Reflexão crítica

Top PDF Reflexão crítica:

Desenvolvimento profissional docente em um grupo colaborativo : reflexão crítica e formas de colaboração

Desenvolvimento profissional docente em um grupo colaborativo : reflexão crítica e formas de colaboração

O grupo colaborativo foi constituído por nós, autores, e por mais quatro professores de ciências atuantes na rede pública de ensino, através de uma chamada pública, cujos nomes fictícios e tempo de experiencia profissional são respectivamente: Lisa (4 anos), João (alguns meses), Elza (5 anos) e Flávia (15 anos). A reflexão crítica sobre as práticas e contextos de atuação dos professores; o diálogo com as pesquisas sobre o ensino de ciências; o estímulo ao desenvolvimento de pesquisas sobre a própria prática e a comunicação dos conhecimentos construídos foram os elementos nucleadores das ações do grupo, iniciadas em março de 2014 com reuniões semanais no Centro de Ciências da UFJF. Neste ano, foram realizadas discussões sobre os contextos de atuação e práticas dos professores, discussão de artigos científicos, planejamento e apresentação de sequências de ensino que foram desenvolvidas nas escolas e filmadas pelos próprios professores, que selecionaram trechos das gravações que consideraram mais significativos e realizaram a análise reflexiva (Smyth, 1991). Após a reflexão individual, elaborada em texto, os professores apresentaram ao grupo os episódios selecionados de suas aulas a fim de discutir as principais questões que emergiram da análise. Em 2015 o contato entre os membros ocorreu prin- cipalmente por correio eletrônico e teve como foco a elaboração de relatos de experiência, de comu- nicações em eventos científicos e de capítulos de livro, encerrando-se um primeiro ciclo de atividades, objeto de análise deste estudo.
Mostrar más

6 Lee mas

Uma reflexão crítica entre Prostituição e Políticas Públicas no Brasil: avanços, retrocessos e conjuntura sociopolítica

Uma reflexão crítica entre Prostituição e Políticas Públicas no Brasil: avanços, retrocessos e conjuntura sociopolítica

RESUMO: A relação entre prostituição e poder público é marcada por diversas controvérsias, avanços e retrocessos. Seguindo uma lógica de análise baseada a partir de uma perspectiva sociológica do conflito, o presente trabalho tem como principal objetivo apresentar uma discussão muito além da já conhecida dinâmica histórica, elucidando uma nova perspectivadas principais reivindicações deste fenômeno social, com ênfase no estudo das práticas adotadas e atividades elaboradas no campo acadêmico, em consonância com as iniciativas do legislativo, do executivo e judiciário em relação ao objeto em estudo. Iniciaremos assim as discussões em torno das demandas e representações do movimento brasileiro de prostitutas e o que estas permitem ressaltar sobre os avanços e retrocessos da democracia brasileira em sua atual conjuntura. A relevância desta proposta torna-se um importante instrumento para a produção do conhecimento, mas, sobretudo, desde que este venha sempre acompanhado por uma reflexão crítica e, antes, de sua possibilidade.
Mostrar más

23 Lee mas

Aptidão física, um convite à saúde : reflexão crítica sobre a investigação-ação realizada na Escola Secundária de Bocage

Aptidão física, um convite à saúde : reflexão crítica sobre a investigação-ação realizada na Escola Secundária de Bocage

Neste estudo realiza-se uma reflexão crítica em torno da investigação-ação desenvolvida na Escola Secundária de Bocage. A investigação-ação visou a conceção e a implantação de estratégias de melhoria da aptidão física, tendo-se procedido à avaliação da aptidão física de 440 crianças e adolescentes, com idades compreendidas entre os 11 e 20 anos. A aptidão física foi avaliada com recurso aos seguintes testes da bateria Fitnessgram: Vaivém, Abdominais, Extensões de Braços, Extensão do Tronco, Senta e Alcança, Flexibilidade de Ombros e Índice de Massa Corporal. Os resultados da avaliação permitiram classificar os alunos como estando dentro ou fora da Zona Saudável de Aptidão Física. Para testar se a aptidão física dos alunos variava em função do género, idade e ciclo de ensino recorreu-se ao teste do Qui-Quadrado. Globalmente, os resultados revelaram que os níveis de aptidão física diferem com o ciclo de ensino e que os rapazes apresentam os melhores indicadores. Julgou-se necessário definir um programa de condição física específico em função do ciclo de ensino (centrado no desenvolvimento da força superior no Básico e da aptidão aeróbia e flexibilidade dos membros inferiores no Secundário) e do género (visando desenvolver a aptidão aeróbia nos rapazes e a força superior e a flexibilidade dos membros inferiores nas raparigas). A reflexão crítica foca-se no impacto que a investigação-ação teve nos alunos, na comunidade escolar e no nosso desenvolvimento profissional, recorrendo-se à experiência vivida e à teoria para a sua fundamentação.
Mostrar más

82 Lee mas

Reflexão crítica sobre o ensino de inglês e espanhol, línguas estrangeiras, e sobre o processo de formação profissional

Reflexão crítica sobre o ensino de inglês e espanhol, línguas estrangeiras, e sobre o processo de formação profissional

(capítulo II) e a Reflexão crítica final sobre o processo de formação (capítulo III). No primeiro capítulo procedo, como o próprio nome que lhe atribuí já o indica, a um enquadramento geral da minha Prática Pedagógica Supervisionada, referindo-me não só ao longo percurso que efetuei até entrar no mestrado que me conferirá a tão aguardada profissionalização no grupo de Inglês (330) e de Espanhol (350) para lecionar nos ensinos público, particular e cooperativo, mas também ao contexto institucional onde estagiei, caracterizando a E. B. 2 e 3 Dr. António de Sousa Agostinho, a sua população escolar, a sua oferta formativa e cada um dos grupos com quem nela trabalhei. Além disso, descrevo também a aprendizagem das línguas estrangeiras em Portugal, analisando brevemente os programas curriculares de Inglês e de Espanhol, sobretudo no que diz respeito ao paradigma metodológico que adotam, e os propósitos das recentes metas curriculares, sem deixar de explicitar a razão de não ter utilizado as metas curriculares de inglês nas planificações das sequências de aprendizagem desta especialidade.
Mostrar más

160 Lee mas

Reflexão crítica de uma professora a partir de uma aula experimental de química como forma de promoção de discutibilidade e argumentação

Reflexão crítica de uma professora a partir de uma aula experimental de química como forma de promoção de discutibilidade e argumentação

Josely Cubero Programa de Pós Graduação Interunidades em Ensino de Ciências da Universidade de São Paulo (USP) Escola de Artes Ciências e Humanidades/USP, Brasil RESUMO: Neste trabalho analisam-se a aula de uma professora, Sofia, e atividades resultantes de um processo reflexivo sobre sua prática, com o objetivo de identificar alguns fatores que se relacionam a processos argumentativos e dificuldades de construção de conhecimentos. Os textos reflexivos e as transcrições dos audiovisuais - da aula e sua discussão pelo grupo - foram analisados por análise de conteúdo. Os resultados indicam que Sofia não possibilitou a discutibilidade em torno do tema. En- tretanto, durante o processo reflexivo percebe as contradições em sua aula, sugerindo que o ciclo de reflexão crítica utilizado pode auxiliar professores a promover discutibilidade e argumentação em sala de aula e com isso melhorar o aprendizado de seus alunos.
Mostrar más

6 Lee mas

Imposto sobre Propriedade: uma reflexão crítica do caso do Município de São Paulo e da Cidade de Nova Iorque

Imposto sobre Propriedade: uma reflexão crítica do caso do Município de São Paulo e da Cidade de Nova Iorque

Entre 2000 e 2015, ainda que o dinamismo imobiliário tenha sido bastante elevado, a participação do IPTU reduziu-se progres- sivamente de 16,8% para 13,5% no conjunto das receitas totai[r]

19 Lee mas

A submissão obrigatória à identificação de perfil genético para fins criminais: uma reflexão crítica sob a luz da dignidade da pessoa humana

A submissão obrigatória à identificação de perfil genético para fins criminais: uma reflexão crítica sob a luz da dignidade da pessoa humana

Quando são recolhidos dados genéticos humanos ou dados proteómicos humanos para fins de medicina legal ou de processos civis ou penais ou outras acções legais, i[r]

162 Lee mas

Reflexão crítica sobre a redução das pensões no âmbito da convergência dos regimes da Caixa Geral de Aposentações e da Segurança Social

Reflexão crítica sobre a redução das pensões no âmbito da convergência dos regimes da Caixa Geral de Aposentações e da Segurança Social

Passando agora a análise crítica do acórdão, este tribunal decidiu confrontar a medida em causa com os princípios constitucionais estruturantes. Assim, no que toca ao princípio da igualdade este emerge essencialmente da proibição do arbítrio como limite ao tratamento desigual. Caberia aqui ao tribunal não substituir-se ao legislador na valoração das opções mas sim na análise da norma e se os fins prosseguidos implicariam uma desigualdade de tratamento. O critério ponderativo subjacente, quanto a nós, centra-se em saber se a solução encontrada pelo legislador visa ou não sobrecarregar gratuita e injustificadamente uma certa categoria de cidadãos e, numa segunda fase, se a medida proposta é justa, seja do ponto de vista dos fins seja do ponto de vista da comparação entre os sujeitos.
Mostrar más

111 Lee mas

Uma reflexão crítica acerca da nosografia das perturbações de ansiedade no DSM-5

Uma reflexão crítica acerca da nosografia das perturbações de ansiedade no DSM-5

Na PAS, a ansiedade é superior ao que é esperado em relação ao nível de desenvolvimento do indivíduo, o MS é marcado, muitas vezes, por ansiedade social elevada, e as cri[r]

84 Lee mas

Vitória a todo o custo : reflexão crítica sobre a investigação-acão realizada na Escola Secundária Fernando Lopes-Graça.

Vitória a todo o custo : reflexão crítica sobre a investigação-acão realizada na Escola Secundária Fernando Lopes-Graça.

19 Pertinência do Estudo O tema do Espírito Desportivo surgiu como alvo de investigação tendo por base a literatura especializada. Por outro lado, o diagnóstico realizado pelos estagiários à realidade escolar da instituição, permitiu acentuar a necessidade de realizar um estudo de base empírica que permita desenvolver estratégias com forte aplicação. Esse diagnóstico aclarou também a necessidade de se desenvolver competências e habilidades de caráter formativo e que futuramente possam ter transferência para a vida adulta (Lerner, 2005). Embora, diversas variáveis possam explicar este desenvolvimento, a investigação tem vindo a apontar, que a elevação dos níveis de cooperação entre os estudantes, a lealdade, o desenvolvimento pessoal e social integrado num sistema de valores éticos e morais que resultam, em última análise, em benefícios claros tanto para o sujeito como para a comunidade onde este está inserido, são aspetos centrais na análise deste processo (Damon, 2004). Assim, diversos tópicos da convivência escolar interligada com a prática desportiva, devem ser objeto de reflexão. Compreender o clima ético e moral, o fair-play, a liderança ética e as perceções que os alunos têm dessa experiência escolar e desportiva, permitirá validar um conjunto de conceções a propósito dos efeitos da formação pessoal através das práticas físicas escolares (Kavussanu, 2006). Entre estas valências na formação do caráter diversos autores (e.g. Cecchini, Montero, Alonso, Izquierdo, & Contreras, 2007; Wright & Li, 2009) têm vindo a apontar para as vantagens dessa formação, como por exemplo:
Mostrar más

82 Lee mas

Rogers: psicoterapia e subjetividade: uma reflexão crítica

Rogers: psicoterapia e subjetividade: uma reflexão crítica

Rudio ( ibid) ressalta que a comunicação consigo mesmo é entendida como um processo no qual o sujeito representa as suas experiências adequadamente na consciência e que Rogers entendi[r]

47 Lee mas

Desenvolvimento, antropologia e “participação”. uma proposta de reflexão crítica

Desenvolvimento, antropologia e “participação”. uma proposta de reflexão crítica

13. Chambers (1995:36) oferece um elenco de 29 tipos de abordagem participativa que tomam forma a partir dos anos 70, assinalando o caráter não-exaustivo do mesmo. 14. O termo “empowerment” e os significados a ele atribuídos mereceriam um tratamen- to aprofundado que não podemos desenvolver nesta sede. O termo vem do século 19, ganhando atribuições específicas no seu uso moderno e dando lugar a convergências de sentido quando da sua utilização em campos entre eles bastante diferentes, como aqueles relativos à teoria da gestão de empresa, o dos discursos e das políticas de modernização e democratização do Esta- do nos anos 80, e o dos movimentos sociais esquerdistas, “verdes” e feministas. Tais convergên- cias e difusão revelam certa “ambiguidade funcional” no seu emprego (James, 1999:14-20. Ver também Ranhema, 1992; Gledhill, 1994). Ao longo dos anos 90, “empowerment” adquiriu um emprego difundido no campo do desenvolvimento, como se pode perceber ao olhar a produção bibliográfica do mesmo período (Cheater, 1999:1). Como nota Angela Cheater, os problemas de definição de “empowerment” têm a ver sobretudo com diferentes interpreta- ções do conceito de “poder”, cuja problematização atual se deve principalmente ao trabalho de Foucault (e.g. 1998) e à crítica pós-moderna. Na última parte deste ensaio, apresentaremos brevemente as principais concepções de poder que parecem guiar o uso do termo “empower- ment” no campo do desenvolvimento. Para uma série de contribuições críticas de cunho an- tropológico, ver, entre outros: Argyris, 1998; Cheater, 1999; Wendt, 2001; Botchway, 2001; Henkel & Stirrat, 2001.
Mostrar más

35 Lee mas

Do Obsoleto à Transformação - Reflexão Crítica sobre Arquitectura Industrial no Ginjal

Do Obsoleto à Transformação - Reflexão Crítica sobre Arquitectura Industrial no Ginjal

O arquitecto explica que este vestíbulo - uma das distinções conceptuais mais importantes entre o novo e o antigo volume - poderia ter sido um pátio aberto com galerias como o que se e[r]

159 Lee mas

O tema do desenvolvimento no contexto da Anpur: uma reflexão crítica preliminar

O tema do desenvolvimento no contexto da Anpur: uma reflexão crítica preliminar

R e s u m o A expressiva produção acadêmica e cientifica no campo dos estudos urbanos e regionais de mais de cinquenta centros de pós-graduação e pesquisa filiados e associados à Anpur – Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional - publicada e difundida nos últimos trinta anos, voltada para o tema do desenvolvimento, é o objeto de reflexão do presente ensaio. Trata-se aqui de proceder a um mapeamento e apreciação crítica das temáticas próprias da área do Planejamento e das Pesquisas Urbanas e Regionais em articulação com o tema do Desenvolvimento, tal como discutidas nesses trinta anos de existência da Anpur. A natureza do tratamento, as abordagens privilegiadas e as temáticas que ganharam maior evidência e importância no atual milênio são tratadas com maior ênfase. Objetivou-se, também, mostrar a evolução do tratamento dado à questão do desenvolvimento, desde suas adjetivações e adaptações aos temas contemporâneos, até sua importância crescente nos aspectos socioespaciais e ambientais, além dos questionamentos do próprio conceito, tomados como questões que têm marcado os dias atuais.
Mostrar más

18 Lee mas

A população lésbica em estudos da saúde: contributos para uma reflexão crítica

A população lésbica em estudos da saúde: contributos para uma reflexão crítica

práticas das ciências da saúde e da psicologia a sexualidade lésbica foi associada à patologia. Ao longo do século XX, este posicionamento modifi- cou-se. Este trabalho analisa essas mudanças numa reflexão teórica focada no domínio da saúde das lésbicas, no qual predominam as concepções e prá- ticas heteronormativas e heterossexistas, tanto na investigação como na prestação de cuidados. Atra- vés de uma contextualização crítica da literatura, identificamos as necessidades específicas das lésbi- cas, questionamos as intervenções dos profissio- nais e serviços de saúde e propomos medidas de ação concretas de promoção da saúde e de erradi- cação da desigualdade e discriminação.
Mostrar más

12 Lee mas

Implementando Pagamentos por Serviços Ambientais no Brasil:: caminhos para uma reflexão crítica

Implementando Pagamentos por Serviços Ambientais no Brasil:: caminhos para uma reflexão crítica

Exemplo disso são, o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), de 2000, o Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAM) de 2004, e o do C[r]

22 Lee mas

A omnipresença do telemóvel: contributos para uma reflexão

A omnipresença do telemóvel: contributos para uma reflexão

O telemóvel proporciona um novo mundo de possibilidades e, consequentemente, alterou profundamente a forma de comunicação e relação interpessoal, bem como os hábitos que sustentavam gerações anteriores que, como eu, ainda vivenciaram o uso do telefone fixo e respetivas cabines. Na verdade, o impacto social deste aparelho digital que viabiliza serviços de voz, texto, navegação, fotografia e vídeo é uma realidade inexorável e incontornável nos dias de hoje. Este avanço tecnológico é indubitavelmente, e tomando de empréstimo o título do livro de Aldous Huxley, um “admirável mundo novo”. No entanto, o presente artigo visa apenas desvelar uma reflexão crítica e construtiva sobre as interferências que o seu uso provoca. Do ponto de vista metodológico convoca uma abordagem hermenêutica, traduzida e concretizada numa metodologia exploratória do tipo “biográfico- narrativa”, através da mobilização de uma postura de retroação reflexiva em torno da sua experiência singular obtida a partir da observação e constatação do uso do telemóvel em contextos sociais distintos. O principal contributo que este artigo tende a evidenciar, e sem pretensões de exaustividade, é o da imperiosa necessidade de proporcionar uma educação no âmbito da dimensão relacional respeitadora e ética.
Mostrar más

6 Lee mas

O jornal =Boca de Rua= espaço de possibilidades para pessoas em situação de rua : uma reflexão discursiva crítica

O jornal =Boca de Rua= espaço de possibilidades para pessoas em situação de rua : uma reflexão discursiva crítica

No fragmento em questão, há uma construção descritiva das condições em que os/as moradores/as se encontram nas novas instalações. O prédio, que não tem nada de novo (novo, aqui, é uma expressão adverbial que não está ligada às condições do local, mas ao espaço ocupado que é diferente do anterior), apresenta condições desumanas de moradia, praticamente descoberto e sem portas, sem o mínimo de segurança e conforto, compondo um cenário igual ou pior ao encontrado na rua. Mais uma vez, a voz de uma pessoa em situação de rua é posta em relevo. Entretanto, esta inserção funciona como mais uma declaração das péssimas condições pelas quais esse grupo vinha passando nos primeiros dias de moradia nova. O elemento verbal “falou” posiciona Piauí como um narrador das condições a que estão submetidos/as. A inclusão da fala de pessoas em situação de rua, também observada em outras análises, contribui para mostrar que essas pessoas têm espaço no jornal. Que suas ponderações são relevantes para a publicação. Contudo, a construção linguística estabelecida para essas inserções não favorece a reflexão pretendida junto ao/à leitor/a. Mais uma vez, constata-se um fato, mas o avanço para uma reflexão crítica. Mais uma vez, essas pessoas são representadas pela verbalização de suas condições precárias de vida, condições estas que levam ao sentimento de piedade e não de luta em prol de uma mudança social efetiva. O mesmo acontece com a voz, em terceira pessoa, atribuída ao jornal (“Quando o Boca visitou o local...”).
Mostrar más

110 Lee mas

Postal de Paraty : reflexão sobre a ideia de património

Postal de Paraty : reflexão sobre a ideia de património

A cidade [fora centro histórico] cresceu de forma desordenada e “se o Projeto tivesse implantado, havia lugar para fazer uma nova rodoviária, prefeitura, escolas, poderia [r]

147 Lee mas

Descrição e reflexão sobre um percurso profissional

Descrição e reflexão sobre um percurso profissional

Não restam dúvidas que a democratização do ensino artístico especializado tem permitido que se venha desenvolvendo um gosto mais aprofundado pelas artes em geral, e musical em particular. Hoje em dia, as escolas vocacionais desempenham, a meu ver, um papel muito importante pois fornecem uma formação musical especializada a milhares de crianças e jovens do pais, contribuindo não só para lhes incutir o gosto pela música, como também para sensibilizar e envolver os seus familiares nesta rama artística. É certo que uma grande percentagem dos alunos que frequentam estas escolas não pretendem seguir uma carreira na área da música, procurando-as apenas no sentido de obter um complemento para a sua formação geral. Esta realidade, aliada à instabilidade político-económica que afeta regularmente este subsistema de ensino, exige de nós professores uma grande capacidade de adaptação, recetividade, reflexão e adequação às exigências que nos são pedidas.
Mostrar más

122 Lee mas

Show all 6446 documents...