PDF superior Futebol: do sonho do jogo ao jogo do mercado

Futebol: do sonho do jogo ao jogo do mercado

Futebol: do sonho do jogo ao jogo do mercado

A atuação de um psicólogo (a) do esporte nos clubes de futebol também é de extrema importância, embora muitas comissões técnicas não avaliam como relevante. O psicólogo (a) nos centros de formação de atletas (CFA) contribui para a melhor compreensão das demandas trazidas pelos atletas e também, pelos demais profissionais que atuam no esporte de alto rendimento. As estratégias utilizadas por este profissional visa desenvolver uma série de dimensões, desde as individuais como na melhora da autoconfiança de um atleta ou em relação a picos de ansiedade e estresse antes e pós-jogos, como coletivamente, para o desenvolvimento da equipe. Sendo que, para uma boa performance em campo e também extracampo o atleta precisa estar com uma boa estrutura emocional, compreendendo o jogo e sabendo trabalhar em equipe para que o time alcance o resultado desejado, pois além da preparação técnico, tático e físico, a equipe precisa estar preparada emocionalmente também. É preciso lembrar que os atletas também são seres humanos sujeitos a intervenções psicológicas a todo o momento.
Mostrar más

65 Lee mas

Dinâmicas do jogo : concursos de arquitetura em revista : 1935 a 1971

Dinâmicas do jogo : concursos de arquitetura em revista : 1935 a 1971

A revista Acrópole, de São Paulo, nasceu e morreu em momentos ditatoriais. Sua primeira edição foi publicada em 1938 (um ano após o golpe que instituiu o Estado Novo, comandado por Getúlio Vargas) e sua última edição (390/391), em dezembro de 1971 (período de intensificação da repressão da Ditadura Militar iniciada em 1964 e encerrada apenas com as eleições diretas de 1989 para Presidente da República). Ao longo dos seus 33 anos, a Acrópole vivenciou pelo menos dois ciclos editoriais: o primeiro, de 1938 a 1952, sob a direção de Roberto A. Corrêa de Brito e o segundo, de 1953 a 1971, sob a direção de Max M. Gruenwald. O primeiro período expressa a diversidade de produção e de linguagens que caracterizavam a arquitetura brasileira, em particular a paulista, naquele período. Não havia uma opção ideológica ou estilística, havia espaço para as mais diversas expressões, em especial aquelas mais vinculadas à produção autoral dominante no período. Um claro exemplo de tal diversidade é a primeira edição, que homenageia em sua abertura o arquiteto Ramos de Azevedo, autor de importantes obras de expressão eclética em São Paulo, como o Teatro Municipal, o Mercado Municipal e a Pinacoteca. A capa, que traz um dos templos da Acrópole grega, seria – como sugere o editorial da revista – uma homenagem a “um dos vultos mais destacados da engenharia nacional. Ramos de Azevedo, símbolo de nossa capacidade criadora”. Na mesma edição, nas últimas páginas, é publicada a obra recém- inaugurada do Edifício Esther, um dos marcos do modernismo, de autoria dos arquitetos Álvaro Vital Brazil e Adhemar Marinho, que teria resultado de concurso por convite. Ao longo dessa mesma edição observa-se a publicação de várias residências, em estilos diversos, como os projetos de Henrique Mindlin (residência Haberkamp, com traços modernos) e de Eduardo Kneese de Mello (residência Jean Lecoq, de sua fase neocolonial). Conforme argumenta Segawa:
Mostrar más

511 Lee mas

Representações, estímulos e constrangimentos do árbitro de futebol de 11

Representações, estímulos e constrangimentos do árbitro de futebol de 11

Relativamente às características considera- das essenciais para ser um bom árbitro, os in- quiridos realçaram os aspetos físicos, psicológi- cos e o conhecimento das leis do jogo, caracte- rísticas estas que são amplamente reconhecidas pela literatura e sobre as quais tem incidido grande parte da investigação científica (Bradley & Noakes, 2013; Costa et al., 2013; da Silva, de los Santos, & Cabrera, 2012; da Silva, Oliveira, Brandão, Agreta, & Neto, 2013; Slack et al., 2013; Weston & Batterham, 2012). Ademais, atribuíram também significativa importância ao saber estar dentro e fora do futebol. Lima (2005) atribui grande importância a este aspeto, realçando a importância da formação humana do árbitro que, certamente, se irá refletir na sua prestação competitiva. As expressões proferidas por Collina permitem perceber não só a impor- tância que atribui a este aspeto, “não há dife- rença entre o homem e o árbitro: cada qual ma- nifesta em campo aquilo que é na vida de todos os dias, com as mesmas características, os mes- mos defeitos e as mesmas virtudes” (Collina, 2004, p. 59), mas também à necessidade de existir um bom relacionamento com os diversos intervenientes do jogo, referindo que “uma das características do árbitro dos nossos dias é a de saber comunicar” (Collina, 2004, p. 58).
Mostrar más

11 Lee mas

Os (des)caminhos de um pesquisador do futebol brasileiro

Os (des)caminhos de um pesquisador do futebol brasileiro

comissão técnica, da negativa do grupo de jogadores ou até pela opção do assessor de imprensa de nem mesmo veriicar a possibilidade de tal observação se concre- tizar. A restrição quanto a entrada no vestiário com vistas a que pudesse vê-los chegar do campo de jogo analisando o comportamento do grupo, seus vínculos, a maneira de se relacionarem em situação de pós-jogo, foi outro sinal percebido da diiculdade que teria em observar e me aproximar do grupo. Mais do que isso, minha presença dentro do vestiário suscitou certa estranheza por parte dos jogadores e comissão técnica. Acredito que se sentiram incomodados com uma presença não habitual naquele ambiente, como se tivessem tido sua privacidade invadida e, não por coincidência, não mais foi permitido o acesso a este espaço. Começou a tomar forma então a compreensão de que a igura do pesquisador é estranha a este ambiente e que tal comportamento veriicado ratiica o quão fechado é o grupo e o quanto eles procuraram se proteger de agentes externos. Essa limitação foi um primeiro indicativo da impossibilidade de ter acesso a todos os aspectos referentes ao processo grupais de uma equipe proissional de futebol, principalmente aqueles que mais se relacionam com as intimidades pessoais e do grupo. Por outro lado, começaram a me perceber não mais como membro da imprensa, mas também não ainda como pesquisador, e sim, provavelmente, como estagiário do clube.
Mostrar más

11 Lee mas

A narrativa dramática de Autran Dourado : hermenêutica, arte e jogo como escrita da morte em O risco do bordado

A narrativa dramática de Autran Dourado : hermenêutica, arte e jogo como escrita da morte em O risco do bordado

ou seja, se estrutura como uma perspectiva ou voz dual (HERNADI, 1972, p. 32-43; PASCAL, 1977, p. 98-112). Funde a voz do narrador e a voz da personagem, a realidade e o sonho, a distância e a proximidade dos eventos narrados. Noutros termos, integra o realismo, a ciência e a racionalidade do narrador com o romantismo, a experiência e a sensibilidade da personagem. O discurso indireto livre também é conhecido como falsa terceira pessoa ou monólogo narrado (COHN, 1966, p. 97-112; Idem, 1978, p. 99-140), pois diferencia-se da terceira pessoa tradicional e onisciente. Deste modo, a questão da verdade, da subjetividade e da alteridade apresenta-se, no romance moderno e contemporâneo, problematizada em prol da abertura do sentido da existência. A verdade não aparece mais como adequação do personagem ao ponto de vista absoluto do narrador. A verdade prévia da razão é colocada à prova na experiência finita e sensível do existir. O personagem não é mais um sujeito idêntico, mas um sofredor dos impactos da existência e reconhecedor das várias vozes que o habitam (BAKHTIN, 2010). Negado o estatuto do personagem tradicional, irrompe a alteridade qualitativa da existência. A relação entre o personagem (homem) e o universo narrado (mundo) é perspectivada e até multiperspectivada como forma de mostrar que a existência humana não é conceitual, idêntica, mas passionalmente dramática. A experiência humana acontece, sobretudo, por imagens e não, simplesmente, por conceitos. Neste sentido, a verdade da existência é um processo de desvelamento, a subjetividade é negada em prol da despersonalização e a alteridade é o reconhecimento do outro em si mesmo. O romance contemporâneo não descreve, porém dramatiza uma experiência, mostrando como esta adquire significação e provoca transformação na existência de personagens inseridos no horizonte finito do tempo.
Mostrar más

239 Lee mas

As novas regras do jogo: o discurso publicitário na era da informação

As novas regras do jogo: o discurso publicitário na era da informação

As! campanhas! que! posicionamos! no! extremo! ludus,! em! contrapartida,! colocam! ao! jogador! um! obstáculo! a! ser! superado,! um! problema! a! ser! resolvido.! Assim,!ele!deve!usar!ou!desenvolver!alguma!habilidade!específica!para!conquistar!o! que!foi!prometido!–!mesmo!que!isso!seja!apenas!um!prêmio!simbólico!e!intangível.! Por! exemplo,! no! anúncio! de! Audi,! o! jogador! é! convidado/desafiado! a! fotografar! o! carro,!que!passa!rapidamente!pela!tela,!uma!forma!de!destacar!a!potência!do!seu! motor.! O! objetivo! ou! “recompensa”! do! jogo! é! conseguir! tirar! uma! foto! em! que! o! automóvel! apareça! por! inteiro.! Na! campanha! “Blue! Skittles”,! é! necessário! que! o! público! interaja! com! o! motorista! do! caminhão! dando! “curtir”! nos! vídeos! e! fazendo! comentários,! para! que! ele! não! desista! e! chegue! ao! Reino! Unido! com! a! carga! de! Skittles.! O! objetivo! é! que! os! pacotes! do! doce,! uma! edição! limitada! que! contém! o! esperado! “Skittle! azul”,! cheguem! ao! país! e! possam! ser! experimentados.! O! jogo! “Doritos!Dip!Desperado”,!por!sua!vez,!é!um!típico!jogo!de!vídeoPgame,!em!que!se! deve!atirar!um!snack!Doritos!e!controláPlo!pelo!cenário,!desviando!de!obstáculos,!para! passar! de! fase.! A! recompensa! consistia! em! prêmios! diários! que! podiam! ser! conquistados!pelos!jogadores.!No!jogo!“Walkers!Kill!Count”,!do!canal!FX,!o!desafio! era! prever! as! mortes,! armas! utilizadas! e! personagens! mais! assassinos! daquele! episódio!da!série!The,Walking,Dead,!com!o!objetivo!de!conseguir!a!melhor!pontuação! de!acertos.!A!campanha!“Meu!sangue!é!rubroPnegro”!exigia!do!público!uma!interação! que!extrapolava!o!ambiente!virtual:!doações!de!sangue!para!a!Fundação!Hemoba.!O! objetivo!a!ser!atingido!era!ter!a!cor!vermelha!de!volta!à!camisa!do!time.!A!campanha! de! “Prometheus”,! que! é,! em! sua! grande! parte,! construída! sobre! narratividade,! possuía! também! um! jogo! de! superação! de! obstáculos! no! seu! website,! cuja! recompensa!(fictícia)!era!entrar!para!a!tripulação!do!Projeto!Prometheus.!Fiat,!com! seu! app! “Fiat! Street! Evo”,! propunha! aos! jogadores! que! encontrassem! e! fotografassem! sinais! de! trânsito.! Como! recompensa! intangível,! o! público! recebia! informações!sobre!o!novo!carrog!como!recompensa!tangível,!podia!encontrar!prêmios! escondidos.!Na!campanha!“Enter!the!game”,!de!Konami,!o!desafio!era!que!os!garotos! fãs!de!futebol!superassem!testes!de!aptidão!de!futebol!e!também!jogassem!o!jogo!de! vídeoPgame!PES.!Como!recompensa,!o!melhor!deles!iria!ao!Japão!ser!digitalizado!e! entraria!para!o!jogo!como!um!jogador!profissional!famoso.!
Mostrar más

269 Lee mas

Do modelo de jogo idealizado ao jogo praticado pela equipa - Estágio profissionalizante realizado no Leixões Sport Clube

Do modelo de jogo idealizado ao jogo praticado pela equipa - Estágio profissionalizante realizado no Leixões Sport Clube

- à capacidade de liderança – é cada vez mais generalizada a ideia de que um treinador tem de ser um líder. No caso vivenciado no Leixões SC, revelou-se um ponto fundamental para, muitas vezes, o treinador ter a capacidade de dialogar com os jogadores de modo a apaziguar as suas “revoltas” com algumas situações desagradáveis vivenciadas por eles. De modo a manter, constantemente, a equipa focada e envolvida nos seus objetivos, preservando a mesma de problemas que pudessem desviar as suas atenções daquilo que eram as nossas metas e, consequentemente, afetar o seu rendimento desportivo; - à coerência e a transparência – característica que se revelou muito importante na gestão dos jogadores, bem como dos pais. As escolhas feitas pelo treinador devem, indubitavelmente, reger-se por estas duas características. Penso que este é um dos pontos que permitiu ao treinador ter a equipa sempre identificada com o processo, pois acreditavam no trabalho desenvolvido e nas indicações transmitidas. Todos os jogadores demonstravam empenho e vontade de trabalhar, pois percebiam que a equipa técnica valorizava a sua dedicação e evolução nos treinos. Na hora da competição, a equipa técnica mantinha a coerência com a informação transmitida, dando a oportunidade aos jogadores que se esforçavam e abordavam os treinos de forma séria. Em relação aos pais, estes revelam ser muitas vezes um problema no nosso futebol de formação. Contudo, derivado a estes valores que a equipa técnica sempre procurou cumprir, os argumentos para possíveis reclamações e manifestações de desagrado, revelaram ser praticamente inexistentes. Sendo uma excelente forma do treinador também se resguardar de possíveis problemas e situações mais desagradáveis;
Mostrar más

182 Lee mas

Eco_Artificial : um jogo criado como metáfora de um ecossistema a partir da bioarte e do gamearte

Eco_Artificial : um jogo criado como metáfora de um ecossistema a partir da bioarte e do gamearte

Do ponto de vista poético, a pesquisa apresentou questões interessantes que novamente tornaram-se passíveis de interpretação quando colocadas no contexto da vida artificial e dos jogos eletrônicos, sendo que as propostas advindas dessas interpretações acabaram levando a outras questões interessantes que também serão consideradas em versões futuras do gamearte, como, por exemplo, dar às vidas artificiais de Eco_Artificial a capacidade de mudarem sua configuração de forma, a medida que o tempo evolui no jogo; criar um ambiente de jogo online que independa do acesso do interagente para existir, de modo que as vidas artificiais tenham bastante tempo para evoluírem e se modificarem ao longo do tempo; criar diversos ambientes de recifes digitais e vincular a evolução dos simbiontes a especificidade desses recifes e permitir uma interação maior do interagente com o ambiente virtual, de modo que este possa interferir com o ambiente em outros níveis, como, por exemplo, permitir que ele se vincule a um simbionte e participe de todo seu ciclo de vida.
Mostrar más

95 Lee mas

Experiência em God Of War - Estudo de caso da série do jogo eletrônico

Experiência em God Of War - Estudo de caso da série do jogo eletrônico

O conteúdo dos vídeo games, quando jogados ativamente e criticamente, é mais ou menos assim: Eles situam os significados em um espaço multimodal por meio de experiências imbricadas à resolução de problemas à reflexão sobre a complexidade do design de mundos imaginários e também no design tanto de relações sociais reais quanto imaginadas e as identidades no mundo moderno. Isso não é tão ruim quanto dizem – e as pessoas ficam selvagemente entretidas nisso. (GEE, 2007, p. 40-41, tradução nossa). No aspecto de análise da narrativa, Nielsen et al. (2008) recomendam alguns mecanismos de investigação que baseiam todo o progresso da trama e do jogo com base no que já se sabe sobre o jogo, tais como as referências que a trama pode fazer aos títulos anteriores, jargões ou padrões recorrentes naquele gênero de jogo ou qualquer conotação cultural relacionável. Nesse sentido, o autor sinaliza que o nível de conhecimento prévio que se tem sobre alguns signos que compõem um jogo (como saber reconhecer o arquétipo de um soldado grego pelo seu elmo, por exemplo) afeta nossa percepção e afeto pelo conteúdo. Jogos como God Of War, por exemplo, geralmente são construídos com base em percepções familiares aos jogadores, considerando que em algum momento da vida do jogador já houve contato prévio em outras mídias com partes do conteúdo que o funda. Os autores (NIELSEN,
Mostrar más

84 Lee mas

ACONTECIMENTOS NO TEMPO CRÔNICO ESTATIVO DE ÉMILE BENVENISTE: O SURGIMENTO DA INFÂNCIA E DO JOGO EDUCATIVO

ACONTECIMENTOS NO TEMPO CRÔNICO ESTATIVO DE ÉMILE BENVENISTE: O SURGIMENTO DA INFÂNCIA E DO JOGO EDUCATIVO

Em A linguagem e a experiência humana do livro Problemas de linguística geral II, lançado em 1974, Émile Benveniste elaborou e discutiu três categorias de tempo. Segundo o autor, em todas as línguas é comum encontrar categorias de expressão, que se situam de maneira constante. “As formas que revestem estas categorias são registradas e inventoriadas nas descrições, mas suas funções não aparecem claramente senão quando se estuda no exercício da linguagem e na produção do discurso.” (BENVENISTE, 1989, p. 68). As categorias de tempo podem ser classificadas, como de pessoa e de tempo. Segundo Benveniste (1989), essas categorias são elementares, independentes da influência cultural, e por meio delas visualiza-se a experiência subjetiva de todos os sujeitos que se colocam em situações na e pela linguagem.
Mostrar más

11 Lee mas

DO ARADO AO BORDADO: MUDANÇAS NO TRABALHO DO HOMEM DO SERTÃO

DO ARADO AO BORDADO: MUDANÇAS NO TRABALHO DO HOMEM DO SERTÃO

O sertão, geralmente, é definido como uma região geográfi- ca de pouco amparo político e social, onde o desenvolvimento enfrenta duras resistências de ambas as esferas, do poder públi- co e privado, para sua propagação. Vilaça (2003) destaca que a região nordeste possui 1.558.000 quilômetros quadrados e 47,8 milhões de habitantes, e ocupa a porção oriental do Brasil e da América do sul. Apresenta terras cobertas pela caatinga e pelo cerrado, mais secas do que úmidas. Na questão social, o autor revela que 1/3 da população nordestina vive em situação de po- breza crítica, de acordo com Instituto Brasileiro Geográfico Esta- tístico. Essa parcela da população brasileira sobrevive apenas com uma renda irrisória, que não alcança o valor do salário míni- mo. Este, segundo a nossa Constituição Federal art. 7º, inciso IV, deve ser: “[...] capaz de atender às suas necessidades vitais bá- sicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte, e [...]”.
Mostrar más

16 Lee mas

A metapoética do sonho em Bachelard: uma possibilidade hermenêutica das imagens do ar

A metapoética do sonho em Bachelard: uma possibilidade hermenêutica das imagens do ar

O ar e os sonhos, se constitui em uma obra nebulosa, até porque, é a partir das nuvens, sua instabilidade formal que partem tais devaneios. O ar segue a tendência da verticalização do fogo, como uma simboli- zação transcendental do ser. Assim, subir e escalar se tornam as metas áereas, na medida em que o sonho do ar dá ao homem a vontade de voar, planar, flutuar. A simbologia que envolve o simbolismo desses estratos tem como principal obstáculo a gravidade. Contudo, o ímpeto do poeta-pensador bachelardiano não desiste e por isso, continua a sonhar e falar sobre o ar, como uma aporia necessária para respirar. Na poética bachelardiana arquétipos são reservas do entusiasmo, pos- sibilidade, do devir, ou seja, o sonhador cria imagens, cria o mundo. Nesse sentido, ele vai se valer da psicologia junguiana principalmente, por valorizar essas imagens simbólicas e tentar entender esse caráter universal arquetípico presente nessa perspectiva.
Mostrar más

22 Lee mas

O papel do jogo no desenvolvimento da criança com transtorno do espectro do autismo (TEA) na educação infantil : revisão de literatura 2013-2017

O papel do jogo no desenvolvimento da criança com transtorno do espectro do autismo (TEA) na educação infantil : revisão de literatura 2013-2017

O corpo e o movimento são a área de trabalho da Educação Física. Considerando as diversas dimensões do ser humano (culturais, sociais, políticas e afetivas), deve ser trabalhado o modo como os indivíduos interagem e se movimentam, como sujeitos sociais e cidadãos. Dentro da escola, a Educação Física é entendida como cultura corporal. Organismo e corpo são sistemas distintos: o primeiro é fisiológico, e o segundo se relaciona num contexto sociocultural. Logo, os conteúdos da Educação Física estão além da realização de movimentos. São abordados, por meio de produção cultural e expressões, como o indivíduo acumula conhecimentos históricos e como os transmite (BRASIL, 1997). Os alunos com algum tipo de deficiência não devem ser excluídos dessas aulas, visto que a participação deles pode resultar em diversos benefícios, principalmente na melhora de seu desenvolvimento. ―A aula de Educação Física pode favorecer a construção de uma atitude digna e de respeito próprio por parte do deficiente e a convivência com ele pode possibilitar a construção de atitudes de solidariedade, de respeito, de aceitação, sem preconceitos‖ (BRASIL, 1997).
Mostrar más

44 Lee mas

Aprendizagem social no jogo Equilíbrio Geométrico (PNAIC): por uma  analítica existencial do movimento

Aprendizagem social no jogo Equilíbrio Geométrico (PNAIC): por uma analítica existencial do movimento

Solicitamos autorização institucional para realização da pesquisa intitulada “Aprendizagens nos jogos do PNAIC: por uma analítica existencial do movimento” a ser realizada na Escola Estadual Gilberto Rola, pela aluna de pós-graduação Micaela Ferreira dos Santos Silva, sob orientação do Prof. Dr. Pierre Normando Gomes da Silva, com o(s) seguinte(s) objetivo(s): analisar os modos de comunicação corporais na situação de jogo e suas influências no processo de aprendizagem social; identificar os modos de comunicação corporal que são estabelecidos no momento do jogo; verificar qual modo de comunicação corporal estabelecido nos jogos do PNAIC mais suscita o desenvolvimento da aprendizagem social. Necessitando, portanto, ter acesso aos dados a serem colhidos no setor de salas de aula da presente instituição. Ao mesmo tempo, pedimos autorização para que o nome desta instituição possa constar no relatório final bem como em futuras publicações na forma de artigo científico.
Mostrar más

109 Lee mas

JOGO DE TABULEIRO PARA O ENSINO DOS SISTEMAS DO CORPO HUMANO: UMA ALTERNATIVA PRÁTICA

JOGO DE TABULEIRO PARA O ENSINO DOS SISTEMAS DO CORPO HUMANO: UMA ALTERNATIVA PRÁTICA

programático, a professora de Ciências novamente solicitou mais uma intervenção que tratasse sobre os conteúdos do sistema cardiovascular. Desta forma, foi decidido utilizar o mesmo tabuleiro para auxiliar nos estudos sobre o sistema cardiovascular, sua composição e funcionamento. Com base nas análises das intervenções desenvolvidas utilizando jogos no ensino de Ciências, foi possível certificar-se da importância do desenvolvimento de atividades criativas, com objetivo de proporcionar simplicidade na aprendizagem dos alunos nos conhecimentos complexos, como as estruturas e funcionamento do próprio corpo. Logo, o fato dos alunos terem atingido resultados significantes da avaliação dos conteúdos que foram trabalhados de forma lúdica mostrou a influência positiva que os jogos trazem para a melhor compreensão dos alunos nos estudos mais complexos.
Mostrar más

6 Lee mas

Perspetiva dos professores do 2º ciclo sobre a importância do jogo no desenvolvimento de alunos com perturbação da hiperatividade e défice de atenção

Perspetiva dos professores do 2º ciclo sobre a importância do jogo no desenvolvimento de alunos com perturbação da hiperatividade e défice de atenção

É hoje apontado uma desproporção em dois neurotransmissores preponderantes: a noradrenalina e a dopamina, que se situam nas áreas pré-frontais do córtex, responsáveis pelo modo como as células do cérebro comunicam e transmitem informações umas com as outras, que diminuem a sua atividade. Esta região é a responsável pelas funções superiores, também conhecidas por funções executivas: auto-organização, autorregulação e autovalorização. Assegura Selikowitz (2009) que “quando as funções executivas do cérebro falham, o indivíduo reage ao mundo de uma forma desconcentrada, desorganizada, impulsiva e caótica” (p.134). A disponibilidade dos neurotransmissores nesta zona é significativamente inferior aos sujeitos normais, sabendo-se mesmo que algumas dessas zonas se apresentam subdesenvolvidas e subativadas não se conhecendo ainda as razões pelas quais isto acontece. É por tudo isto que alguns tratamentos desta perturbação contêm a fármacos de forma a reparar a componente neurológica da PHDA, sendo usados medicamentos que impulsionam a produção de dopamina e de noradrenalina, ativando as partes do cérebro menos ativas, que consequentemente melhoram eficazmente o nível de inibição comportamental e de adequação social.
Mostrar más

138 Lee mas

O problema do superendividamento do consumidor e o direito ao mínimo existencial

O problema do superendividamento do consumidor e o direito ao mínimo existencial

A tese do patrimônio mínimo aplicada ao âmbito de proteção do consumidor superendividado parece complementar a fundamentação sobre a existência desse direito a preservação do mínimo existencial, e do dever do Estado-juiz em efetivar a preservação da dignidade do devedor. A obrigatoriedade dessa atuação não é fundamentada somente pela eficácia imediata desse direito fundamental social de proteção, mas também explicada com base na teoria do direito material já analisado. Significa que a validade do princípio da justiça social, estruturante da atividade econômica disposta no art. 170 da Constituição Federal, irá regular a função social do contrato e seu requerimento ocorrerá por meio de simples petição ou decretado de ofício pelo juiz quando previsto as circunstâncias apropriadas. Conforme a carência do devedor, a preservação do patrimônio mínimo será buscada por meio da exceção do estado de necessidade social. 206
Mostrar más

66 Lee mas

Estudo sobre o funcionamento do mercado de câmbio do Brasil

Estudo sobre o funcionamento do mercado de câmbio do Brasil

As intervenções – em intervalos constantes e valores previsíveis pelo mercado – voltadas para a redução da volatilidade cambial podem ser extremamente favoráveis à especulação no mercado de câmbio. Isso porque a estabilidade cambial em um país com taxa de juros acima do padrão internacional estimula as operações de carry trade. O caráter especulativo da operação é amenizado pela maior previsibilidade da taxa de câmbio e, nesse sentido, os ganhos da operação são menos incertos. Decorre daí que a estabilidade pode gerar apreciação, uma vez que incentiva os agentes a investirem em reais para obter ganhos com o diferencial de juros. Mas caso essas intervenções ocorram sem anúncio e de forma errática, perturbarão as referências dos agentes que estão expostos à variação cambial. Ao atuar dessa forma, o Banco Central induz os especuladores a perdas e inibe futuros movimentos especulativos. Rossi (2014) conclui que existem dois efeitos das intervenções que devem ser evitados pelo Banco Central:
Mostrar más

74 Lee mas

Jogos tradicionais . O jogo da linha praticado por indígenas do Amazonas analisado sob o ângulo da praxiologia motriz

Jogos tradicionais . O jogo da linha praticado por indígenas do Amazonas analisado sob o ângulo da praxiologia motriz

A população indígena realiza o jogo com um fio de linha de tucum em forma circular unido por um nó. O tucum é um tipo de palmeira existente na região norte do Brèsil. Da sua palma é retirada uma fibra, (a palama) a qual passa por processo de secagem ao sol. Essa fibra é o tucum, de onde é tecido o fio para o jogo. É um fio muito resistente, bastante utilizado no dia a dia dos indigenas e na confecção de varias peças do seu artesanato como cestos, quadros etc.

17 Lee mas

PERSPECTIVAS DO ESPORTE UNIVERSITÁRIO: FUTSAL E FUTEBOL

PERSPECTIVAS DO ESPORTE UNIVERSITÁRIO: FUTSAL E FUTEBOL

Nesta perspectiva, torna-se importante disponibilizar aos estudantes a oportunidade de participarem de modalidades esportivas centradas na ótica educacional e do lazer, oportunizando a um número maior de estudantes o acesso ao esporte e, consequentemente, aumentando seus níveis de atividade física e todos os benefícios a ela associados. Isto vai ao encontro do que é proposto pelos fundamentos da Política Nacional de Esporte (PNE), a qual, dentre outros objetivos, visa a democratizar e universalizar o acesso ao esporte e ao lazer, na perspectiva da qualidade de vida da população brasileira, bem como fomentar a prática do esporte de caráter educativo e participativo, para toda a população, além de fortalecer a identidade cultural esportiva a partir de políticas e ações integradas com outros segmentos (BRASIL, 2005).
Mostrar más

6 Lee mas

Show all 10000 documents...