PDF superior Atitude dos clientes face à extensão da marca em serviços

Atitude dos clientes face à extensão da marca em serviços

Atitude dos clientes face à extensão da marca em serviços

2.2.1 Origens da teoria da qualidade em serviços Apesar do progresso relativo à forma como, a qualidade percecionada em serviços, deve ser mensurada, a incerteza no objeto de avaliação persiste. Na generalidade dos estudos efetuados na área definem-se duas linhas de pensamento, nomeadamente a Nórdica e Norte- americana . A perspetiva Nórdica define como principais dimensões de qualidade em serviços, a qualidade técnica e qualidade funcional. Nesta corrente foram desenvolvidos diversos modelos de gestão da qualidade em serviços, no entanto o foco será na pesquisa de Christian Grönroos, dada a sua influência e contributo para a evolução do estudo da temática (Brogowicz, Delene, e Lyth, 1990). A segunda perspetiva, Norte-americana , com uma orientação voltada mais para o mercado, aprofundou o estudo da gestão da qualidade, destacando-se a investigação conceituada de Parasuraman, Zeithaml, e Berry (1985), que resultou no modelo de GAPs, focando-se essencialmente na discrepância entre as expetativas e perceções de qualidade dos clientes face à prestação de um serviço (Brady e Cronin Jr, 2001; Brogowicz et al. , 1990).
Mostrar más

103 Lee mas

O impacto dos sentidos na atitude face à marca : o estudo ao grupo Inditex

O impacto dos sentidos na atitude face à marca : o estudo ao grupo Inditex

Esta investigação é constituída por uma amostra não probabilística e por conveniência, pois os inquiridos são selecionados em função da dimensão da população e do tempo que o investigador tem disponível. Na recolha da amostra foi aplicada a técnica de Snowball, segundo Appolinário (2006), que é uma técnica que consiste numa amostragem não probabilística, que se traduz no efeito “bola de neve”, pois a cada inquirido que tenha respondido ao questionário, é sugerido indicar pessoas que pertençam à mesma população. Optámos por determinar o tamanho mínimo da amostra necessária para realizar uma análise estatística apropriada, usando a fração da amostra com suporte na Regra do Polegar (Rules of Thumb). O tamanho da amostra deve ser suficiente para garantir os objetivos e a qualidade da investigação, devendo respeitar algumas regras do polegar para realizar adequadamente o teste estatístico a aplicar (Curado, Teles, & Marôco, 2013).
Mostrar más

147 Lee mas

Atitude das mulheres toxicodependentes face à utilização do preservativo

Atitude das mulheres toxicodependentes face à utilização do preservativo

Medidas punitivas que estigmatizam estas mulheres e as tratam como criminosas não se revelaram benéficas no estabelecimento de um tratamento, afastando-as do sistema de saúde por recearem a prisão ou que lhes fossem retirados os filhos ao nascer. Estas mulheres possuem risco elevado de contrair infecções como sífilis, gonorreia, hepatite B e C, HIV/sida, sendo importante o seu diagnóstico pré-natal atendendo às implicações obstétricas e a sua inserção em programas de vigilância neonatal e planeamento de terapêuticas. Deste modo, verifica-se que para que estas mulheres tenham uma vigilância pré-natal adequada é fundamental não tomar medidas que as afastem dos cuidados de saúde. Infelizmente, muitas destas mulheres são avaliadas tardiamente na gravidez ou apenas na altura do parto, o que implica que os serviços nesta altura, estejam devidamente preparados com uma equipa multidisciplinar que possa avaliar a relação mãe-filho, o suporte social, estado de saúde da criança e determinar estratégias de intervenção (Peralta, 2002).
Mostrar más

148 Lee mas

Avaliação da Percepção dos Consumidores em Relação à Marca das Instituições Bancárias

Avaliação da Percepção dos Consumidores em Relação à Marca das Instituições Bancárias

Conforme análise da tabela percebe-se que houve uma peque- na alteração nos dados dos bancos Itaú e Unibanco, em relação ao fator de ser cliente e dizer o nome de um banco, o que demonstra a constante necessidade de se investir no aumento e fidelização do número de clientes, ou seja, a imagem na mente do consumidor do ambiente físico das instituições bancárias, o atendimento, a aqui- sição dos produtos e serviços será primordial para construir uma relação forte ou fraca entre ambos, e essa associação será claramente demonstrada numa resposta imediata como a feita na pesquisa.
Mostrar más

18 Lee mas

Atitude dos residentes face ao desenvolvimento do turismo em Cabo Verde

Atitude dos residentes face ao desenvolvimento do turismo em Cabo Verde

Em função da forma como é organizada a viagem, existem, basicamente, duas formas de turismo. No turismo individual, o indivíduo ou o grupo de indivíduos no qual se integra fixa o programa e o itinerário da viagem que deseja realizar, escolhe o meio de transporte, reserva os alojamentos que elege e estabelece a data em que pretende partir e regressar, podendo mesmo alterar o programa que inicialmente fixou e proceder ou não a reservas directamente ou através de uma agência de viagens. Neste quadro, pode, alternativamente, fixar o programa e os serviços que pretende, com maior ou menor detalhe, e solicitar a uma agência de viagens que proceda à sua organização. No caso do turismo colectivo, de grupo ou organizado (package tour, na versão anglo-saxónica), um operador ou uma agência de viagens oferece a qualquer indivíduo, contra o pagamento de uma importância que cobre a totalidade do programa oferecido, a participação numa viagem para um determinado destino, segundo um programa previamente fixado para todos os que adquirirem essa viagem. O turismo organizado está na origem da massificação do turismo moderno. A partir da década de 1960, com o aparecimento dos voos fretados (charter flights) e com a intervenção de organizações empresariais de grande dimensão, as viagens organizadas passaram a ganhar importância e hoje representam uma parte significativa do conjunto das viagens internacionais: 40% dos britânicos que se deslocam ao estrangeiro, por exemplo, fazem- no na modalidade de viagens de grupo. Por seu turno, dos turistas estrangeiros que visitam Portugal, 69,6% recorrem aos serviços de agências de viagens, dos quais 51,1% adquirem pacotes constituídos por transporte, alojamento e pequeno-almoço (Cunha, 2001).
Mostrar más

179 Lee mas

A atitude dos professores do 2º, 3º ciclo e secundário face à inclusão de alunos com autismo

A atitude dos professores do 2º, 3º ciclo e secundário face à inclusão de alunos com autismo

A ASQ é um instrumento indicado para uma avaliação a crianças com mais de 4 anos. Numa fase mais posterior pretende-se que a avaliação seja direcionada para a intervenção. Assim existe um outro instrumento de avaliação psicológica, o PEP, que tem por objetivo observar a criança a vários níveis. O PEP está integrado no programa TEACCH e garante a determinação de um perfil desenvolvimental e funcional de cada criança. O PEP-R é um questionário com base num instrumento educacional para o planeamento de programas educacionais especiais individualizados. Avalia tanto os atrasos de desenvolvimento como os comportamentos típicos do autismo, com o propósito de diagnóstico, baseados no CARS, devendo ser aplicado entre os 6 meses e 12 anos de idade. Ele oferece informações relativas a sete áreas de desenvolvimento (imitação, perceção, motricidade fina, motricidade grossa, coordenação óculo-manual, cognição, cognitivo-verbal), envolvendo um total de 131 itens. Também identifica níveis de anormalidades de comportamento típico do autismo, em quatro áreas (relacionamento e afeto, brincadeira e interesse por materiais, respostas sensoriais e linguagem), num total de 43 itens. Os materiais de avaliação incluem diferentes brinquedos e materiais pedagógicos apresentados à criança, como atividades estruturadas para brincar e as técnicas de aplicação incluem instruções verbais, gestuais, demonstrações e ajuda física. A pessoa que está a avaliar observa, avalia e toma notas sobre as diferentes respostas da criança durante o teste. Cada item de desenvolvimento pode ser avaliado como, aprovado, emergente ou reprovado, enquanto os itens de comportamento devem ser avaliados como, adequado, moderado ou grave. No final da aplicação do teste é feita a avaliação de desenvolvimento e comportamento, de acordo com critérios proporcionados pelo instrumento. A (AAPEP) é uma extensão do PEP-R a grupos de adolescentes e a grupos mais velhos com atraso mental de moderado a severo. Foca-se mais em avaliar as capacidades funcionais nas rotinas e no dia-a-dia (casa, escola, entre outros).
Mostrar más

190 Lee mas

Marketing de Serviços e Relacional e a Satisfação dos Clientes /Utentes

Marketing de Serviços e Relacional e a Satisfação dos Clientes /Utentes

O presente trabalho surge na sequência do projeto aplicado, realizado na Embaixada da República de Cabo Verde em França, com a finalidade de obter o grau de Mestre em Marketing e Comunicação. O projeto tem como objetivo a consolidação dos conhecimentos adquiridos durante a etapa de aprendizagem, bem como a aquisição do grau de confiança necessário face ao contacto com a realidade de cada local de trabalho. A Embaixada da República de Cabo Verde em França é a instituição que representa o Estado Cabo-verdiano e presta apoio aos seus nacionais mediante a existência de vários serviços, entre os quais, o Serviço de Cooperação, o Serviço de Consular, o Serviço dos Assuntos Culturais, o Serviço dos Assuntos Administrativos e Financeiros, entre outros com intervenção menos direta junto da comunidade, mas nem por isso menos importantes. Este trabalho está estruturado e dividido em duas partes. Na primeira apresenta-se um enquadramento teórico sobre o marketing de serviços, o marketing relacional e a satisfação dos clientes/ utentes. A segunda parte é dedicada à Embaixada de Cabo-Verde em França, onde se descreve a organização, as atividades, a descrição das diferentes secções ou funções da Embaixada, as atividades desenvolvidas, o projeto em si, onde se analisa e se reflete sobre as atividades desenvolvidas, os dados encontrados, a definição das estratégias de melhoria, a implementação de ferramentas de comunicação e a sua avaliação durante os seis meses em que foi aplicado o projeto.
Mostrar más

66 Lee mas

A atitude dos jovens portugueses  face às marcas de vestuário portuguesas e galegas

A atitude dos jovens portugueses face às marcas de vestuário portuguesas e galegas

Miguel Vieira, por ter vindo a apostar na extensão da marca, já que à roupa e calçado seguiram-se acessórios, jóias e mobiliário, não hesita em colocar os seus produtos em lojas multimarca. No entanto, e no mercado do vestuário, uma das estratégias que desde cedo adoptou foi o desenvolvimento de duas colecções distintas, com posicionamentos diferentes: a linha Miguel Vieira e a Miguel Vieira Jeans. A mesma aposta está agora a ser seguida por José António Tenente. À colecção principal segue- se agora a “TENENTE Jeans” para um público mais alargado, mais jovem e com poder de compra um pouco abaixo do patamar que representa o seu cliente tipo (Melo, 2003, p. 81).
Mostrar más

86 Lee mas

Atitude dos professores titulares de turma face à participação de alunos com multideficiência em sala de aula

Atitude dos professores titulares de turma face à participação de alunos com multideficiência em sala de aula

Na EB1 apoiei alunos na sala de aula. Para um dos alunos com CEI foi elaborado um Projeto de Transição, através do qual eu acompanhei o aluno ao Colégio para onde iria no ano letivo seguinte, articulando com professores e Serviços de Psicologia e Orientação (SPO) com o objetivo de que a mudança de escola pudesse ser o menos perturbadora possível. Infelizmente, um mês após o início das aulas, por dificuldades de adaptação (ou porque precisava de maior tempo de preparação ou porque os recursos afetados pela instituição não foram os suficientes, este aluno foi encaminhado para uma instituição de educação especial da localidade (IPSS). Para outro dos alunos que acompanhei neste período, pedi a intervenção do Centro de Avaliação em Novas tecnologias de Informação e Comunicação (CANTIC) e posteriormente Centro de Recursos e Tecnologias de Informação e Comunicação (CRTIC), para avaliação e consequente atribuição de equipamento informático (ajudas técnicas) uma vez que apresenta limitações motoras nos membros superiores.
Mostrar más

155 Lee mas

Determinantes da atitude e comportamento do consumidor face à publicidade móvel : um estudo empírico

Determinantes da atitude e comportamento do consumidor face à publicidade móvel : um estudo empírico

Sendo a publicidade móvel uma realidade ainda reduzida em Portugal, praticada essencialmente pelas operadoras telefónicas e multinacionais, podemos afirmar que esta prática de comunicação com o consumidor representa uma inovação para o mesmo. Neste contexto, segundo Schierz et al. (2010) no âmbito da aceitação de novas tecnologias o contexto social é um fator bastante relevante, em particular em produtos ou serviços que estejam numa fase inicial de implementação, pois a falta de informação confiável sobre os detalhes do uso do produto ou serviço, faz com que a opinião dos que fazem parte do contexto social do individuo tenha ainda mais relevância. Neste contexto, entende-se como pessoas importantes, as que pertencem aos grupos em que o individuo se movimenta, familiares, amigos, colegas de trabalho, entre outros.
Mostrar más

169 Lee mas

Balanced Scorecard : fatores críticos da perspectiva dos clientes no setor de serviços

Balanced Scorecard : fatores críticos da perspectiva dos clientes no setor de serviços

Um dos modelos mais difundidos de alinhamento estratégico e controle do desempenho operacional é o Balanced Scorecard (BSC). A proposta deste trabalho é discutir os fatores críticos da perspectiva dos clientes na implementação do BSC. A abordagem metodológica utilizada foi a de pesquisa bibliográfica. A pesquisa foi organizada baseada em um estudo de literatura especializada, artigos, dissertações e materiais sobre o tema. Foi abordado o BSC como um todo, passando sucintamente por todas as perspectivas, bem como pelos seus componentes e significados e, também, as perspectivas do setor de serviços. Na sequência um aprofundamento na perspectiva dos clientes, passando enumerar os fatores críticos identificados que mais podem influenciar a implementação do BSC nesta perspectiva, qual o planejamento para evitá-las e quais as orientações caso as mesmas venham a acontecer.
Mostrar más

43 Lee mas

Influência dos estilos musicais na atitude dos clientes: evidências experimentais em uma loja varejista

Influência dos estilos musicais na atitude dos clientes: evidências experimentais em uma loja varejista

Como pôde ser observado nos dados apresentados na seção anterior, não houve diferenças de grandes magnitudes entre as médias dos três estilos musicais utilizados no experimento. O cenário que gerou a atitude mais positiva em relação à loja foi o em que os clientes foram expostos ao estilo musical sertanejo. Foi também observado que, de uma forma geral, a música ambiente gera uma atitude mais positiva do cliente em relação à loja do que a ausência da música, independentemente do estilo musical, o que comprova a hipótese deste trabalho. Esse resultado também pode ser justificado pelo fato de o estilo sertanejo ser uma preferência regional do local de realização do experimento (interior de Minas Gerais). Cabe ressaltar que houve diferenças pequenas entre os estilos musicais comparados. No entanto, essas diferenças ficam maiores quando os dados foram analisados com mais detalhes, nas comparações socioeconômicas.
Mostrar más

26 Lee mas

Comportamentos em hotelaria face à inovação

Comportamentos em hotelaria face à inovação

Segundo o estudo do Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo que traça o perfil dos turistas do Porto e Norte de Portugal até ao 4º trimestre de 2011, os turistas que viajaram por motivos de negócio ou lazer, pernoitaram essencialmente na zona do Grande Porto. Relativamente aos alojamentos onde dormiram os turistas no Grande Porto, registou-se uma tendência similar relativa aos semestres anteriores de 2011, na qual os turistas de negócios permaneceram quase exclusivamente em hotéis (cerca de 80%) e apesar dos turistas que visitam a região por motivos de lazer utilizarem outros tipos de alojamento, verificou-se também a sua preferência pelas unidades hoteleiras (cerca de 30%). Relativamente a esta região em particular, observou-se também uma tendência relativa aos locais de dormida dos turistas, realçando a sua grande concentração na cidade do Porto, seguido dos municípios de Vila Nova de Gaia e Matosinhos. A zona do Grande Porto é uma das sub-regiões que fazem parte constituinte da área metropolitana do Porto (NUTS III), constituída, segundo o Decreto-Lei nº68/2008, pelos concelhos de Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa do Varzim, Santo Tirso, Trofa, Valongo, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia. Para este estudo, e sublinhando a importância vital desta área para a captação de dormidas na zona norte de Portugal, realizaram-se 18 entrevistas a gestores hoteleiros na sub-região supracitada, sendo conduzidas nas premissas dos seus hotéis, entre o mês de Fevereiro e o mês de Março de 2011. Constituiu- se desta forma uma amostragem não probabilística ou dirigida de carácter intencional (Reis e Moreira, 1993). A amostra selecionada teve em conta:
Mostrar más

210 Lee mas

Atitude dos docentes do segundo ciclo face à inclusão escolar de alunos com necessidades educativas especiais

Atitude dos docentes do segundo ciclo face à inclusão escolar de alunos com necessidades educativas especiais

A legislação em vigor no território nacional indica esse caminho, na medida em que defende os princípios balizados pela Declaração de Salamanca cuja orientação nos indica que “as escolas devem reconhecer e satisfazer as necessidades diversas dos alunos, adaptando-se aos vários estilos e ritmos de aprendizagem, de modo a garantir um bom nível de educação para todos através de currículos adaptados (…) e estratégias pedagógicas diferenciadas”. No entanto, nem sempre é fácil, pôr em prática a legislação, pois as mudanças normativas nem sempre foram acompanhadas pela escola e pelos docentes. Estes, revelam ter dificuldades em dar resposta aos alunos com necessidades educativas especiais. Estas dificuldades prendem- se, essencialmente, com o facto de os docentes não terem formação específica para trabalhar com a diversidade de alunos na sala de aula.
Mostrar más

92 Lee mas

Ensaio sobre a inter-associação estabelecida entre o sistema de crenças e convicções do treinador, os comportamentos em competição e a atitude dos jovens face à prática desportiva

Ensaio sobre a inter-associação estabelecida entre o sistema de crenças e convicções do treinador, os comportamentos em competição e a atitude dos jovens face à prática desportiva

R: Depende da forma como comunicarmos. Uma substituição acaba por ser uma punição, sem dúvida. Eu acho que uma substituição pode surgir num momento após várias comunicações anteriores sobre o mesmo problema, isto é, se o erro for cometido, se o treinador tentar corrigir uma, duas, três, quatro vezes, eu acho que a substituição poderá ser uma forma de punição, mas também de tentar algo melhor. Claro que um aluno sairá frustrado mas, por exemplo, tenho um aluno meu que estou constantemente a tentar corrigir aspectos ligados a intensidade de jogo, quero que ele corra mais, que de um pouco mais de si…. Claro que a nível táctico não tem tão grande conhecimento do jogo, mas a nível individual e ao nível de intensidade tenho a perfeita noção de que poderia dar muito mais e são coisas com que todos os treinos me preocupo, no entanto, não corrijo nem no treino, nem nos jogos e ter que substitui-lo. Agora, se eu substitui-lo e não lhe disser nada, não lhe comunicar nada, vai cair em saco roto. Vamos ter de lhe dizer o que ele não gosta de ouvir, agora, temos de saber como dize-lo, temos de conhecer o atleta. Será que vamos dize-lo em frente do grupo? Será que lhe comunicamos a sós com ele? Isto depende de atleta para atleta, temos de conhecer bem os alunos que temos. Agora, temos outros casos. Por exemplo, se um miúdo falhar um penálti acho que não deve ser punido. Nesse caso particular, não deve ser punido porque o erro é humano.
Mostrar más

64 Lee mas

Uma análise da atitude dos jovens face à comunicação publicitária: um estudo realizado na àrea Metropolitana do Porto

Uma análise da atitude dos jovens face à comunicação publicitária: um estudo realizado na àrea Metropolitana do Porto

seria a soma dos enunciados (numerados de 1 a 11) com os quais o respondente estava de acordo (Helfer e Orsoni, 1996). Escala de Likert. A escala de Likert (1932) permitiu aos investigadores prescindir da tarefa de avaliação dos juízos, passando a centrarem-se nos sujeitos respondentes. O modelo de Likert abandonou os pressupostos psicofísicos e baseou-se apenas no modelo psicométrico. Seria a própria resposta do indivíduo que a localiza directamente em termos de atitude e não existe nenhum escalonamento a priori dos estímulos. A principal diferença desta escala devia-se ao facto de a selecção de frases que compunham a escala ser feita pelo investigador, procurando frases que manifestassem de uma forma clara apenas dois tipos de atitudes (favorável e desfavorável) em relação a um determinado objecto. Desta forma foram eliminadas as posições neutras ou intermédias. É considerada uma escala mais económica de construir e mais rápida de aplicar, que se tornou popular na avaliação de atitudes, ainda que não possa garantir à partida a medição numa escala intervalar (Vala e Monteiro, 2002).
Mostrar más

71 Lee mas

Exploração da gestão de marca em pequenas empresas de serviços no México

Exploração da gestão de marca em pequenas empresas de serviços no México

Por otro lado, este estudio empírico también tiene varias limitaciones que es necesario acotar; la primera de ellas relacionada con la definición de la muestra que se utilizó; solo se consideraron aquellas pymes de servicios que tenían registrados de 5 a 250 trabajadores al momento del levantamiento de la encuesta, por tanto, en estudios futuros será pertinente considerar también las empresas de servicios que tienen una cantidad menor a cinco trabajadores, para corroborar si los resultados obtenidos son similares. La segunda limitación es que la encuesta, para la recolección de la información, se aplicó exclusivamente a los gerentes o propietarios de las pymes de servicios del estado de Aguascalientes (México); en estudios futuros será necesario que se aplique esta misma encuesta a otras pymes de servicios de todo el país, e incluso de otros países latinoamericanos para corroborar los resultados obtenidos. La tercera es la escala utilizada para medir la gestión de marca de los servicios, ya que se consideró pertinente la utilización de una escala con 4 factores y 19 ítems; en estudios posteriores sería pertinente la utilización de una escala distinta para la medición de la gestión de marca de los servicios para comprobar si los resultados obtenidos son similares o no a los obtenidos en este estudio. La cuarta limitación es que solamente se consideró una escala con ítems cualitativos para medir la gestión de marca de los servicios de las pymes; en estudios futuros sería pertinente la utilización de los resultados antes y después de la mejora en la gestión de marca de las pymes, de tal manera que permitan corroborar los resultados obtenidos en este estudio.
Mostrar más

12 Lee mas

A atitude dos professores do 1º ciclo face ao computador portátil Magalhães

A atitude dos professores do 1º ciclo face ao computador portátil Magalhães

40 Com a realização do questionário pretende-se conhecer dados de natureza factual, mas também ―estudar a opinião dos sujeitos, as suas percepções e as suas atitudes‖ (Fortin, 2000:254). Para tal o questionário é composto por escalas que permitem enquadrar as variáveis a estudar, e permitem situar os inquiridos ―num ponto preciso de um contínuum ou numa série ordenada de categorias‖(Fortin, 2000:254). Com as escalas é-nos indicado o grau em que os sujeitos da amostra se situam em relação ao fenómeno que estamos a estudar. A escala é composta por itens que vão medir os conceitos ou características dos inquiridos. A finalidade deste tipo de escalas, de acordo com Fortin (2000), é ―transformar as características qualitativas em variáveis quantitativas, de modo que possam ser utilizadas análises estatísticas para as avaliar‖ (p:254). Assim, relativamente a este estudo as escalas escolhidas permitem-nos enquadrar o grau em que os sujeitos da amostra se caracterizam em relação aos conceitos e questões a estudar. Fortin (2000) refere ainda que servem para diferenciar, nos inquiridos, os que apresentam atitudes, motivações e percepções diferentes.
Mostrar más

139 Lee mas

A produção de sentido da experiência de marca com base em estratégias organizacionais da lógica dominante de serviços: experiências da marca Heineken

A produção de sentido da experiência de marca com base em estratégias organizacionais da lógica dominante de serviços: experiências da marca Heineken

A estratégia pode ser percebida como uma aliada das empresas, uma vez que possui um poder de auxiliar em demandas. Quando planejada e bem executada, uma estratégia servirá tanto de estímulo para uma continuidade de planejamento e também como norteador caso a empresa enfrente necessidades ou crises. De acordo com Ansoff e McDonnell (1993, p.75) “A estratégia é uma ferramenta que oferece importante ajuda para lidar com a turbulência enfrentada pelas empresas”. De encontro a isso, a estratégia deve ser projetada pela gestão das empresas, uma vez que conhecer seus públicos, seus serviços e produtos e todas as suas realidades é fundamental para um destaque entre as demais marcas. Corroborando a isso Ansoff e McDonnell (1993, p.75) afirma, ainda que a estratégia “portanto, merece atenção como uma ferramenta de gestão, não apenas para a empresa como também para uma ampla gama de organizações sociais”.
Mostrar más

28 Lee mas

Percepção e atitude dos residentes face aos casinos: o caso do Casino de Espinho

Percepção e atitude dos residentes face aos casinos: o caso do Casino de Espinho

compilou informações que permitiram observar a importância do fenómeno do casinismo, a nível internacional e nacional. O capítulo três realizou-se com o objectivo de clarificar a importância da opinião dos residentes para o desenvolvimento de qualquer produto turístico, nomeadamente o casino. Verifica-se que a opinião dos stakeholders desta e qualquer actividade turística deve ser tida em consideração, pois são estas entidades que irão fomentar o crescimento ou potenciar o decréscimo da indústria. Dentro dos stakeholders, a opinião dos residentes revela-se de importância fulcral, na medida em que estas pessoas que estão em contacto permanente com os visitantes e são, em último recurso, os mais afectados com a disponibilidade da região para o sector do turismo e para a existência de um casino. Foram analisadas as tipologias dos impactes dos casinos, delimitando-se os principais benefícios e custos económicos, socioculturais e ambientais da existência desta estrutura numa região. No caso do casinismo, verifica-se a identificação de impactes positivos e negativos em termos económicos e sócio-culturais, sendo que a literacia consultada apenas contempla a vertente de custos no que se refere aos impactes ambientais. As reflexões e fundamentações teóricas apresentadas neste capítulo demonstram que a análise destas influências é cada vez mais relevante para verificar as reais implicações da existência de um casino nas regiões onde se encontram.
Mostrar más

159 Lee mas

Show all 10000 documents...

Related subjects