PDF superior Cultivo da tilápia do Nilo Oreochromis niloticus em sistema de bioflocos com diferentes densidades de estocagem

Cultivo da tilápia do Nilo Oreochromis niloticus em sistema de bioflocos com diferentes densidades de estocagem

Cultivo da tilápia do Nilo Oreochromis niloticus em sistema de bioflocos com diferentes densidades de estocagem

This work aimed to evaluate the water quality and the growth performance of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) cultured in bioflocs system with different stocking densities. The experiment was conducted at the Aquaculture Station of the Federal Rural University of Pernambuco, Brazil, during 128 days. Fish 123.0 ± 0.6 g were stocked in twelve 800 L circular tanks in a completely randomized design with three treatments (D15, D30 and D45, related to densities of 15, 30 and 45 fish.m -3 ) and four replicates. Among water quality variables, dissolved oxygen had a significant effect (P≤0.05) between the densities, with the lowest concentration (3.97 mg O 2 .L -1 ) for the highest tested density (45 fish.m -3 ). The total ammonia present statistical difference between the D15 and the others; and also, the nitrite, between density 15 and 45 fish.m -3 , but both at a directly proportional relationship with the increasing of stocking density, showing higher average concentrations of 2.56 and 3.26 mg.L -1 (NH 3 +NH 4 and NO 2, respectively), in 45 density fish.m -3 . The growth performance in the 45 fish.m -3 density showed the best results, with yield of 16.6 kg.m -3 , with significant difference between treatments (P≤0.05). Survival was higher than 90% at the three tested densities. Bioflocs technology can be employed in intensive culture of Nile tilapia O. niloticus in the growout phase, using stocking densities up to 45 fish.m -3 .
Mostrar más

10 Lee mas

Efeito da adição de Chlorella vulgaris e melaço na qualidade da água e crescimento de alevinos de tilápia do nilo (Oreochromis niloticus) em sistema de bioflocos com baixa salinidade

Efeito da adição de Chlorella vulgaris e melaço na qualidade da água e crescimento de alevinos de tilápia do nilo (Oreochromis niloticus) em sistema de bioflocos com baixa salinidade

Entre os sistemas de produção aquicola, o sistema intensivo com bioflocos vêm se destacando. Considerando o grande potencial deste sistema para o cultivo de tilápia, objetivou-se avaliar o efeito da adição de microalga (Chlorella vulgaris) e da quantidade de melaço na qualidade de água, desempenho zootécnico, composição centesimal e perfil hematológico de alevinos de tilápia do nilo cultivados em baixa salinidade (10 g L -1 ). Foram utilizados alevinos de Oreochromis niloticus com peso médio de 3,15 ± 0,5g, distribuídos em 12 caixas retangulares com volume útil de 50 litros (0,05 m 3 ) na densidade de 680 peixes m -3 , em um delineamento fatorial (adição de microalga e quantidade de melaço), perfazendo quatro tratamentos, sendo eles: dois com melaço na quantidade de 30% da ração ofertada, BFT-30 (sem C. vulgaris) e BFT- C30 (com C. vulgaris), e dois com melaço na quantidade de 50% da ração ofertada, BFT-50 (sem C. vulgaris) e BFT-C50 (com C. vulgaris), com três repetições cada. O estudo teve duração de 70 dias, nesse período o melaço foi adicionado diariamente e a microalga foi inoculada a cada cinco dias para deixar as unidades experimentais na concentração de 5x10 4 células mL -1 . Ao final, o peso final, comprimento final, taxa de crescimento específico, sobrevivência, fator de conversão alimentar, taxa de eficiência proteica, consumo de água, uso de sedimentador e perfil hematológico apresentaram diferenças significativas (p≤0,05) quando avaliado o efeito da quantidade de adição de melaço, assim como a combinação dos fatores. O efeito do nível da adição de melaço foi significativo para a maioria das variáveis, enquanto que a adição da microalga foi significativa apenas para consumo de água, comunidade plânctonica e volume corpuscular médio. Os tratamentos com menor adição de melaço (30%) apresentaram melhores resultados, devido ao fato de que nos tratamento com maior adição de melaço (BFT-50 e BFT-C50) encontrou-se maiores valores de sólidos sedimentáveis (>50 mL L -1 ), que provavelmente afetou negativamente o desempenho zootécnico dos animais. Portanto, a utilização de sistemas de cultivo com bioflocos é uma boa opção para produção de alevinos tilápia, contudo, sugere-se uma baixa taxa de adição de melaço no sistema de cultivo.
Mostrar más

62 Lee mas

Cultivo de Sarcoconia ambigua em aquaponia com Litopenaeus vannmei em bioflocos com diferentes áreas de bancada hidropônica

Cultivo de Sarcoconia ambigua em aquaponia com Litopenaeus vannmei em bioflocos com diferentes áreas de bancada hidropônica

Rakocy (2006) recomenda o uso de 60-100 g de ração para cada m² de área plantada, no cultivo aquapônico floating entre a tilápia e alface. Esses valores podem variar de acordo com as espécies utilizadas e o tipo de modelo de sistema empregado. Em outro cultivo de tilápia (Oreochromis niloticus) e alface (Lactuca Sativa), foi observavado 56 g.m - ² de ração são suficientes para o desenvolvimento adequado dos peixes e do alface (Al-Hafedh et al., 2008). Já para nono cultivo de catfish (Clarias gariepinus) em conjunto com o espinafre d’agua (Ipomea aquática) a melhor taxa é de 15-42g de ração.m - ² planta (Endut et al., 2010). Portanto deve se buscar à fundo o melhor balanço de nutrientes para determinados tipos de cultivos.
Mostrar más

47 Lee mas

FATOR  CONDIÇÃO CORPORAL DE PACU SUBMETIDOS A DIFERENTES DENSIDADES NO SISTEMA  BIOFLOCOS

FATOR CONDIÇÃO CORPORAL DE PACU SUBMETIDOS A DIFERENTES DENSIDADES NO SISTEMA BIOFLOCOS

O Pacu Piaractus mesopotamicus é encontrado nas Bacias dos rios Paraná, Paraguai e Uruguai. É um dos peixes mais estudados no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. É uma espécie de hábito alimentar onívoro e possui uma dentição especializada para triturar e fragmentar alimentos duros e aceita muito bem dieta artificial. Os bioflocos são partículas orgânicas em suspensão na água ou aderidas às paredes dos tanques de produção, estas partículas englobam material orgânico particulado, o sistema de cultivo em bioflocos destaca-se por ser muito vantajoso por ter um gasto mínimo de água, por usar rações com menor concentração de proteína e em menor quantidade, custos menores em equipamentos para manutenção da qualidade da água, sendo considerado um sistema ambientalmente sustentável. O objetivo do trabalho foi avaliar o fator de condição corporal de Pacu submetidos a diferentes densidades no sistema de bioflocos. O experimento foi realizado no Laboratório de Piscicultura e Aquicultura - LAPA, da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA),com duração de 23 dias. As unidades experimentais foram organizadas em duas fileiras com cinco unidades experimentais, sendo que cada unidade experimental tinha capacidade de 500 litros, no entanto, foram abastecidas com 340 litros e aeração constante. O experimento contou com 180 animais com peso médio de 211±6,24g, oriundos da Piscicultura Itapuã localizada no município de Dom Pedrito (RS) foram alimentados 2 vezes ao dia as 9 e as 16 horas com uma ração comercial que continha 40% de proteína bruta na proporção de 5% da biomassa total inicial, após 10 dias foi reajustada para 2,5% até o final do experimento, para a formação dos bioflocos foi utilizado um inóculo e microalgas oriundos do Laboratório de Camarão Marinho, da Universidade Federal do Rio Grande - Furg. O parâmetro analisado no trabalho foi: O Fator de Condição Corporal (FCC)=(peso médio total x 100/comprimento total3). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, utilizando três tratamentos e três repetições. As médias foram submetidas à análise de variância e teste "F", a um nível de significância de 5%. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey. Os resultados mostraram que o fator de condição corporal (FCC) não apresentou diferença significativa (P>0,05) para todos os tratamentos testados 29 peixes/m³ (1,76±0,48); 58 peixes/m³ (1,87±0,46); 88 peixes/m³ (1,84 ± 0,41). Portanto conclui-se que o desenvolvimento corporal não foi influenciado pela taxa de estocagem.
Mostrar más

6 Lee mas

Níveis nutricionais de lisina e metionina+cistina digestíveis para juvenis de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus)

Níveis nutricionais de lisina e metionina+cistina digestíveis para juvenis de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus)

individual e temperatura controlada em sistema de recirculação com renovação mínima da água de 25% ao dia. Os tratamentos constaram de sete rações (26,80% de proteína digestível e 3090 kcal/kg de energia digestível) contendo diferentes teores de metionina+cistina digestível (0,68; 0,80; 0,92; 1,04; 1,16; 1,28 e 1,40%). Foram avaliadas variáveis de desempenho (ganho de peso, taxa de crescimento específico, taxa de sobrevivência, consumo de ração, consumo de lisina digestível, conversão alimentar aparente, eficiência proteica para ganho, eficiência de lisina para ganho e eficiência de retenção de nitrogênio) e de composição corporal (teores de umidade, gordura, proteína, matéria mineral corporal e as taxas de deposição diária de proteína e gordura corporais). A elevação do teor de metionina+cistina digestível na ração não influenciou (P>0,05) o consumo de ração, a taxa de sobrevivência e os teores de proteína e matéria mineral corporal, mas melhorou de forma quadrática (P<0,05) os demais parâmetros avaliados, com exceção do consumo de metionina e do teor de umidade corporal que aumentaram de forma linear (P<0,05) e, do teor de gordura corporal que reduziu de forma linear (P<0,05). Recomenda-se que rações para juvenis de tilápia-do-nilo devam conter 0,96% de metionina+cistina digestível para máximo ganho de peso.
Mostrar más

76 Lee mas

Avaliação da biomassa do microcrustáceo Daphnia similis (Crustacea, Cladocera) cultivado com a inoculação da microalga Chlorella vulgaris (Beyrinck, 1890) em água do cultivo de tilápia do nilo em sistema de bioflocos

Avaliação da biomassa do microcrustáceo Daphnia similis (Crustacea, Cladocera) cultivado com a inoculação da microalga Chlorella vulgaris (Beyrinck, 1890) em água do cultivo de tilápia do nilo em sistema de bioflocos

DBC- cultivo de D. similis em água de bioflocos de cultivo de tilápia do Nilo com inoculação da microalga C. vulgaris foram dispostos inteiramente ao acaso com cinco réplicas cada em tanques de 20L (42 x 17 x 29 cm) com 12 L de volume e com densidade de estocagem de 9 org.L -1 . A água do cultivo da tilápia do Nilo em sistema de bioflocos com relação carboidrato:nitrogênio de 12:1, 45 dias de cultivo, densidade de 40 ind.m -3 e peso médio de 30,57 ± 10,04 g, foi coletada e distribuída nas unidades experimentais. Foram avaliadas as variáveis de qualidade de água e de crescimento do microcrustáceo. As variáveis pH, temperatura e sólidos dissolvidos totais (SDT) demonstraram, através da correlação de Spearman, correlação positiva significativa (p<0,05) com as flutuações nas densidades de D.
Mostrar más

68 Lee mas

Influência de diferentes densidades de estocagem no desempenho produtivo de tilápia do Nilo Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) cultivada com tecnologia de bioflocos

Influência de diferentes densidades de estocagem no desempenho produtivo de tilápia do Nilo Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) cultivada com tecnologia de bioflocos

Segundo Crab et al. (2009), essa tecnologia parece ser uma solução prática para cultivos superintensivos de tilápias com troca limitada de água. Os sistemas de cultivo superintensivos (BFT) apresentam muitas vantagens sobre os sistemas tradicionais, dentre essas, a mínima utilização de água, menor impacto ambiental, menor área de cultivo e maior produtividade, maior disponibilidade de alimento natural, aumento da biossegurança (com mínimo risco de introdução e disseminação de doenças), reduzido custo com alimentação e da quantidade de proteína nas rações, possibilidade do uso de dietas com baixos níveis de proteína, reciclagem dos nutrientes e desenvolvimento significativo da produção (Ray et al., 2009; Avnimelech, 2012), além da melhoria da conversão alimentar e controle dos níveis de compostos nitrogenados inorgânicos através da proteína microbiana produzida (BROWDY et al., 2001; WASIELESKY et al., 2006b; AZIM et al., 2008; AVNIMELECH, 2009).
Mostrar más

78 Lee mas

Diferentes fontes de carbono no cultivo intensivo da tilápia do nilo Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) em sistema de bioflocos

Diferentes fontes de carbono no cultivo intensivo da tilápia do nilo Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) em sistema de bioflocos

A tecnologia de bioflocos tem apresentado avanços na aquicultura tradicional, principalmente, em camarões e tilápias. As principais vantagens são pouca utilização de água, reciclagem dos compostos nitrogenados e produção de alimento suplementar rico em proteína. Diversas fontes de carbono são empregadas no cultivo em bioflocos, açúcares, amidos, álcoois e fibras, assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos das fontes de carbono orgânico na qualidade da água, desempenho de crescimento e aceitação de filés da tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) cultivada em sistema de bioflocos. Foram adotados três tratamentos envolvendo as fontes de carbono açúcar (AÇU), melaço líquido (MEL) e melaço em pó (MEP), com cinco repetições cada e um tratamento controle (CTL) sem bioflocos, com quatro repetições. Os peixes (72,6 g) foram estocados em 19 tanques circulares (800L) numa densidade de 35 peixes/m 3 e cultivados por 145 dias. Foram avaliadas as variáveis de qualidade da água, desempenho de crescimento e aceitabilidade dos filés de tilápia. A concentração de oxigênio dissolvido foi significativamente maior (P≤0,05) nos tanques sem bioflocos (CTL) devido à ausência de biomassa bacteriana. O nitrogênio da amônia total (NAT) apresentou diferença estatística (P≤0,05) entre o tratamento AÇU e os demais com bioflocos, exibindo a menor concentração de 2,53 mg NAT/L. Já o nitrito, não apresentou diferença estatística (P>0,05) entre os tratamentos com valores médios variando de 0,74 a 2,3 mg de N-NO 2 /L. O peso final variou de 339 a 409 g, com fator de conversão alimentar entre
Mostrar más

58 Lee mas

Viabilidade econômica e sanitária do cultivo da alface em sistema hidropônico com diferentes tipos de água.

Viabilidade econômica e sanitária do cultivo da alface em sistema hidropônico com diferentes tipos de água.

Mediante as diversas modificações ambientais que ocorreram no cenário agrícola nos últimos anos, surgiram também as alterações na estrutura familiar de quem vive no meio rural. As relações e o tipo de trabalho têm interferido na composição familiar de áreas rurais, em que as condições precárias de trabalho e insumos, além da baixa lucratividade, nem sempre são atrativas a determinadas classes etárias, fazendo com que problemas socioeconômicos como êxodo do campo se torne cada vez mais frequente. Apesar do apoio, mesmo que ainda pequeno, ao desenvolvimento da agricultura familiar registrado nos últimos anos, ainda ocorre uma marginalização a respeito das camadas sociais que trabalham no campo, fazendo com que principalmente os jovens não acreditem nas perspectivas de desenvolvimento atribuídas por esse tipo de atividade econômica.
Mostrar más

83 Lee mas

Avaliação da suplementação de dois probióticos no desempenho zootécnico, digestibilidade de nutrientes e resistência à infecção por patógeno em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus)

Avaliação da suplementação de dois probióticos no desempenho zootécnico, digestibilidade de nutrientes e resistência à infecção por patógeno em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus)

Com a intensificação dos modelos de sistemas de cultivo, os peixes ficam mais sujeitos às respostas do estresse causado pela restrição de espaço, piora da qualidade de água, aumento no manejo e outros fatores que podem debilitar o seu sistema imune. Com isso, a infecção por microorganismos patógenos oportunistas é facilitada, levando ao aparecimento de enfermidades que podem prejudicar o crescimento ou até causar mortalidade. Para evitar perdas, tanto em mortalidade quanto em desempenho, antibióticos ou outros quimioterápicos são utilizados, com o intuito de inibir ou reduzir a proliferação de patógenos, diminuindo o risco de infecção (Correa, Gomes, Corrêa, Salles & Curvello 2002; Nayak, Swain & Mukherjee 2007). No entanto, nem sempre há fiscalização adequada para o uso dessas substâncias na aquicultura, o que resulta no mau uso dos produtos, sem que haja prescrição de dosagem, respeito aos períodos de tratamento e períodos de carência ( Hisano, Ishikawa , Ferreira, Bulgarelli, Costa & Pádua 2006). Com isso, vários estudos são desenvolvidos para oferecer alternativas ao uso de antibióticos e quimioterápicos, visto que seu uso já é proibido em vários países (Best 1999). Dentre as alternativas, surge a utilização de probióticos, os quais objetivam estabilizar e manter uma determinada população bacteriana em condições normais (Owings, Reynoldas, Hasiak & Ferket 1990; Jones 1991), favorecendo seu desempenho zootécnico e imunocompetência frente aos desafios presentes no ambiente de cultivo.
Mostrar más

47 Lee mas

Glicerol bruto em dietas para tilápia-do-nilo na fase de terminação

Glicerol bruto em dietas para tilápia-do-nilo na fase de terminação

glicerol bruto, em substituição ao milho na dieta, para manter a energia digestível constante. Foram avaliados o desempenho produtivo dos peixes e a composição química dos filés. Também foram realizadas análises histológicas do hepatopâncreas, do intestino e da gordura visceral. O glicerol bruto não teve efeito sobre os parâmetros de desempenho; no entanto, causou redução quadrática da gordura visceral. Houve aumento da umidade e redução do extrato etéreo dos filés. Verificou-se efeito linear dos níveis de glicose no sangue dos peixes alimentados com a dieta sem glicerol, com pico aos 90 min. Não houve diferenças quanto às medidas referentes à altura das vilosidades intestinais e à área dos hepatócitos. O glicerol bruto pode ser utilizado em substituição ao milho, em dietas para tilápias-do-nilo na fase de engorda, pois não afeta negativamente o metabolismo, o desempenho produtivo ou a sobrevivência dos peixes.
Mostrar más

10 Lee mas

Efecto de cuatro densidades de cultivo de oreochromis niloticus (tilapia) en fase de crecimiento, sobre los parámetros bioeconómicos

Efecto de cuatro densidades de cultivo de oreochromis niloticus (tilapia) en fase de crecimiento, sobre los parámetros bioeconómicos

Estas variaciones podrían ser explicados por las características fisiológicas y genéticas que las tilapias del nilo presentan, como la poca exigencia respiratoria (0.5 a 5 mg/l de concentración de oxigeno), adaptación al calor (18 a 42 °C), y a las altas densidades tal como lo indica HUET (1998), a esto añade TORRES et al. (2011), que la tilapia tiene tolerancia a una baja calidad de agua y buen aprovechamiento de la productividad primaria de los estanques (TOLEDO, 2005).

57 Lee mas

Óleo e torta de dendê em rações para juvenis de tilápia‑do‑nilo

Óleo e torta de dendê em rações para juvenis de tilápia‑do‑nilo

ARAÚJO, D. de M.; PEZZATO, A.C.; BARROS, M.M.; PEZZATO, L.E.; NAKAGOME, F.K. Hematologia de tilápias‑donilo alimentadas com dietas com óleos vegetais e estimuladas pelo frio. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.46, p.294‑302, 2011. DOI: 10.1590/S0100‑204X2011000300010. BAHURMIZ, O.M.; NG, W.K. Effects of dietary palm oil source on growth, tissue fatty acid composition and nutrient digestibility of red hybrid tilapia, Oreochromis sp., raised from stocking to marketable size. Aquaculture, v.262, p.382‑392, 2007. DOI: 10.1016/j.aquaculture.2006.11.023.
Mostrar más

7 Lee mas

Análise econômica da inclusão de imunoestimulantes na alimentação de Tilápias do Nilo (Oreochromis Niloticus) durante o período vacinal

Análise econômica da inclusão de imunoestimulantes na alimentação de Tilápias do Nilo (Oreochromis Niloticus) durante o período vacinal

A tilapicultura é hoje a atividade mais importante da aquicultura do país e a intensificação da produção de tilápias tem levado a uma maior incidência de enfermidades. Na tentativa de reduzir os impactos dos problemas sanitários os piscicultores utilizam de forma indiscriminada agentes antimicrobianos. O uso inadequado desses fármacos tem aumentado a incidência de bactérias resistentes aos antibióticos na aquicultura. Diante disso, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficácia de imunoestimulantes na alimentação de peixes cultivados como substituição à utilização dos antibióticos de forma profilática no período vaicinal. O experimento foi conduzido em uma fazenda comercial de recria de tilápias em tanques rede e os peixes foram divididos em 4 tratamentos: apenas ração (controle), ração com aditivo 1, ração com aditivo 2 e ração com antibiótico. O experimento foi conduzido por um período de 14 dias. Nos tratamentos com aditivos foi fornecida a ração medicada 7 dias antes e 7 dias após a vacinação dos juvenis e o grupo com antibiótico recebeu ração medicada 5 dias antes e 5 dias após a vacinação. Foram avaliados os desempenhos produtivo e econômico de cada tratamento. O grupo com aditivo 1 demonstrou superioridade para taxa de crescimento específico e melhor fator de conversão alimentar (FCA) em relação aos demais tratamentos. O tratamento com antibiótico teve pior FCA, apresentando menor margem de lucro e menor índice custo/benefício, também em função do maior custo de aquisição do antimicrobiano. A margem de lucro e o índice custo-benefício foi similar entre tratamento controle e tratamentos com aditivos. A utilização dos aditivos 1 e 2 foi eficiente na substituição do antimicrobiano no período pré e pós vacinal de tilápias nas condições do presente experimento.
Mostrar más

25 Lee mas

Producción de Oreochromis niloticus var  Chitralada “Tilapia gris” y Lactuca sativa “Lechuga” en un Sistema Acuapónico con diferentes densidades de peces

Producción de Oreochromis niloticus var Chitralada “Tilapia gris” y Lactuca sativa “Lechuga” en un Sistema Acuapónico con diferentes densidades de peces

Entre las especies de peces más utilizada en la acuaponía, está la tilapia (Oreochromis spp.) debido a que tiene un ciclo corto desde su nacimiento hasta su aprovechamiento (6 a 9 meses), tolera fluctuaciones drásticas en la calidad del agua como: pH, temperatura, sólidos disueltos y es resistente a niveles bajos de oxígeno (Iturbide, 2008) (Falcón, 2010). Además, es una especie que se adapta a altas densidades de cultivo permitiendo que los espacios sean usados eficientemente, obteniendo un mayor volumen de producción y disminuyendo costos (Saavedra, 2006).
Mostrar más

72 Lee mas

Efecto de cuatro densidades de cultivo de  Oreochromis niloticus (tilapia) en fase de crecimiento,  sobre los parámetros bioeconómicos

Efecto de cuatro densidades de cultivo de Oreochromis niloticus (tilapia) en fase de crecimiento, sobre los parámetros bioeconómicos

The research work took place in the “El Encanto de SAIPAI” fish farm, located in the Leoncio Prado province, Huánuco region, Peru. The objective was to determine the effect of four densities of fish stocking on the bioeconomic parameters of Oreochromis niloticus (Tilapia). To do so, 960, sixty day old, Oreochromis niloticus (Tilapia), in the growth phase, with a live weight of 61.04 ± 0.89 g, were used and distributed, with a completely randomized design, into four treatments with four repetitions. Each experimental unit had 30, 50, 70 and 90 fish/m3; generating the treatments T1, T2, T3 and T4, respectively. The results show that the fish raised at a density of 30 fish/m3 showed better growth weight in weight, apparent food conversion, growth rate in length and survival with 1.68 g/day, 1.33, 0.11 cm/day and 100%, respectively. Meanwhile, fish cultivated at densities of 70 and 90 fish/m3 showed better biomass with 5.12 and 5.41 kg/m3, respectively; however, the fish cultivated at a density of 50 fish/m3 showed greater utility at 84.47%. In conclusion, the stocking density influenced the biologic response of Oreochromis niloticus (Tilapia); lesser densities showed greater responses to the biometric parameters, however, higher densities showed greater economic yield.
Mostrar más

56 Lee mas

Lesões anatomopatológicas associadas à ocorrência de bacterioses em tilápias (Oreochromis niloticus) de diferentes sistemas de cultivo em Pernambuco/Brasil

Lesões anatomopatológicas associadas à ocorrência de bacterioses em tilápias (Oreochromis niloticus) de diferentes sistemas de cultivo em Pernambuco/Brasil

A Comissão Editorial faz análise dos trabalhos antes de submetê-los à assessoria científica. Nessa análise, consideram-se aspectos como: escopo; apresentação do artigo segundo as normas da revista; formulação do objetivo de forma clara; clareza da redação; fundamentação teórica; atualização da revisão da literatura; coerência e precisão da metodologia; resultados com contribuição significativa; discussão dos fatos observados frente aos descritos na literatura; qualidade das tabelas e figuras; originalidade e consistência das conclusões. Após a aplicação desses critérios, se o número de trabalhos aprovados ultrapassa a capacidade mensal de publicação, é aplicado o critério da relevância relativa, pelo qual são aprovados os trabalhos cuja contribuição para o avanço do conhecimento científico é considerada mais significativa. Esse critério só é aplicado aos trabalhos que atendem aos requisitos de qualidade para publicação na revista, mas que, em razão do elevado número, não podem ser todos aprovados para publicação. Os trabalhos rejeitados são devolvidos aos autores e os demais são submetidos à análise de assessores científicos, especialistas da área técnica do artigo.
Mostrar más

61 Lee mas

DESENVOLVIMENTO DO TRIGO EM RELAÇÃO À COMPETIÇÃO COM DIFERENTES DENSIDADES DE AZEVÉM E NABO

DESENVOLVIMENTO DO TRIGO EM RELAÇÃO À COMPETIÇÃO COM DIFERENTES DENSIDADES DE AZEVÉM E NABO

O peso hectolitro foi realizado após a colheita e beneficiamento de grãos. Essa variável foi determinada com uso de equipamento específico para este fim, que consiste na pesagem da massa de grãos contidos dentro de um recipiente com volume de 500 mL e posteriormente transformados em kg 100L -1 .

7 Lee mas

Crescimento, sistema antioxidante e estado imunológico do camarão nos sistemas de cultivo em bioflocos e água clara

Crescimento, sistema antioxidante e estado imunológico do camarão nos sistemas de cultivo em bioflocos e água clara

A 60-day trial was conducted at the marine aquaculture station at Universidade Federal do Rio Grande, located in the state of Rio Grande do Sul, in Southern Brazil (32°.12'13.5"S, 52º.10'40.3"W). The experimental system consisted of six 200-L tanks assigned to the following treatments: BFT and clear water (CW) at 27ºC and salinity of 30 g L -1 . Litopenaeus vannamei, weighing 1.91±0.22 and 2.26±0.24 g for BFT and CW, respectively, were acclimatized for ten days and stocked at a density of 111 shrimp per square meter. To promote the development of the microbial flocs, BFT tanks received an inoculum of 75 L from a heterotrophic shrimp culture, as adapted from Souza et al. (2012). The animals were fed twice daily, via a feeding tray, with feed containing 38% crude protein (Wasielesky Jr. et al., 2006).
Mostrar más

8 Lee mas

Crecimiento óptimo de Tilapia Roja Oreochromis spp  A diferentes densidades de cultivo en agua de mar"

Crecimiento óptimo de Tilapia Roja Oreochromis spp A diferentes densidades de cultivo en agua de mar"

2302 UNIVERSIDAD NACIONAL DEL CALLAO FACULTAD DE INGENIERIA PESQUERA Y DE ALIMENTOS ESCUELA PROFESIONAL DE INGENIERIA PESQUERA "CRECIMIENTO OPTIMO DE TILAPIA ROJA Oreochromis spp A DIFERENTES DENSIDAD[.]

173 Lee mas

Show all 10000 documents...

Related subjects