PDF superior A integração de conhecimento em um amblente de desenvolvimento de software

A integração de conhecimento em um amblente de desenvolvimento de software

A integração de conhecimento em um amblente de desenvolvimento de software

um objeto. Assim, o impacto da interface no mundo de objetos é minimizado. Entretanto, deve-se real9ar que a abordagem utilizada apresenta urna limita9ao: enquanto Eiffel man[r]

11 Lee mas

Um modelo para gerenciar a comunicação em um ambiente distribuído de desenvolvimento de software

Um modelo para gerenciar a comunicação em um ambiente distribuído de desenvolvimento de software

De acordo com o que foi apresentado na seção 7 o modelo proposto cobre alguns aspectos não observados em soluções existentes, a saber: a comunicação entre os usuários ocorre de forma clara e direcionada do emissor para o receptor; baseia-se em procedimentos formais que norteiam o andamento das atividades, apresentando o controle de “quem pode/deve fazer o quê e quando”; permite a elaboração de documentos de forma cooperativa, dentre os quais a ata de reunião; permite a exibição de documentos e imagens a todos os participantes da reunião e provê a determinação dos níveis de acesso às informações. Outra característica importante, é o fato de permitir a visualização de artefatos de projetos por todos os participantes do evento, apresentando portanto integração com ADDS. Dentro destas características foram levantados aspectos relacionados a metodologia para reuniões, levando em consideração a atribuição dos papéis e a função de cada membro no processo. Agradecimento
Mostrar más

12 Lee mas

Processo de software: um estudo de caso em xp

Processo de software: um estudo de caso em xp

O XP parece ser adequado para projetos onde o ritmo durante o desenvolvimento é rápido. Quando o processo de desenvolvimento amadurece e menos funcionalidade é solicitada, não existe nenhuma especificação sobre como o XP se comporta em uma manutenção reduzida no desenvolvimento. Este problema pode não parecer óbvio, então pode-se esclarecer que, pouca ou nenhuma documentação significa “o código” e que o conhecimento do projeto deve estar confiado “nas pessoas”. Infelizmente, estes recursos não são sempre confiáveis. É comum alguns desenvolvedores deixarem o projeto (isto é previsto em XP), mas ocasionalmente todos ou a maioria dos desenvolvedores deixam o projeto. Então, como ninguém sabe explicar como o código funciona, a barreira para a entrada de um novo desenvolvedor é grande. Porém, se existir documentação e que esteja corretamente mantida, mesmo que informal, pode ajudar a reduzir este problema. Esse é um problema que o XP evita mencionar.
Mostrar más

12 Lee mas

Um gerenciador de artefatos para ambiente de desenvolvimento distribuído de software

Um gerenciador de artefatos para ambiente de desenvolvimento distribuído de software

Os projetos de desenvolvimento de software têm, progressivamente, aumentado de tamanho e complexidade, sendo cada vez mais comum sua realização por equipes de médio porte (entre dez e vinte desenvolvedores) e grande porte (acima de vinte desenvolvedores). Com as facilidades de comunicação proporcionadas pela Internet, a necessidade de experiência em diversas áreas de conhecimento e a pressão por cronogramas mais restritos, acabam fazendo com que alguns projetos sejam desenvolvidos por diversas equipes trabalhando cooperativamente. Além disso, as dificuldades em reunir os especialistas necessários em um mesmo local físico e a delegação do desenvolvimento de determinados componentes para outras empresas, são exemplos de fatores que podem exigir que as equipes participantes de um projeto estejam geograficamente distribuídas [12]. As organizações têm cada vez mais utilizado o desenvolvimento de software remoto como uma facilidade adicional, levando a o que é conhecido como Desenvolvimento Distribuído de Software (DDS) [7] [9].
Mostrar más

12 Lee mas

Planejamento, projeto e gestão ambiental participativa do espaço universitário

Planejamento, projeto e gestão ambiental participativa do espaço universitário

O zoneamento por desempenho baseia-se na instrumentalização e avaliação de impactos gerados por novos empreendimentos no meio urbano. Incentiva usos mistos e escalas adequadas ao desenvolvimento, desde que haja compatibilidade de efeitos gerados com as características que se deseja para o local. Busca uma melhor qualidade de vida para a população num ambiente saudável e ordenado. As bases conceituais de sua fundação e desenvolvimento desde a década de 1970, pode-se inferir uma certa similaridade com os pressupostos conceituais e metodológicos do Zoneamento Ambiental como instrumento de gestão do planejamento mais recente (Falcoski & Bruna, 2000).
Mostrar más

24 Lee mas

O professor e o seu conhecimento prático profissional em um programa brasileiro de iniciação à docência em Física

O professor e o seu conhecimento prático profissional em um programa brasileiro de iniciação à docência em Física

Se observarmos como é o trabalho docente em outros países desenvolvidos como Suécia, Japão, Coreia do Sul, Singapura, Reino Unido e Austrália, podemos perceber que os sistemas de ensino considerados de forma mais ampla apresentam aspectos comuns. Por exemplo, em mais de 85% das escolas nestes países, o trabalho extraclasse do professor é computado como atividade e, portanto, remunerado adequadamente. Geralmente, de 15 a 20 horas na semana são destinadas a trocas de experiências com os pares, desenvolvimento, preparação e avaliação das atividades a serem desenvolvidas na sala de aula, observações de outras turmas, análises das atividades dos alunos e reuniões com os próprios alunos e pais (Wei, Andree e Hammond, 2009).
Mostrar más

15 Lee mas

DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE PARA DETERMINAR O EQUILÍBRIO SÓLIDO   LÍQUIDO DE ÓLEO PARAFÍNICO

DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE PARA DETERMINAR O EQUILÍBRIO SÓLIDO LÍQUIDO DE ÓLEO PARAFÍNICO

A modelagem termodinâmica e computacional é uma ferramenta indispensável neste cenário, uma vez que, se bem conduzida, é capaz de prever em quais condições a deposição desses compostos irá ocorrer no interior do duto . Este trabalho objetiva a elaboração de um software para o problema de precipitação de ceras geradas pela transição de fase em misturas de óleos parafínicos. Neste momento da pesquisa será considerado o modelo de coeficiente de atividade de UNIFAC e o método numérico de Newton- Raphson Multivariável. A fase sólida é caracterizada pelo modelo multisólido. A previsão de formação de fase sólida é inicialmente determinada por um teste de estabilidade termodinâmica. Posteriormente, o sistema de equações não lineares que caracteriza o equilíbrio termodinâmico e as equações de balanço material é resolvido numericamente. A validação dos resultados é realizada comparando com dados experimentais. No presente trabalho o software é utilizado para o cálculo de duas misturas, apresentando resultados comparados aos experimentais, já oferecendo graficamente o diagrama sólido-líquido.
Mostrar más

6 Lee mas

Gobernanca Digital (2014)

Gobernanca Digital (2014)

A gestão e a coordenação técnica da raiz da Internet, até o fim da década de 1990, foram realizadas por Jon Postel, acadêmico do Instituto de Ciências da natureza. Entre outras coisas, os países variam na natureza do regime político vigente, no nível de desenvolvimento socioeconômico, no tipo de ordenamento jurídico existente e na abordagem que dão à regulação de produtos e serviços de TIC, bem como em suas estratégias de inserção na política internacional. O setor empresarial congrega atores envolvidos com o provimento de infraestrutura de telecomunicações, provedores de acesso à Internet, prove- dores de conteúdo, entidades empresariais tanto provedoras como consumidoras de bens e serviços de informática em geral, entidades que atuam no campo dos direitos de proprieda- de intelectual, da indústria de bens culturais, etc. O terceiro setor engloba uma miríade de organizações que operam em frentes que vão da fiscalização de gastos públicos ao monito- ramento do respeito aos direitos humanos, passando por entidades dedicadas à promoção da inclusão e da cultura digital, dos padrões não proprietários de hardware e software e da flexibilização dos regimes nacionais e internacionais de proteção de propriedade intelectual, para citar apenas alguns aspectos. Organizações e arranjos de cooperação internacionais de alcance global e regional, que operam em todos os temas recém destacados também inte- gram o grupo. Os exemplos mais tradicionais são as entidades integrantes do arcabouço da Organização das Nações Unidas (como, por exemplo, a Assembleia Geral, a UNESCO, o ECO- SOC, o Conselho de Direitos Humanos), a UIT, a Organização Mundial do Comércio, a Orga- nização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), a União Europeia (UE), a Organização Europeia para a Cooperação e o Desenvolvimento (OECD), etc. E, no âmbito acadêmico, pes- quisadores de áreas variadas direta ou indiretamente envolvidos com o estudo da aplicação de TIC por diversos campos da atividade humana (como Ciências da Informação, Informá- tica, Direito, Economia, Ciência Política, Relações Internacionais, Antropologia, Sociologia, diversas Engenharias, Administração) integram o conjunto dos stakeholders identificáveis no campo da governança da Internet. É relevante notar que esse último grupo está refletido no conjunto de acadêmicos envolvidos no GT Governança Digital do CEGOV.
Mostrar más

215 Lee mas

Herramientas de ayuda para la Ingeniería de Requisitos

Herramientas de ayuda para la Ingeniería de Requisitos

Los ingenieros de requisitos no pueden poner una marca al lado de cada requisito para indi- car si se cumple o no, porque la especificación reutiliza requisitos asignados a distintos com[r]

13 Lee mas

FACULTAD DE INGENIERIA CARRERA PROFESIONAL DE INGENIERIA INFORMATICA Y DE SISTEMAS SÍLABO DE INGENIERIA DE SOFTWARE II

FACULTAD DE INGENIERIA CARRERA PROFESIONAL DE INGENIERIA INFORMATICA Y DE SISTEMAS SÍLABO DE INGENIERIA DE SOFTWARE II

La asignatura de Ingeniería de Software II es de naturaleza teórico-práctico, con el propósito de proporcionar a los estudiantes algunas herramientas que les permita desarrollar la habil[r]

5 Lee mas

Um chatterbot para auxiliar no aprendizado em qualidade de software

Um chatterbot para auxiliar no aprendizado em qualidade de software

Desde a antiguidade, os homens tentam reproduzir em pinturas, estátuas e máquinas as características que os tornam seres humanos, como formas, raciocínio, interpretação, fala, entre outras. Pensando nisso, em 1950, o matemático inglês Alan Turing, baseado na teoria de Descartes, na qual sugeria que para se diferenciar máquinas de humanos era necessário obter um diálogo entre ambos, formulou a pergunta “Máquinas podem pensar?”, propondo assim o Teste de Turing, que era chamado de Jogo da Imitação (CHEONG, 1996, p. 250). Esse jogo baseia-se em um juiz, um jogador humano e um jogador máquina. O juiz deve interagir com ambos por meio de um sistema de conversação, onde a máquina tentará enganar o juiz imitando o comportamento de um ser humano. O juiz então deverá descobrir qual dos jogadores é a máquina.
Mostrar más

11 Lee mas

As iniciativas e experiências em agroecologia como estratégia de desenvolvimento local em um assentamento de reforma agrária

As iniciativas e experiências em agroecologia como estratégia de desenvolvimento local em um assentamento de reforma agrária

considerada a manutenção das grandes extensões de faixas territoriais (como no caso do Brasil), para a sustentação desse tipo de cultivo agrícola (monocultura de base agroexportadora). Cabe considerar, que esse modo de produção agrícola propicia e vem acentuando cada vez mais a concentração e a posse de terras no Brasil. Sob esse ponto de vista, segundo Altvater (2007), os conflitos sociais não necessariamente são apenas centrados em torno da estrutura, conflitos e interesses de classes em uma sociedade capitalista, mas também pelas relações sociais entre o homem e a natureza, o meio-ambiente construído, as condições gerais de produção e a provisão de bens públicos. Nesse cenário, em âmbito nacional, estão ocorrendo disputas, conflitos e iniciativas na área socioambiental (1) em diversas localidades, como aldeias indígenas, comunidades ribeirinhas, assentamentos rurais, dentre outros.
Mostrar más

19 Lee mas

Design aplicado ao desenvolvimento de um software para a criação de placas de sinalização e de logradouro

Design aplicado ao desenvolvimento de um software para a criação de placas de sinalização e de logradouro

Currently the development of street signs begins with a request by the community to officers responsible for city projects. After that, the request is sent to layout and production team. All these steps are accompanied by supervision of several professionals with different knowledge. The results seen in some cities that were part of this research show the loss of functionality of this type of urban furniture due to the difficulty of information reading by the user. In order to address this problem, we applied the methodology of design for the analysis of all steps involved in this type of furniture. However, it was observed that the production could be improved with the creation of an application to prepare the street signs. Thus, it could unify knowledge, reduce costs and training and to offer a product suited to the needs of people. Thus, we can unite design and technology for product developer and user, within the area of graphic design or product design, through the development of the software titled GERAPLACA.
Mostrar más

12 Lee mas

OS DISPOSITIVOS COMPLEXOS DE APRENDIZAGEM E A INVENÇÃO DE MUNDOS NA EDUCAÇÃO

OS DISPOSITIVOS COMPLEXOS DE APRENDIZAGEM E A INVENÇÃO DE MUNDOS NA EDUCAÇÃO

Parece fazer sentido que, em um mundo em que a informação disponível é virtualmente infinita e a diversidade (e com ela, a incerteza) cresce exponencialmente, seja cada vez mais evidente que o papel do educador deve assumir um contexto distinto em relação ao que era sua função antes do advento da globalização. Ou seja, é fundamental propor o diálogo sobre o conhecimento não mais como verdade a ser conhecida, mas sim como verdades, derivadas de diferentes visões de mundo, e acima de tudo, dinâmicas, em contínuo movimento.
Mostrar más

6 Lee mas

Desenvolvimento de uma ferramenta para avaliação do desempenho de fornecedores de medicamentos na divisão de farmácia de um hospital universitário brasileiro

Desenvolvimento de uma ferramenta para avaliação do desempenho de fornecedores de medicamentos na divisão de farmácia de um hospital universitário brasileiro

Para que se faça cumprir os requisitos técnicos exigidos pela Anvisa, conforme determina o artigo 30, inciso IV da lei 8.666/93 e Portaria 3716/98, a empresa interessada em participar do processo licitatório deve apresentar os seguin- tes documentos: autorização de funcionamento da empresa (AFE), autorização de funcionamento especial para medica- mentos pertencentes à Portaria 344/98 (AFE especial), li- cença de funcionamento estadual/ municipal (LF). Outros requisitos técnicos poderão ser exigidos desde que previstos em edital, como por exemplo, exigir que a validade esteja de acordo com o consumo médio do item. Além dos docu- mentos acima, para aquisição de produtos sujeitos ao re- gime da Anvisa deve-se exigir, no ato convocatório do Diário Oficial, a cópia da publicação do registro destes produtos observando sua validade 3,4 .
Mostrar más

7 Lee mas

O debate sobre os modelos de capitalismo e a economia social de mercado

O debate sobre os modelos de capitalismo e a economia social de mercado

A economia social de mercado é um sistema baseado na economia livre e que não pode ser concebido sem um sólido marco institu- cional que a regule, além da ênfase na soci- alização dos resultados do crescimento eco- nômico de forma equitativa na sociedade, sob forma de políticas sociais que fomentem a auto- superação das pessoas e das comu- nidades. O marco institucional, nesse siste- ma, baseia-se nas regras de uma economia de mercado, na defesa contra todas as for- mas de concentração do poder econômico, na defesa da livre concorrência e na regula- ção dos mercados para evitar condutas que firam a justiça, além de um sistema de competição leal e regras para o uso de polí- ticas macroeconômicas que abram um es- paço para seu uso prudente em casos de situações excepcionais, como a crise atual. O conjunto da política social é concebido em sua função “subsidiaria”, apoiando a auto- ajuda e partindo do fomento e fortalecimen- to de iniciativas da sociedade civil, com um Estado que intervém nos casos em que es- tas iniciativas no sejam suficientes. Este
Mostrar más

11 Lee mas

PROJETO DE EXTENSÃO EM ANÁLISE ESTATÍSTICA COM O SOFTWARE LIVRE R

PROJETO DE EXTENSÃO EM ANÁLISE ESTATÍSTICA COM O SOFTWARE LIVRE R

Neste sentido, R SURMHWR GH H[WHQVmR ³Software R: capacitação em análise estatística de dados utilizando um software OLYUH´ buscou conciliar o ensino de Estatística Básica com a utilização de tecnologias, no caso a linguagem de programação R e seu console RStudio. O projeto foi aprovado no Edital de Apoio a Programas de Extensão (Nº 522/GR/UFFS/2016) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). Como premissas principais, contou com a integração de colaboradores de diversas áreas na produção e disseminação do curso, bem como oportunizou atender a demanda interna e externa de pessoas interessadas neste curso gratuito, pois atendeu a alunos de graduação, pós-graduação, bolsistas e comunidade em geral. Contando com oferta anual dos módulos Básico e Avançado no laboratório de Informática do Campus Cerro Largo (RS), teve sua primeira oferta em 2016.
Mostrar más

5 Lee mas

Um mecanismo de captura de informações contextuais em um ambiente de desenvolvimento distribuído de software

Um mecanismo de captura de informações contextuais em um ambiente de desenvolvimento distribuído de software

Assim, o mecanismo apresentado no presente artigo faz parte do trabalho apresentado em [12] e tem como foco obter informações contextuais a partir de arquivos de código fonte escritos em Java e armazenados no repositório Mercurial. Para tal, faz se necessário verificar a localização destes códigos, para, posteriormente, realizar uma varredura através destes a fim de conseguir as informações desejadas, além de manipular os métodos/comandos existentes no sistema Mercurial para a manipulação/obtenção dos dados contidos no repositório, tais como versões anteriores, quem executou estas mudanças e datas e horários das modificações.
Mostrar más

10 Lee mas

Plantilla Documento de Plan de Pruebas de Software

Plantilla Documento de Plan de Pruebas de Software

Ésta prueba va a examinar los Procedimientos de conversión de la base de datos de la información del empleado especificados en el Manual de Referencia del Sistema de [r]

14 Lee mas

Ingeniería de Sistemas y Computación ISIS3702 – Arquitectura de Software Hoja de Trabajo

Ingeniería de Sistemas y Computación ISIS3702 – Arquitectura de Software Hoja de Trabajo

This Systems Architect will participate in all phases of technical solution projects. The person in this position is often called upon to create functional and technical specifications, monitor and evaluate system and software performance and security, select and design system hardware and software, create analysis and architectural documents, perform process and risk analysis, and develop plans and schedules for technical solutions.

7 Lee mas

Show all 10000 documents...

Related subjects