PDF superior Leishmanioses : uma análise sobre a divulgação e representação de dados públicos do Distrito Federal

Leishmanioses : uma análise sobre a divulgação e representação de dados públicos do Distrito Federal

Leishmanioses : uma análise sobre a divulgação e representação de dados públicos do Distrito Federal

RESUMO As leishmanioses são doenças infecciosas negligenciadas, não contagiosas, causadas por protozoários do gênero Leishmania e transmitidas de forma vetorial podendo acometer de modo sistêmico e pele/mucosas do indivíduo, sendo classificadas como Leishmaniose Visceral e Leishmaniose Tegumentar, respectivamente. Essas síndromes são consideradas um grave problema de saúde pública em vários países, incluindo o Brasil. O presente estudo visou realizar um levantamento de dados epidemiológicos do número de casos confirmados em humanos das leishmanioses no período de 2007-2018 no Distrito Federal, obtendo novas informações da região por meio da construção de gráficos, mostrando a evolução da doença ao longo desses anos até a atualidade e com isso, favorecendo o monitoramento e controle das síndromes. No período do estudo, foram notificados 567 casos confirmados para as leishmanioses, acometendo o maior número do sexo masculino e a faixa etária de 40-59 anos para LT e 20-39 anos para LV, sendo a última muito comum em crianças menores que 10 anos. Ainda, os gráficos mostraram que, apesar do aumento do número de casos confirmados das leishmanioses – principalmente importados do Nordeste e Centro-oeste, os casos autóctones reduziram nos últimos anos e a cura prevaleceu sobre o óbito em ambas as síndromes. Portanto, as novas formas de apresentação e análise dos dados epidemiológicos facilitou a visualização de diferentes parâmetros da doença ao longo dos anos, mostrando que o Distrito Federal ainda é considerado uma área endêmica e necessita de ações preventivas e constante controle epidemiológico na região.
Mostrar más

35 Lee mas

Gastos públicos no Distrito Federal: uma análise dos principais gastos em saúde no período 2012- 2014

Gastos públicos no Distrito Federal: uma análise dos principais gastos em saúde no período 2012- 2014

Os instrumentos principais utilizados para a realização da pesquisa foram: o acesso a livros e artigos publicados e materiais disponibilizados na internet. Para a análise dos dados questionados foram utilizados relatórios disponibilizados pelos órgãos de controle, notadamente os dados divulgados pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal, por meio da análise dos relatórios sobre as contas do Governo do DF no ano de 2012, 2013 e 2014, disponíveis na página eletrônica do TCDF, utilizado também dados da secretaria de fazenda, e da pagina eletrônica Siga Brasília. Foram utilizados também dados internos do Tribunal de contas do Distrito Federal, através do programa Siggo e PSIAG, dos anos de 2012 a 2014, principalmente de 2014, devido a não disponibilização dos relatórios desses valores, como os demais anos.
Mostrar más

22 Lee mas

Análise da eficiência na alocação de recursos públicos nos municípios da RIDE/DF : uma aplicação de análise envoltória de dados

Análise da eficiência na alocação de recursos públicos nos municípios da RIDE/DF : uma aplicação de análise envoltória de dados

O caso do entorno do Distrito Federal é específico pela própria história da transferência da capital como um indutor da interiorização do desenvolvimento do Brasil, uma base desse grande projeto desde a sua concepção. Entretanto, a evolução dos contextos econômico e populacional não se confirmou, nem com a velocidade, nem com o direcionamento previstos. O hoje chamado entorno do DF foi consequência, entre outros fatores, do ordenamento do espaço do DF, tendo surgido como alternativa de moradia fora dos limites do DF. Esse crescimento desordenado, que atropelou o projeto de espaço planejado da nova capital, impôs ações emergenciais para absorver o peso nos serviços públicos e toda sorte de consequências de uma trajetória fora dos caminhos traçados, de acelerado crescimento populacional.
Mostrar más

63 Lee mas

A participação da sociedade civil no Conselho de Saúde do Distrito Federal : uma análise sobre a representação dos usuários

A participação da sociedade civil no Conselho de Saúde do Distrito Federal : uma análise sobre a representação dos usuários

A sociedade civil vem conquistando vários espaços de participação democrática por meio de lutas, principalmente no campo da política de saúde. Por isso, este estudo teve como objetivo principal analisar a participação da sociedade civil no Conselho de Saúde do Distrito Federal. Foi realizado um levantamento das ações da sociedade civil no âmbito dos representantes dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que compõem o Conselho do Distrito Federal durante a gestão 2011-2014. A questão central desse trabalho é identificar como a participação da sociedade civil fortalece a saúde como direitos de todos e dever do Estado no sentido de consolidar o projeto político do SUS. Pretendeu-se investigar as mudanças ocorridas pós o estabelecimento do SUS na esfera da participação da sociedade civil no Distrito Federal; identificar e caracterizar as iniciativas e ações dos membros representantes dos usuários do SUS no Conselho de Saúde do Distrito Federal e verificar se as deliberações são implantadas pelo governo. Esta pesquisa de caráter qualitativo utilizou como instrumentos de coleta de dados: a observação participante e as entrevistas semiestruturadas. Os resultados mostram que, os representantes dos usuários podem expor suas ideias e apresentar projetos, porém são prejudicados em suas atuações por não ser promovido pelo governo capacitação para tal responsabilidade. Os conselheiros estão motivados a agir a favor da sociedade civil, mesmo que em alguns casos sejam limitados pelo Estado. A participação social ativa nos espaços públicos provoca mudanças e garante direitos à população na área da saúde.
Mostrar más

79 Lee mas

Mensuração de ativos culturais  : uma aplicação do método do custo de viagem em bens públicos culturais do Distrito Federal

Mensuração de ativos culturais : uma aplicação do método do custo de viagem em bens públicos culturais do Distrito Federal

um bem, mesmo que nunca tenha utilizado antes (BRANDLI et al, 2006). A DAP é estimada com a aplicação de questionários do tipo Open-Ended, referendos, cartões de pagamento, e lances interativos (DUTTA, 2007; MOTA, 1997). Trata-se de uma ferramenta importante, pois é capaz de captar o valor de uso e de não uso de um bem, mesmo que não exista um mercado (BLAKEMORE e WILLIANS, 2008). O método possui uma alta validade teórica, porém não possui uma alta validade de mercado, pois utiliza um modelo de simulação de mercado (PORTER, 2004). Os principais pontos fracos do método da valoração contingente estão na forma em que a pergunta é elaborada para verificar a DAP ou DAR, na forma de pagamento sugerida (dinheiro, redução de impostos, etc), e na própria aplicação de questionários (STAMPE et al, 2008). Autores como Throsby (2003) consideram a técnica controversa. Já para Carman et al (1999), o valor resultante do método pode ser muito baixo quando aplicado a um bem arqueológico, não sendo possível determinar o valor de um bem único que está enterrado, pelo fato de não estar exposto.
Mostrar más

127 Lee mas

Gestantes, parturientes e lactantes: uma análise da efetividade do cárcere na penitenciaria feminina do Distrito Federal

Gestantes, parturientes e lactantes: uma análise da efetividade do cárcere na penitenciaria feminina do Distrito Federal

No estabelecimento materno-infantil contam com acompanhamento médico e psicológico, prestado por profissionais do próprio estabelecimento e da rede pública de saúde. Nestas alas há instalações com estrutura necessária para que as mães custodiadas possam oferecer cuidados maternos aos seus bebês. A ala do berçário tem 22 vagas com beliches, berços, local de higienização para os bebês e banheiro coletivo com chuveiros quentes. Todas recebem o enxoval completo, fornecimento de materiais de higiene para mãe e filho tais como fraldas descartáveis, sabonetes infantil e adulto, pomadas, banheira infantil de plástico, sabão em pó e em pedra – para lavagem do enxoval, absorventes e outros. 86
Mostrar más

53 Lee mas

Uma análise cognitiva do dêitico aqui em dados orais e multimodais

Uma análise cognitiva do dêitico aqui em dados orais e multimodais

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB – Bahia - Brasil Resumo: O objetivo da presente pesquisa consiste em verificar os usos prototípicos e não-prototípicos do dêitico aqui em dados orais e multimodais, a partir de registros do corpus C-ORAL-BRASIL e em trechos de vídeos de palestras TEDx (retirados do Youtube). Esta pesquisa dialoga estudos sobre dêixis na perspectiva tradicional (BENVENISTE, 1977, 1988), Construcional (TEIXEIRA; OLIVEIRA, 2012) e com estudos do mesmo fenômeno na perspectiva da Linguística Cognitiva (MARMARIDOU, 2000). Mais especificamente, analisamos, do ponto de vista multimodal, a integração gesto-fala (MCNEILL; CASSELL; LEVY, 1993; AVELAR; FERRARI, 2017). Do ponto de vista teórico, partimos, principalmente, dos conceitos de Metáfora (LAKOFF; JOHNSON, 1980) e Modelos Cognitivos Idealizados (LAKOFF, 1987). A metodologia utilizada na pesquisa consistiu em selecionar duas interações em áudio do corpus C-ORAL-Brasil e três trechos de vídeos de palestras TEDx. Após selecionar as amostras, foram realizadas análises qualitativas. O resultado dessas análises evidenciou que o uso prototípico do dêitico como locativo de espaço ocorre em ambos os contextos (oral e multimodal). Além disso, a ocorrência do “aqui” como marcador também ocorre em ambos os contextos. Porém, no contexto multimodal, esse uso não é acompanhado do gesto prototípico “apontar para baixo”, postulado em outros estudos (AVELAR; FERRARI, 2017). Observamos, também, que a ocorrência metafórica do dêitico, mais especificamente das metáforas “TEMPO É ESPAÇO” e “IDEIAS SÃO OBJETOS”, ocorre apenas no contexto multimodal.
Mostrar más

10 Lee mas

Ciclos político-econômicos : uma análise do comportamento dos gastos públicos do Estado do Paraná no período de 2003-2013 via dados em painel

Ciclos político-econômicos : uma análise do comportamento dos gastos públicos do Estado do Paraná no período de 2003-2013 via dados em painel

A relação existente entre processos políticos e variáveis econômicas é de importância fundamental para desenvolvimentos teóricos futuros na ciência econômica. Essa relação ocorre porque, em geral, os governantes têm poder de decisão sobre variáveis econômicas, por exemplo, ao desenhar politicas fiscais e monetárias que busquem a estabilização ou estimulem o crescimento econômico. Na busca de causas do entendimento dessas relações, o principal marco teórico foi delineado a partir da década de 70, e a partir daí os trabalhos sobre o tema se multiplicaram. Nordhaus (1975) foi o pioneiro nesta literatura com seu modelo oportunista, em que o comportamento dos governantes sincroniza os gastos com o calendário eleitoral, maximizando sua contagem de votos. Hibbs (1977) avançou com seu modelo partidário, e postulou que o partido exerce influência sobre as decisões políticas do governo. A partir da construção teórica da década anterior, nas décadas de 80 e 90, houve uma extensão dos modelos tradicionais, em que se adicionou a hipótese das expectativas racionais e assimetria da informação (ROGOFF, SIBERT, 1988; ALESINA, 1987). No Brasil, estudos revelam que os ciclos ocorrem tanto nos âmbitos municipal, estadual e federal. Este trabalho tem como objetivo contribuir com a literatura mediante a análise da existência de ciclos político-econômicos nos municípios do estado do Paraná no período de 2003 a 2013. A partir das referenciais teóricos, foram aplicados testes econométricos para verificar a existência de oportunismo politico nos municípios paranaenses. O modelo econométrico utilizado foi de dados em painel com efeitos fixos. Os resultados evidenciam que, em anos eleitorais o gasto público municipal aumenta ao passo que, em anos pós-eleitorais, este gasto decresce. A conclusão do trabalho é que existe um processo de ajustamento dos gastos municipais com o calendário eleitoral, corroborando a hipótese do ciclo político-econômico.
Mostrar más

39 Lee mas

Qualidade de vida de jovens de uma paróquia do Distrito Federal

Qualidade de vida de jovens de uma paróquia do Distrito Federal

RESUMO Introdução: O sedentarismo na adolescência é considerado um problema de saúde pública, é comprovado por estudos que a atividade física tem diversos benefícios. Existem evidências que a religião é um fator associado ao bem-estar e a saúde dos jovens. Objetivo: O presente estudo analisou a associação de indicadores de qualidade de vida e religiosidade, e comportamentos sedentários em indivíduos Jovens de Planaltina-DF. Material e Métodos: Foi realizada a coleta de dados através do questionário SF-36. Considerações Finais: No estudo não foi encontrada diferença significativa (p > 0,05), entre as variáveis de qualidade de vida. Apesar de uma tendência a diferença significativa para a variável ‘‘Dor ’’, onde o grupo de 22 a 25 anos apresentou estado de dor melhor quando comparado ao grupo de 18 a 21 anos.
Mostrar más

26 Lee mas

Análise do profissional de educação física como empreendedor em uma escola de esportes no Distrito Federal - DF

Análise do profissional de educação física como empreendedor em uma escola de esportes no Distrito Federal - DF

Freire (2003) apresenta um conceito importante para que o trabalho de iniciação esportiva seja bem feito. Para o autor, é fundamental que o professor estimule sempre a motivação de seus alunos (crianças e adolescentes) através de atividades que priorizem o lúdico e o companheirismo entre eles, e que a utilização de brincadeiras e jogos da cultura popular deveriam ser levados, acima de tudo, em consideração. Ressalta também, quatro importantes pilares pedagógicos para a iniciação esportiva: Ensinar a todos, não importando a bagagem motora e o desempenho do aluno e sem particular atenção aos mais habilidosos; ensinar bem a todos, levando o tempo que for preciso para que todos os alunos possam evoluir; ensinar mais, mais do que a prática esportiva, é preciso ensinar o aluno a ser um ser humano, através dos campos motores, afetivos e sociais; ensinar a gostar do esporte, para que o aluno venha a praticar atividades físicas regulares e ter seus benefícios sem obrigações.
Mostrar más

51 Lee mas

O STF e a divulgação nominalmente individualizada da remuneração dos servidores públicos : uma análise crítica do Recurso Extraordinário 652.777-SP

O STF e a divulgação nominalmente individualizada da remuneração dos servidores públicos : uma análise crítica do Recurso Extraordinário 652.777-SP

Muito embora, na decisão monocrática, o Ministro tenha entendido pela suspensão da segurança, não deixou de tratar do mérito, apresentando uma alternativa razoável para a solução do problema, esclarecendo seu ponto de vista da seguinte forma: (...) diante do dinamismo da atuação administrativa para reagir à alteração das situações fáticas e reorientar a persecução do interesse público, segundo novos insumos e manifestações dos servidores, do controle social e do controle oficial, por exemplo, deve-se a municipalidade perseguir diuturnamente o aperfeiçoamento do modo de divulgação dos dados e informações, bem como a sua exatidão e seu maior esclarecimento possível. Nesse sentido, a Administração poderá sempre buscar soluções alternativas ou intermediárias. No caso em questão, uma solução hipoteticamente viável para a finalidade almejada seria a substituição do nome do servidor por sua matrícula funcional. Novas soluções propostas à Administração são sempre viáveis para aperfeiçoar a divulgação de dados que privilegiem a transparência e busquem preservar, ao mesmo tempo, a intimidade, a honra, a vida privada, a imagem e a segurança dos servidores (e daqueles que dele dependem). (SS 3902 /SP. Relator(a): Min. Presidente, decisão proferida pelo Ministro GILMAR MENDES, decisão monocrática, julgado em 08.07.2009, DJe-146 DIVULG 04.08.2009 PUBLIC 05.08.2009) (grifo nosso).
Mostrar más

133 Lee mas

Análise da estratégia saúde da família em uma unidade de saúde do Distrito Federal

Análise da estratégia saúde da família em uma unidade de saúde do Distrito Federal

O Programa Saúde da Família surgiu no Brasil em 1994, visando uma reformulação no modelo assistencial em saúde, que estava centrado na doença e no médico. Em 2006, o Programa em questão deixou de ser um programa e passou a ser uma estratégia permanente na atenção básica à saúde. O princípio mais importante dessa estratégia é que a saúde deva ser garantida como um direito de todo o cidadão e um dever do Estado. Segundo o Ministério da Saúde, a Unidade Básica de Saúde está destinada a fornecer ao cidadão uma atenção contínua no nível de proteção social básica através de uma equipe multiprofissional habilitada a desenvolver atividades de promoção, proteção e recuperação à saúde. O presente estudo propôs uma pesquisa de natureza qualitativa, que objetiva avaliar a implementação da Estratégia Saúde da Família em uma Unidade de Saúde do Distrito Federal. A metodologia incluiu a realização de entrevistas semiestruturadas para os profissionais de saúde da unidade e grupos focais para os usuários que são atendidos pela equipe de Estratégia Saúde da Família nesta Unidade Básica de Saúde. Por meio das entrevistas e grupos focais, foi possível analisar a percepção dos usuários de saúde e dos profissionais de saúde da equipe multidisciplinar acerca dos seguintes temas selecionados para o estudo: trabalho realizado pela equipe dos profissionais em saúde, integralidade da atenção e acolhimento do usuário. Após a análise por grupo, foi feita a análise comparativa dos dados obtidos dessas duas populações de participantes. Nos resultados, observaram-se convergências e divergências em relação aos temas propostos. A partir disso, foram propostas melhorias e adequações ao serviço de saúde prestado à população.
Mostrar más

133 Lee mas

Adolescentes em conflito com a lei: uma análise da punição do jovem no Distrito Federal

Adolescentes em conflito com a lei: uma análise da punição do jovem no Distrito Federal

deveria assegurar as garantias previstas também para os adultos; no entanto não tem sido capaz de cumprir sua efetiva função por se encontrar superlotado, desligitimado, insalubre, corrupto, entro outros.” 4 A sociedade contemporânea tem a visão que a punição é a melhor forma de combate ao crime e a violência. Não importando se tratamos de jovens ou adultos, a solução almejada é sempre a mesma. A sociedade quer ver o jovem punido como forma de combate ao problema da violência. Salientando que medidas de combate, são medidas de eliminação do problema, método esse não muito eficaz com se observa nos Estados Unidos com a política de “tolerância zero” (onde se puniria qualquer delito, desde o mais leve ao mais grave). Porém mesmo que essa punição ao extremo tenha levado ao aumento do número de prisões, em contramão os números da criminalidade se mantiveram estáveis. 5
Mostrar más

52 Lee mas

O erro médico sob o olhar do judiciário : uma análise das decisões do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios

O erro médico sob o olhar do judiciário : uma análise das decisões do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios

Na literatura científica norte americana há muitos estudos de coorte, observacionais (CARAYON; XIE; KIANFAR (2014), TAMBLYN et. al. (2014), RUDDY et. al. (2015), ATOOF et. al. (2015), SINGH; MEYER; THOMAS (2014)), pesquisas de avaliação de qualidade (NOLAND; CARMACK (2015), SOUTHWICK; CRANLEY; HALLISY (2015)), evidências observadas na da prática clínica (KROMBACH et. al. (2015), MASKENS et. al. (2014), PERREGAARD et. al., (2015), GHOBRIAL et. al. (2015), MCCRORY; LAGRANGE; HALLBECK (2014)), estudos de aplicabilidade de tecnologias em saúde em prol da melhoria da segurança do paciente (CHO et. al. (2014), SINGH; SITTIG (2015), HRON et. al. (2015), LI et. al. (2014), UY; KURY; FONTELO (2015)), revisões sistemáticas (BUBALO et. al. (2014), TREADWELL; LUCAS; TSOU (2014), HARRIS et. al. (2015)) e análises da responsabilidade legal dos profissionais de saúde frente a casos que chegam a justiça (SVIDER et. al. (2014), MONTGOMERY (2015)), ademais, os estudos (YU et. al. (2014), GINSBURG et. al. (2014), JEFFS et. al. (2014), MASIC; IZETBEGOVIC (2014), CASTEL et. al., (2015)) também discutem os esforços para a criação de uma rede de segurança do paciente dentro das organizações de prática clínica, uma consolidação da cultura de segurança do paciente, comunicação interpessoal e com o paciente no ambiente hospitalar e a notificação de casos.
Mostrar más

99 Lee mas

Gestão do conhecimento em uma empresa júnior do Distrito Federal

Gestão do conhecimento em uma empresa júnior do Distrito Federal

A combinação é a terceira etapa, e a conversão do conhecimento se dá do explícito para o explícito. Essa etapa consiste na troca de experiências sistematizadas e orientadas à construção de novos conhecimentos que são gerados pelas diferentes análises através de documentos, conversas, banco de dados, reuniões e etc. Essa é a etapa em que o indivíduo orienta e ordena suas experiências de uma forma que outro indivíduo tenha condição de refletir e absorver a experiência do outro indivíduo, mesmo não sendo vivenciada. Uma prática usualmente difundida na administração é o processo de lições aprendidas ao final de um projeto. Essa prática visa documentar, ao máximo possível, as experiências e interações que aconteceram durante o projeto. Esse momento em que o conhecimento organizacional é difundido e aumentado, capacitando os indivíduos a estarem aptos para executar as atividades que foram documentadas nos espaços de interação (TAKEUCHI E NONAKA, 2008).
Mostrar más

36 Lee mas

Modelagem conceitual do banco de dados geográfico para gerenciamento do mapa rodoviário turístico do Distrito Federal

Modelagem conceitual do banco de dados geográfico para gerenciamento do mapa rodoviário turístico do Distrito Federal

O presente trabalho apresenta uma pesquisa para a modelagem conceitual do Banco de Dados Geográficos do Mapa Rodoviário Turístico do Distrito Federal, gerenciado pela equipe de geoprocessamento do Departamento de Estradas de Rodagem. O modelo conceitual visa a adequação dos dados geoespaciais vetoriais do órgão, conforme especificações técnicas definidas na Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais do Brasil. Um dos objetivos deste projeto, além da modelagem conceitual, foi a elaboração das tabelas de relação de classes de objetos. O modelagem conceitual foi desenvolvida a partir da técnica de modelagem OMT-G utilizando a ferramenta StarUML. Este trabalho desenvolveu a base conceitual para a implementação futura do banco de dados geográficos do departamento.
Mostrar más

49 Lee mas

Dados abertos governamentais: Uma análise aplicada ao Ministério Público do Trabalho

Dados abertos governamentais: Uma análise aplicada ao Ministério Público do Trabalho

“... apesar do movimento de dados abertos ter sido impulsionado mais recentemente, o termo ‘Dados Abertos’ surgiu pela primeira vez em 1995, em um documento de uma agência científica americana, abordando a divulgação de dados ambientais e geofísicos (Chignard, 2013). No documento, os autores promoveram um completo e aberto intercâmbio de informação científica entre diferentes países como um pré-requisito para a análise e compreensão de fenômenos naturais globais. É importante frisar que o princípio de bens comuns aplicado ao conhecimento já foi teorizado por Robert King Merton, em 1942, onde sua teoria mostrava os benefícios de dados científicos abertos” (ISOTANI e BITENCOURT, 2015). Extensamente difundidas são também as 03 leis para os Dados Abertos Governamentais, propostas pelo especialista em políticas públicas e ativista dos dados abertos, David Eaves: 1) se o dado não pode ser encontrado e indexado na Web, ele não existe; 2) se não estiver aberto e disponível em formato compreensível por máquina, ele não pode ser reaproveitado e 3) se algum dispositivo legal não permitir sua replicação, ele não é útil (EAVES, 2009). Embora sejam propostas com foco nos DAG, essas leis podem ser aplicadas para dados abertos de forma geral. O Open Data Charter - ODC é uma organização internacional de colaboração entre governos e especialistas que trabalham para abrir dados e foi fundada em 2015, em torno de seis princípios sobre os quais os governos deveriam estar publicando informações. Os princípios aplicados aos dados abertos e preconizados pelo Charter são: a) aberto por padrão: a presunção geral é a publicação de dados para todos;
Mostrar más

84 Lee mas

Determinantes do sucesso escolar : uma análise multinível a partir dos dados do Pisa 2015

Determinantes do sucesso escolar : uma análise multinível a partir dos dados do Pisa 2015

O tempo de dedicação ao aprendizado de ciências (SMINS), o gosto pela área de ciências (JOYSCIE) e a preocupação com questões ambientais (ENVAWARE) têm relação positiva com o desempenho do aluno. O coeficiente estimado para o tempo em minutos dedicado semanalmente em aulas de ciências (SMINS), apresenta um coeficiente estimado de 0,071. Considerando, por exemplo, a diferença de tempo de aula entre o Brasil e os Estados Unidos, que é cerca de 70 minutos 14 , uma maior ênfase em ciências pelo sistema educacional brasileiro que igualasse estes índices poderia significar um aumento de 5 pontos na avaliação desta área. Esta ação poderia ser feita aproveitando a proposta de horário integral, expandindo o tempo de disciplinas regulares para o contraturno. Apesar do ganho ser aparentemente pequeno, nos colocaria por exemplo mais próximos do escore de países como México ou Uruguai. Um ponto muito importante sobre este índice é a viabilidade de intervenção governamental direta, nem sempre possível em outros fatores. Como se pode observar no histograma da amostra para esta variável (ver Figura 5.2 na página 40), a distribuição é positivamente assimétrica com forte concentração de alunos em baixas cargas horárias (abaixo da média de 172,2 horas), o que indica que o nivelamento de horas de estudo em ciências para estes alunos, aproximando da média amostral, poderia causar um efeito positivo no desempenho geral, sem a necessidade de inflacionar a carga horária das escolas que já estejam em melhores condições. Um efeito colateral positivo seria uma maior inclusão social de alunos de menor recurso, aumentando suas expectativas futuras e melhorando a perspectiva econômica geral, ao viabilizar recursos humanos a médio e longo prazo para atividades que exijam maior qualificação.
Mostrar más

60 Lee mas

Desigualdade social no Brasil: uma análise através dos dados tributários da receita federal do Brasil de 2007 até 2016

Desigualdade social no Brasil: uma análise através dos dados tributários da receita federal do Brasil de 2007 até 2016

Para Kuznets (1955), o dinamismo da economia com liberdade de oportunidades individuais faz parte de um dos grupos de fatores que compensam os efeitos negativos da concentração de poupança na economia nas mãos de poucos. Em meio a uma sociedade pautada no avanço da tecnologia e no rápido crescimento, o ritmo desenfreado de mudanças conduz a um decrescimento do peso de ativos e de propriedades originários de indústrias mais antigas, devido ao nascimento das indústrias mais jovens. Embora existam herdeiros descendentes das gerações passadas de renda alta entre o grupo de maior renda, não são maioria. Em suas palavras “Successful great entrepreneurs of today are rarely sons of the great and successul entrepreneurs of yesterday” (KUZNETS, 1955, p.10). Ou seja, diferentemente de Piketty, Kuznets não considera o peso da herança como um efeito perverso ou limitador de uma sociedade mais justa e democrática.
Mostrar más

73 Lee mas

O Programa Universidade para Todos : uma análise da democratização do acesso numa IES Privada do Distrito Federal (2011 a 2015)

O Programa Universidade para Todos : uma análise da democratização do acesso numa IES Privada do Distrito Federal (2011 a 2015)

a priori: democratização, expansão e equidade deram o norte à pesquisa, ajudando na compreensão do fenômeno à luz desses conceitos. Qualidade da educação básica e cotas emergiram da fala dos sujeitos e se consolidaram como categorias surgidas a posteriori. Foram explicitadas contradições relacionadas à relação público-privada; e realizadas mediações capazes de relacionar os sujeitos ao objeto à luz da historicidade que dá suporte à realidade dos fatos. Os resultados obtidos com a pesquisa confirmam a tese de que o ProUni está promovendo a democratização do acesso à educação superior na instituição privada investigada, considerando a compreensão das categorias sugeridas. No entanto, apontam para a necessidade de que ajustes devem ser realizados no atendimento à política pesquisada. Por tratar-se de um Mestrado Profissional, dentre os objetivos específicos tem-se a proposta de uma Nota Técnica a ser apresentada ao Ministério da Educação que, dentre algumas recomendações, destaca a necessidade de se criar ferramentas que garantam a permanência do bolsista no curso, até sua conclusão, ponto que se mostrou pacífico entre os sujeitos da pesquisa. Além disso, ressaltou-se a necessidade de se buscar incessantemente a qualidade das IES e dos cursos nelas oferecidos. Para este trabalho, a compreensão que se faz é de que não há democratização sem qualidade. A busca pela ampliação dos direitos é entendida como fundamental para a redução das assimetrias sociais, entre as quais, o déficit educacional. Portanto, tratar os desiguais, de maneira igualmente desigual, deve ser a lógica de uma política pública que se diz democratizante. Ademais, a constituição de ações afirmativas é necessária e as cotas, que concretizam essas ações, transformam-se em um meio de garantia de direitos historicamente relegados. O ProUni promove a democratização do acesso à educação (como ampliação de direito) quando evidencia os mais carentes e os negros, além de reservar vagas àqueles com deficiência.
Mostrar más

236 Lee mas

Show all 10000 documents...

Related subjects