PDF superior Índice de aridez na Zona da Mata no Estado de Pernambuco - Brasil

Índice de aridez na Zona da Mata no Estado de Pernambuco - Brasil

Índice de aridez na Zona da Mata no Estado de Pernambuco - Brasil

The agricultural economy of Zona da Mata is mainly composed of sugarcane plantations, with the region of sugarcane plantations and sugarcane plantations. Lately the region has been outstanding due to the growth in the number of food and automotive industries. The study evaluated the variability of moisture and dryness indexes through the statistical analyzes for the cities that make up the Zona da Mata in the state of Pernambuco. The data generated may support decisions in the area for the improvement of soils with high susceptibilities of degradation. An analysis of the climatic behavior was made using precipitation and climatological data from the database of the Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste and the Agência de Tempo e Clima do Estado de Pernambuco (APAC). The estimation of the average air temperature was carried out using the software "Estima_T" developed by the Applied Meteorology Nucleus of the Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), using series estimation of the average monthly air temperature of some meteorological stations due to the absence of data. The levels of susceptibility to desertification were found to be high and very high. The aridity index does not exert a great influence to determine the occurrence of desertified areas for the study area, considering the values of temperature and precipitation, and anthropic action may be one of the important factors in desertification.
Mostrar más

7 Lee mas

Biologia reprodutiva da piraúna (Cephalopholis fulva Linnaeus, 1758), capturada no litoral norte de Pernambuco, Brasil

Biologia reprodutiva da piraúna (Cephalopholis fulva Linnaeus, 1758), capturada no litoral norte de Pernambuco, Brasil

A variação mensal do índice gonadossomático (IGS) de machos e fêmeas, indica uma evolução da maturação gonadal a partir de agosto, com o pico de reprodução ocorrendo entre este mês e o mês de outubro. Este pico de reprodução corrobora com estudo realizado por Marques (2011) para a C. fulva no litoral de PE, com período de desova ocorrendo de agosto a outubro. Este resultado pode estar associado ao término da estação chuvosa, sendo esta uma estratégia reprodutiva que algumas espécies adotam para realizar a desova em momento mais adequado, de maior disponibilidade de alimento e menor ameaça de predação de ovos e larvas Araújo (2009). Este fato é corroborado por trabalho realizado na plataforma continental ao largo do Recife, durante o qual observou-se um importante efeito das descargas fluviais no ambiente costeiro (nutrientes), gerando concentrações mais elevadas de biomassa primária logo após o período chuvoso, entre os meses de setembro/outubro, caracterizando um “bloom” de primavera na região (Ressureição et al., 1996). Isto também foi observado por Trott (2006), que registrou nas Ilhas Bermudas um incremento no peso gônadal no período de menor intensidade pluviométrica.
Mostrar más

30 Lee mas

Eventos extremos de lluvia y riesgo hidroclimático en zona de La Mata - Pernambuco/Brasil

Eventos extremos de lluvia y riesgo hidroclimático en zona de La Mata - Pernambuco/Brasil

Las fuertes lluvias son fenómenos naturales, pero cuando están asociados al paisaje urbano se convierten en eventos peligrosos, contribuyendo al empeoramiento de las condiciones de vida de la población en la ciudad. En Brasil, los escenarios de degradación del medio ambiente, sufren influencia directa de las desigualdades sociales y de la infraestructura deficiente, como también de la ocupación de los espacios inapropiados, que resultan en el aumento de las vulnerabilidades y de los riesgos. Este artículo tiene como objetivo analizar la ocurrencia de eventos extremos causados por las lluvias en la mesorregión Zona da Mata, en Pernambuco, Brasil, específicamente, en los municipios de Barreiros y Palmares. Además, se investigó las condiciones de riesgo que pudieron contribuir con desastres naturales en el área de estudio. El análisis fue realizado con base, en las estadísticas descriptivas de las series temporales de precipitación, seguido del cálculo del índice de anomalías de lluvia (IAC, en portugués es Índice de Anomalia de Chuva) y análisis de imágenes de satélite para caracterizar el modelo de las lluvias y la dinámica atmosférica, asociando los resultados en el período de ocurrencia de eventos de lluvias fuertes que se concentró en un corto período de tiempo. El principal evento pluviométrico de gran magnitud en los municipios fue en junio de 2010, causado por la Onda de Este que contribuyó al desborde del cauce Una y Mundaú, e inundaciones en varias ciudades de la cuenca. Palabras clave: Lluvia, Evento Extremo, Inundaciones.
Mostrar más

10 Lee mas

O Engenho dos Movimentos Sociais:: reforma agrária e significação social na zona canavieira de Pernambuco

O Engenho dos Movimentos Sociais:: reforma agrária e significação social na zona canavieira de Pernambuco

buições para a teoria sociológica e para o estudo dos movimentos sociais rurais no Brasil. O livro aborda o processo de expansão do MST na Zona da Mata pernambucana e discute os efeitos dessa expansão para o tradicional sindicalis- mo rural da região. Além disso, traz, como seu mais significativo aporte, a noção de “forma movimento”, desenvolvida ao longo do livro para designar a forma que foi adquirindo um significado legítimo, perante o Estado, para se reivindicar terra.

5 Lee mas

O índice de aridez e sua tendência a desertificação na bacia do rio Ipojuca-PE

O índice de aridez e sua tendência a desertificação na bacia do rio Ipojuca-PE

A bacia do Rio Ipojuca localiza-se, em sua totalidade, no Estado de Pernambuco, entre 08º09’50” e 08º40’20” de latitude Sul, e 34º57’52” e 37º02’48” de longitude Oeste. Devido à sua conformação alongada no sentido oeste-leste, essa bacia tem uma posição estratégica no espaço estadual, servindo de grande calha hídrica de ligação entre a Região Metropolitana do Recife (RMR) e a região do Sertão do Estado (Figura 1). Os trechos superior, médio e sub- médio da bacia estão localizados nas regiões do Sertão (pequena porção) e Agreste do Estado, enquanto que o trecho inferior tem a maior parte de sua área situada na zona da Mata Pernambucana, incluindo a faixa litorânea do Estado limita-se ao norte, com a bacia do rio Capibaribe, grupo de bacias de pequenos rios litorâneos e com o Estado da Paraíba; ao sul, com a bacia do Rio Sirinhaém; a leste, com o Oceano Atlântico; e, a oeste, com as bacias dos Rios Ipanema e Moxotó e o Estado da Paraíba.
Mostrar más

10 Lee mas

Modelo de diagnóstico de risco de inundações em área urbana na Zona da Mata de Pernambuco, Brasil

Modelo de diagnóstico de risco de inundações em área urbana na Zona da Mata de Pernambuco, Brasil

A ausência de serviços básicos no município de Vitória de Santo Antão compromete a qualidade da água dos rios que cortam a cidade, pelas ações antrópicas. A presença de lixo e Resíduos de Construção e Demolição (RCD) às margens do rio, lançamento de esgoto doméstico, efluentes industriais clandestinos diretamente no corpo hídrico, e o carreamento de fertilizantes agrícolas e pesticidas, tanto no período chuvoso como na estiagem geram a degradação com a poluição do rio e de suas áreas protegidas (Melo, 2012).

8 Lee mas

Estudo da zona costeira de Prado, Bahia, Brasil

Estudo da zona costeira de Prado, Bahia, Brasil

Como já foi referido, as formulações existentes permitem avaliar o peso dos blocos constituintes do manto resistente capaz de resistir à máxima altura de onda previsível no local da obra, atribuindo assim uma elevada importância à definição da agitação marítima. Segundo Taveira-Pinto e Neves (2003), a sua subavaliação poderá resultar num maior risco para a estrutura e consequente aumento do custo da obra, interferindo de forma direta na solicitação, no custo da construção e na segurança da obra marítima. Assim sendo, qualquer estrutura exposta à agitação, deverá ser dimensionada de modo a suportar o efeito da máxima onda previsível, tornando-se necessário definir, à partida, a altura de onda de projeto. De acordo com Marinho (2013), a ordem de grandeza das várias profundidades que a estrutura atravessa ao longo da sua extensão, influencia o processo de cálculo da altura de onda de projeto, existindo diversos estudos que tentam estabelecer uma relação de compatibilidade entre os fundos e a altura das ondas, através da teoria de ondas solitárias. Para Taveira-Pinto (2001), o dimensionamento de obras em águas profundas e com elevados níveis de agitação é particularmente complexo, em que as alturas de onda máximas têm de ser associadas a períodos de retorno, constituindo um obstáculo na conceção destas, no caso de ausência de registos da agitação. Em relação às obras situadas em águas pouco profundas, as alturas de onda estão limitadas por condicionantes físicas relacionadas com a profundidade e a inclinação dos fundos da área de implantação, permitindo assim a rebentação das ondas maiores antes de atingirem a estrutura.
Mostrar más

113 Lee mas

Florística e análise de similaridade de espécies arbóreas da mata da Praia do Totó, Pelotas, RS, Brasil

Florística e análise de similaridade de espécies arbóreas da mata da Praia do Totó, Pelotas, RS, Brasil

As espécies Syagrus romanzoffiana, Myrcia multiflora, Citharexyllum myrianthum, Myrsine laetevirens, Psidium cattleianum e Ocotea pulchella estão entre as espécies mais importantes em estudo de Dorneles e Waechter (2004a) na estrutura de mata turfosa. Essas espécies não predominam no mesmo tipo vegetacional localizado mais ao sul, na Estação Ecológica do Taim (WAECHTER e JARENKOW, 1998). Nesse local as mais importantes na comunidade são Erythrina cristagalli, Ficus organensis, Blepharocalyx salicifolius, Eugenia uruguayensis e Sebastiania brasiliensis. Provavelmente a diferença entre os dois estudos seja porque no Taim ocorre uma comunidade denominada de Seibal. Esta é uma associação bastante pura formada pela Erythrina cristagalli (MARCHIORI, 1997). Esta planta é decídua, heliófita e pioneira em terrenos brejosos ou muito úmidos e com dispersão em formações secundárias, sendo raramente encontrada no interior da mata primária densa (LORENZI, 2002). A espécie possui ampla importância em áreas de banhado, sendo considerada uma espécie-chave nesses ambientes.
Mostrar más

14 Lee mas

Lesões macroscópicas e causas de condenação de carcaças e vísceras de bovinos abatidos na microrregião de Garanhuns, Pernambuco, Brasil

Lesões macroscópicas e causas de condenação de carcaças e vísceras de bovinos abatidos na microrregião de Garanhuns, Pernambuco, Brasil

A principal causa de descarte do coração foi hemorragia subepicárdica, que representou 33,33% do total de lesões cardíacas e frequência de 0,48% do total de animais abatidos (Tabela 4). Esta lesão decorre principalmente de quadros de septicemia ou anóxia (Ocariano et al., 2010), quando a falta de oxigenação tecidual durante o processo de abate pode ter levado ao aparecimento da lesão. Em outros estudos as principais causas de condenação do coração foram hidatidose (Efrem et al., 2015), presença de cistos calcificados (Tembo e Nonga, 2015), pericardite (Edo et al., 2014; Moje et al., 2014) e contaminação (Israel et al., 2014). Hipertrofia concêntrica representou 16,66% do total de lesões cardíacas, no presente estudo. Esta lesão se apresenta como um aumento da espessura da parede ventricular e diminuição da câmara cardíaca (Ocariano et al., 2010). De forma semelhante, pericardite representou 16,66% das causas de condenação da víscera, porém foi descrita como a principal causa de condenação do coração, com frequência de 57,10% (Moje et al., 2014) e 50% (Edo et al., 2014). Também foi observada miocardite (8,33%), que trata-se do processo inflamatório do miocárdio, geralmente associado a doenças sistêmicas; lesões sugestivas de tuberculose (8,33%), com macroscopia de nódulos multifocais; massa tumoral (8,33%) sugestiva de neoplasia; e atrofia serosa da gordura (8,33%), indicativo de que a gordura foi catabolizada, tal como ocorre no processo de inanição (Ocariano et al., 2010).
Mostrar más

9 Lee mas

Levantamento da brioflora de uma mata de galeria no Parque Nacional da Serra do Cipó, MG - Brasil

Levantamento da brioflora de uma mata de galeria no Parque Nacional da Serra do Cipó, MG - Brasil

123 8. Sematophyllum subpinnatum (Brid.) E. Britton, Bryologist 21: 28. 1918. (Fig. 45) Planta pleurocárpica. Gametófito verde claro no ápice dos ramos, verde escuro na base, marrom escuro próximo ao substrato, ramos principais prostrados, ramos secundários geralmente orientados em uma única direção, ramos secundários curtos em relação ao principal, esparsamente e irregularmente ramificado, ramos igualmente foliados, caulídio vermelho escuro a marrom escuro. Filídios 1,7-1,8 x 0,6-0,7 mm, dispostos helicoidalmente, eretos e imbricados quando secos, patentes quando hidratados, cobrindo todo o caulídio, verde claro com a base dourada, ovado a oblongo ovado, ápice agudo-curto acuminado, levemente côncavo, margens inteiras. Costa ausente. Células no ápice 20-25 x 5 µm, romboidais, células medianas 62,5 x 2,5-5 µm, fusiformes, células alares infladas, paredes delgadas, retangulares, paralelas ao eixo maior do filídio, douradas, 3-4 células de largura. Filídios periqueciais 1,8-2 x 0,5-0,6 mm, dispostos helicoidalmente, oblongo-ovados, ápice agudo a curto acuminado, verde claro, dourado 1-2 fileiras de células basais, margens inteiras. Costa ausente. Células do ápice 35-45 x 5 µm, curto-fusiformes, células medianas 112,5-97,5 x 5 µm, longo- fusiformes, sem células alares ou arredondas e inconspícuas. Esporófito com seta de ca. 2 cm, vermelho escuro, opérculo longo-rostrado, caliptra longo-campanulada, cápsula inclinada quando seca, ereta quando hidratada, levemente assimétrica, constrita abaixo da boca, urceolada, columela com cerca de metade do comprimento da cápsula, células do exotécio curto-retangulares, paredes irregularmente espessadas, colenquimatosas, peristômio duplo, exostômio bem desenvolvido, triangular, transversalmente estriolado abaixo e fortemente bordeado com 2 dentes por célula a 90° do eixo maior do dente, trabeculado atrás, papiloso acima com células hialinas de parede fortemente espessadas na linha mediana em zig-zag, endostômio bem desenvolvido, estreito-triangular, 1 célula retangular por linha, hialino, margem lisa, membrana basal de 87,5 µm, cerca de ¼ do tamanho do endostômio. Esporos esféricos, dourados, 22,5 µm, papilas diminutas. Material examinado: Brasil. Minas Gerais: Parque Nacional da Serra do Cipó, 26/VII/2011, Rocha, Duarte-Silva, A.G. 85, Gonzaga, R.M.O. 106, 107, 108, 109,
Mostrar más

144 Lee mas

Biodiversidade nos quintais agroecológicos na zona rural da cidade de Foz do Iguaçu Paraná / Brasil

Biodiversidade nos quintais agroecológicos na zona rural da cidade de Foz do Iguaçu Paraná / Brasil

As espécies vegetais mais comuns de cada quintal foram contabilizadas em campo. As espécies que não puderam ser identificadas no local foram encaminhadas para o Herbário da Unesp FCAV visando à identificação botânica em nível de família, gênero e espécie. A identificação das plantas foi feita por comparação com exsicatas do herbário, chaves de identificação, levantamento bibliográfico em literatura especializada e buscas em bases de dados como o Mobot (MOBOT, 2010). A busca realizada junto ao sítio da rede mundial de computadores MOBOT foi também útil na obtenção da informação sobre a provável origem geográfica das espécies. O sistema taxonômico adotado neste trabalho foi o APG III (The Angiosperm Phylogeny Group, 2009). A nomenclatura dos nomes científicos foi conferida utilizando as bases de dados Plantminer (CARVALHO et al., 2010) citado em (Briquet, I. 1935).
Mostrar más

5 Lee mas

Riqueza e composição florística da comunidade de samambaias na mata ciliar do Rio Cadeia, Rio Grande do Sul, Brasil

Riqueza e composição florística da comunidade de samambaias na mata ciliar do Rio Cadeia, Rio Grande do Sul, Brasil

O levantamento florístico das samambaias, nos três fragmentos de mata ciliar amostrados (0,3 ha), resultou num total de 40 espécies, dis- tribuídas em 24 gêneros e 13 famílias. Não foram encontradas espécies de licófitas nesse inventário. A riqueza de samambaias é alta quando compara- da com o total de espécies do grupo registrado por Athayde Filho e Windisch (2003) em mata de galeria (18 espécies) e vereda (8); Athayde Filho e Felizardo (2007) em três segmentos florestais ao longo do rio Pindaíba (25); e por Kreutz e Athayde Filho (2009) em matas de galeria do córrego Caveira (9), no Mato Grosso. No Rio Grande do Sul, Diesel e Siqueira (1991) inventariaram 24 espécies de samambaias na mata ripária do rio dos Sinos. Essa comparação di- reta com os resultados de riqueza específica destes outros estudos pode levar a uma conclusão espúria (BUDDLE et al., 2005), porque não foram utiliza- das curvas de rarefação de espécies que permitem avaliar quanto, aproximadamente, cada um dos inventários incluiu de toda a riqueza (GOTELLI e COLWELL, 2001), nos locais estudados.
Mostrar más

13 Lee mas

Mudanças climáticas e o escoamento superficial na bacia hidrográfica do rio Goiana - Pernambuco - Brasil

Mudanças climáticas e o escoamento superficial na bacia hidrográfica do rio Goiana - Pernambuco - Brasil

No seio das novas investidas científicas, destaca- se o desenvolvimento do modelo hidrológico semi- distribuído simples, o qual é capaz de simular va- zões nas mais variadas escalas temporais e espaciais de análise. Este modelo foi apresentado por Xiong e Guo (1999). Cinco anos depois, Guo et al. (2002) utilizaram o referido modelo para simular e projetar os efeitos das mudanças climáticas sobre os recursos hídricos das bacias hidrográficas dos rios Gangjiang e Hanjiang, ambas inseridas no território nacional da República Popular da China. Os resultados, segundos os autores, foram considerados ótimos.
Mostrar más

15 Lee mas

Fútbol y violencia en Brasil  Propuesta comunicativa para el estado de Pernambuco

Fútbol y violencia en Brasil Propuesta comunicativa para el estado de Pernambuco

Cada día se pierden más valores positivos en nuestra sociedad. En los partidos de fútbol por ejemplo, es muy común ver casos de prejuicios racistas y xenófobos, que surgen durante el proceso de convivencia intercultural en cualquier otra parte del mundo. Uno de los casos de mayor impacto del racismo en el fútbol, en 2014, ocupó los titulares de la prensa internacional, cuando en un partido entre el Barcelona y Villareal, los aficionados que estaban en el Estadio El Madrigal, dispararan plátanos contra el lateral derecho Daniel Alves. El jugador no quedó perturbado por el hecho y dijo que ya estaba acostumbrado a tales incidentes desde que llegó a Europa. Si echamos la vista atrás nos damos cuenta de que los casos de racismo no eran exclusivos de los aficionados a los jugadores. Algunos equipos, como el Club Náutico Capibaribe, fundado en Recife-Pernambuco en 1901, tuvieron un presidente que se resistió a la contratación de jugadores y demás funcionarios negros. Sólo después de algunos años y gracias a la presión de la sociedad, esta situación comenzó a cambiar. Los jugadores tienen una alta visibilidad y esto debe ser aprovechado de alguna manera, en un intento por combatir este problema y enseñar nuevos valores. Recuérdese que los jugadores se toman en no pocos casos como ejemplos a imitar, como ídolos, especialmente por los niños y jóvenes.
Mostrar más

92 Lee mas

Pasantía internacional en la Universidad Federal Rural de  Pernambuco Brasil

Pasantía internacional en la Universidad Federal Rural de Pernambuco Brasil

3. Carvalho, Genilson Bezerra de, Dourado, Leilane Rocha Barros, Lopes, João Batista, Ferreira, Antônio Hosmylton Carvalho, Ribeiro, Mabel Nery, Silva, Sandra Regina Gomes da, Merval, Ramon Rêgo, Biagiotti, Daniel, & Silva, Francisco Eduardo Soares. Métodos de análise da cinza insolúvel em ácido utilizada como indicador na determinação da energia metabolizável do milho para aves. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, 14(1), 43. 2013. 4. Detmann, Edenio. Queiroz, augusto. Cabral, Luciano. Evaluación del

53 Lee mas

A presença afrodescendente na Empresa Brasil de Comunicação : um olhar sobre a regularidade da temática negra na programação da TV Brasil

A presença afrodescendente na Empresa Brasil de Comunicação : um olhar sobre a regularidade da temática negra na programação da TV Brasil

(a) A cobertura jornalística pretensamente “objetiva” dos acontecimentos que envolvem “as comunidades à margem da cidade incluída”, entre as quais os negros são majoritários, se dá de forma estereotipada, espetacularizada; (b) Nossos noticiários, os dos veículos impressos entre eles, colocam em destaque os aspectos negativos dessas comunidades, deixando de fora das enunciações qualquer referência às razões que levam ao desvio da norma, ao desvio social, integrantes de grupos humanos historicamente discriminados e marcados pela desigualdade de oportunidades e de usufruto de bens simbólicos e materiais gerados pela sociedade do país. Muitos dos quais protagonizam um dos maiores dramas sociais da contemporaneidade brasileira: são jovens negros da periferia do país, aqueles percentualmente majoritários também nas estatísticas de homicídios; (c) Os medias são responsáveis por uma representação dos segmentos afro-brasileiros marcada por uma subalternidade racial e social dada como natural; (d)Os meios de comunicação, a não ser em casos flagrantes de discriminação que chegam à opinião pública, tendem a negar a existência do racismo, fator estruturante da sociedade brasileira; (e) Também recalcam aspectos positivos das manifestações culturais negras, além de mostrar indiferença profissional e desconhecimento de aspectos históricos e relativos à contribuição civilizatória dos negros tanto no Brasil, como nos demais países da diáspora. (ALMADA, 2012, p. 28).
Mostrar más

134 Lee mas

A questão socioambiental e o sindicalismo rural em Pernambuco – Brasil

A questão socioambiental e o sindicalismo rural em Pernambuco – Brasil

A esse respeito, o sindicalismo rural precisa ser analisado pela reconfiguração e atualização de sua força, além da sua importância no tocante à luta pela qualidade de vida das populações rurais (sobretudo a ascensão do agricultor familiar em espaços de predominância de trabalhadores rurais). Isso requer esforço para se compreender o papel a ser desempenhado pelo sindicalismo diante das questões socioambientais que atingem a sociedade geral, em especial quem vive no campo. O esforço interpretativo desse fenômeno, por outro lado, não pode ser captado sem considerar o processo que conduziu não apenas o sindicalismo rural mas também o sindicalismo urbano a buscarem “intervir em outras alternativas que ampliassem seu escopo de ação, contribuindo para a consolidação de novas institucionalidades” (Santana, 2010, p. 52). Isso significa que por motivos e caminhos diversos, “a questão ambiental vem ressignificando as demandas e as lutas sociais no meio rural”, como bem observou Leff (2006, p. 469).
Mostrar más

12 Lee mas

Zoneamento agroclimático da palma forrageira para o Estado de Pernambuco.

Zoneamento agroclimático da palma forrageira para o Estado de Pernambuco.

Foi elaborado um banco de dados climáticos, no formato do Excel, para o Estado de Pernambuco, composto por 250 pontos (postos pluviométricos e estações meteorológicas), com coordenadas geográficas e dados mensais e anuais de temperatura do ar média (Tmed), máxima (Tmax) e mínima (Tmin) e precipitação (P). A complementação do banco de dados foi realizada com a inserção dos componentes do balanço hídrico climatológico, que foi processado para cada um dos 250 pontos. Para cálculo do balanço hídrico, utilizou-se o modelo proposto por Thornthwaite e Mather (1955). Foram calculados os índices de aridez, hídrico e de umidade, utilizando as equações de 2 a 4 (SILVA et al., 2006).
Mostrar más

28 Lee mas

Mapa de Aridez de Cuba

Mapa de Aridez de Cuba

El Índice de aridez, es ampliamente utilizado para delimitar las diferentes zonas climáticas respecto de la sequedad. En Cuba, se confeccionó una primera versión de los mapas de aridez, la cual jugó un importante rol. Sin embargo actualmente se requieren una amplia- ción de las bases de datos utilizadas y mejor precisión de las técnicas empleadas. La lluvia procesada pertenece a 591 pluviómetros pertenecientes al Instituto Nacional de Recursos Hidráulicos cuya serie abarca del 1961 al 2000. Para dichas estaciones fueron extrapolados los valores de la serie 1975 al 2000 de la evapotranspiración de referencia. La metodología aplicada fue extraída de la “Guía metodológica para la elaboración del mapa de zonas áridas, semiáridas y subhúmedas secas de América Latina y El Caribe”. Adicionalmente fue pro- cesada cartográficamente la información del índice de aridez en períodos anual y periodo estacional lluvioso en cada treintena y década. La principal conclusión obtenida es que: las tierras secas han sufrido un incremento en Cuba de 146,400 ha del 1961-1990 al 1971- 2000. Los nuevos mapas, elaborados en las escalas más detalladas posibles, son imprescin- dibles en su sistemática valoración y permitirá conocer más en detalle la dinámica de los procesos de aridización o desertificación.
Mostrar más

9 Lee mas

Entre novos paradigmas e velhas práticas: a convivência com o semiárido na agricultura familiar do Sertão de Pernambuco (Brasil).

Entre novos paradigmas e velhas práticas: a convivência com o semiárido na agricultura familiar do Sertão de Pernambuco (Brasil).

O objeto desta tese foi construído em torno do paradigma da convivência com o semiárido no município de Serra Talhada (Sertão de Pernambuco); respaldado por um diálogo entre a sociedade civil e o Estado, legitimado sob a forma de um Plano Municipal de Convivência com o Semiárido em 2014. A nossa intenção foi problematizar o conteúdo desse diálogo, partindo do pressuposto que o discurso da convivência com o semiárido é enunciado pelo protagonismo da sociedade civil, mas na prática reproduz uma confluência perversa com o Estado, mantenedora de continuidades revestidas por veias democráticas, em que o Estado se torna lugar de interesse comum. Pretendemos compreender quem são os atores envolvidos nesta relação de convivência num lugar contraditório e incerto tomado, pelo menos discursivamente, por posições que ora se tornam críticas e ora cúmplices, respaldados pela crença de uma oposição capaz de reproduzir um Estado ampliado de controle democrático, em que a sociedade civil está presente. O exercício metodológico privilegiou a observação de reuniões e eventos, a análise de documentos e entrevistas com gestores que de alguma forma acessavam a temática da convivência no seu campo de atuação. A pesquisa empírica foi fundamental para a construção do objeto de pesquisa; identificando atores, interesses e jogos políticos que trouxeram o município de Serra Talhada como campo revelador e atuante na construção do paradigma da convivência com o semiárido; e como espaço social que reivindica Ações Permanentes para o Desenvolvimento do Nordeste/Semiárido Brasileiro em contraposição às políticas de combate à seca, orientadas por um Estado ditatorial ou neoliberal. Adotamos a categoria confluência perversa como chave analítica, com base na compreensão de Evelina Dagnino, enquanto fenômeno que parece se constituir em um campo minado de interlocução entre dois projetos de Estado distintos: o democrático e participativo; e o neoliberal, no qual
Mostrar más

353 Lee mas

Show all 10000 documents...

Related subjects