aberto da Universidade do Porto, 2012.. Publicación.[r]

72 Lee mas

EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PERCEPÇÃO DE PAIS/RESPONSÁVEIS

EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PERCEPÇÃO DE PAIS/RESPONSÁVEIS

Diante do exposto, os estágios obrigatórios da Universidade Federal do Pampa, do curso de licenciatura em EF são inseridos nessas etapas educacionais, sendo assim oportunizando os alunos da Educação Infantil a vivenciar as aulas de EF com o professor de EF neste nível de ensino. O estágio constitui parte integrante da estrutura curricular da habilitação cursada, licenciatura em Educação Física, sendo pré-requisito para a obtenção do diploma de conclusão. Assim, representa o momento da formação em que o graduando deve vivenciar e consolidar as competências exigidas para o exercício acadêmico profissional.
Mostrar más

5 Lee mas

Da educação da decepção à educação do optimismo. Recuperar o verdadeiro sentido da educação

Da educação da decepção à educação do optimismo. Recuperar o verdadeiro sentido da educação

É necessário e urgente que se perspectivem percursos alternativos de desenvolvimento da realidade e se incentivem diferentes visões da mesma, equacionando, de forma igualitária e com a mesma possibilidade de contribuir para um mundo melhor, visões utilitaristas, estéticas, tecnológicas, etc. Só assim se poderá iniciar uma transformação global que se desenvolve do indivíduo à sociedade como um todo. São necessárias mudanças profundas na forma de pensar a educação, na finalidade, nos objectivos e nos métodos, bem como nas atitudes de todos os intervenientes, nas famílias, nos formadores e nos formandos, nos tempos e nos espaços onde decorrem os actos educativos. O actual sistema educativo não tem contribuído para esse desenvolvimento.
Mostrar más

8 Lee mas

INTEGRANDO A MATEMÁTICA AO TEMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

INTEGRANDO A MATEMÁTICA AO TEMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

A importância de relacionar os conteúdos de Matemática com as questões ambientais é salientada por D’Ambrósio (1996, 87): “Particularmente importante é a incorporação, na Educação Matemática, de uma preocupação com o ambiente. Embora haja, muito progresso nessa direção e se notem boas pesquisas e boas propostas curriculares visando a essa incorporação, a sua plena aceitação na Educação Matemática ainda é um problema”. Os professores de Matemática não podem furtar-se à responsabilidade de contribuir para a formação de cidadãos conscientes e participativos, os quais tenham conhecimento, competência, motivação e que se sintam comprometidos a atuar de forma positiva em relação ao seu meio.
Mostrar más

13 Lee mas

Show all 1151 documents...