PDF superior POLUIÇÃO VISUAL NA AVENIDA GETÚLIO VARGAS DE JARAGUÁ DO SUL, SC

POLUIÇÃO VISUAL NA AVENIDA GETÚLIO VARGAS DE JARAGUÁ DO SUL, SC

POLUIÇÃO VISUAL NA AVENIDA GETÚLIO VARGAS DE JARAGUÁ DO SUL, SC

O desatendimento às disposições desta Lei sujeita os infratores às seguintes penalidades: Os responsáveis pelo letreiro ou anúncio serão penalizados com multa; cancelamento do Alvará de Publicidade; remoção do veículo publicitário (JARAGUÀ DO SUL, 2004). As empresas de instalação e de manutenção serão penalizadas com a suspensão do registro no CADEP (Centro de Aperfeiçoamento e Desenvolvimento Especializado em Projetos Industriais e Ambientais) por prazo não superior a um ano, até ser sanada a irregularidade que a motivou, sob pena de cancelamento definitivo do registro. O cumprimento de intimação e pagamento de multa é de responsabilidade do proprietário do veículo publicitário. O pagamento da multa não regulariza a falta.
Mostrar más

13 Lee mas

POLUIÇÃO VISUAL NA AVENIDA GETÚLIO VARGAS DE JARAGUÁ DO SUL, SC

POLUIÇÃO VISUAL NA AVENIDA GETÚLIO VARGAS DE JARAGUÁ DO SUL, SC

Submetem-se a esta Lei todos os letreiros e anúncios, visíveis ou audíveis do logradouro público. Segundo essa lei municipal, são considerados veículos ou engenhos publicitários as placas, cartazes, outdoors, adesivos, flâmulas, faixas, banners, etc. ou quaisquer elementos de comunicação visual ou audiovisual utilizados para fazer propaganda ao público. Nela entende-se por anuncio ou letreiro: a publicidade exposta no próprio local onde a atividade é exercida. Todo veículo ou engenho publicitário, bem como seus sistemas componentes e estruturas de sustentação, deverá observar o seguinte: oferecer condições de segurança pública, ter responsável técnico legalmente habilitado quanto ao projeto, execução, montagem, instalação, manutenção e remoção (quando exigido), não prejudicarem a visualização de bens significativos e locais de interesse paisagístico, turístico e ecológico, indicados pelo Poder Público, não prejudicar a visibilidade, a legibilidade e o entendimento da sinalização de trânsito ou outro sinal de comunicação institucional, destinado à orientação do público, bem como a numeração imobiliária, o mobiliário urbano, a arborização pública, a infraestrutura urbana e a nomenclatura dos logradouros, não prejudicar o livre trânsito dos pedestres e a visualização do tráfego, respeitar o direito de vizinhança, o sossego e a tranquilidade alheia, não prejudicar de alguma forma a insolação ou a aeração da edificação em que estiver instalado ou das edificações vizinhas, não apresentar conjunto de formas, sinais e cores que se confunda com as convencionadas para a sinalização de trânsito e de segurança contra incêndio.
Mostrar más

12 Lee mas

IF-SC campus Jaraguá do Sul Bruno Patrick Raoni Thiago

IF-SC campus Jaraguá do Sul Bruno Patrick Raoni Thiago

Pretendemos, também, estudar o projeto ciclovia “caminho verde” já existente em outros estados e municípios, descobrir o custo que uma destas ciclovias geraria aqui, pesquisar pontos estratégicos com espaços e com grandes locomoções de pessoas onde esse projeto melhor se adaptaria com mapas e/ou maquetes e mostras um dos fatores mais importantes, que nos levou a fazer essa pesquisa, a melhoria que ocasionaria em Jaraguá do Sul pela troca de automóveis por bicicletas, tanto na saúde da população como no andamento do trânsito e, porque não, como um pequeno atrativo turístico, como o chamado “bike turismo” localizado no vale europeu ou mesmo o que está localizado na capital Florianópolis (quem nunca foi pra Florianópolis e andou ou deu uma pequena espiada nas suas ciclovias) por isso que um de nossos objetivos específicos é o da “bike de aluguel”, para que pessoas que não possuem bicicleta possam experimentar a sensação de andar em uma ciclovia.
Mostrar más

7 Lee mas

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CÂMPUS JARAGUÁ DO SUL CURSO TÉCNICO EM QUÍMICA (MODALIDADE INTEGRADO)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CÂMPUS JARAGUÁ DO SUL CURSO TÉCNICO EM QUÍMICA (MODALIDADE INTEGRADO)

Esta pesquisa tem como objetivo constatar o conhecimento que estudantes de instituições públicas e particulares de ensino médio e superior de Jaraguá do SulSC possuem a respeito da Doença Celíaca, pois muitas pessoas têm a doença mas a desconhecem, e assim nosso estudo poderá contribuir para que estes jovens sejam informados sobre a Doença Celíaca e devido a este novo conhecimento venham a se preocupar com as informações nutricionais contidas nas embalagens dos alimentos que consomem.

14 Lee mas

INUNDAÇÕES BRUSCAS E GRADUAIS NO MUNICÍPIO DE JARAGUÁ DO SUL

INUNDAÇÕES BRUSCAS E GRADUAIS NO MUNICÍPIO DE JARAGUÁ DO SUL

As inundações vêm ocorrendo com bastante frequência no município. Em Jaraguá do SulSC ocorrem dois tipos de inundações, as graduais que ocorrem com o passar do tempo e muitas vezes podemos prevê-las e as bruscas que acontecem de uma forma brusca como o próprio nome indica e raramente podemos prevê-las.

9 Lee mas

O NÍVEL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DE JARAGUÁ DO SUL

O NÍVEL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DE JARAGUÁ DO SUL

A LDB também define que o Ensino Médio é a “etapa final da educação básica”, hoje o Ensino Médio tem como objetivo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico e a formação pessoal para que possa integrar seu projeto individual ao projeto da sociedade em que vive, buscando a orientação básica para a sua inserção no mundo do trabalho, além disso, um de seus alvos é que os alunos consigam aprender sozinho após a conclusão do ensino básico.

15 Lee mas

EXPANSÃO DO ESTADO NACIONAL E COMPETÊNCIA TÉCNICA NO BRASIL SOB A DITADURA DE GETÚLIO VARGAS (1937-1945)

EXPANSÃO DO ESTADO NACIONAL E COMPETÊNCIA TÉCNICA NO BRASIL SOB A DITADURA DE GETÚLIO VARGAS (1937-1945)

plo, pude notar que seu recrutamento ocorreu dentro de um grupo bastante concentrado de indivíduos que acumulavam experiências com- partilhadas em órgãos públicos e também nas empresas do setor, o que reforçava a centrali- dade do seu papel na formulação de políticas específicas voltadas ao seu desenvolvimento. Sola remonta o surgimento de uma concepção mais ampliada acerca do desenvolvimento à experiência da missão de colaboração que reuniu técnicos brasileiros e norte-americanos, conhecida como “Missão Cooke”, que foi cons- tituída em 1942 23 , no contexto do alinhamento brasileiro aos “aliados”, na Segunda Guerra Mundial, voltada à realização de atividades conjuntas de estudo e planejamento econômi- co. A partir daí teria se consolidado um proces- so pelo qual o saber e a experiência técnica foram sendo gradualmente acumulados pelos profissionais envolvidos nesse tipo de iniciativa — os técnicos e funcionários reunidos nos órgãos econômicos da administração direta e nos conselhos e comissões ad hoc —, conferin- do-lhes uma consciência “mais apurada e realis- ta” acerca dos fatores que restringiam o cres- cimento econômico do país 24 . A atuação desses profissionais, nesse sentido, pode ser inscrita rraz de Sampaio e Waldemar José de Carvalho, e o do economista Américo Barbosa de Oliveira. Ibidem, 238-242.
Mostrar más

7 Lee mas

SABRINA DOLCI MARQUES PÍLULA DO DIA SEGUINTE COMO MÉTODO CONTRACEPTIVO DE EMERGÊNCIA

SABRINA DOLCI MARQUES PÍLULA DO DIA SEGUINTE COMO MÉTODO CONTRACEPTIVO DE EMERGÊNCIA

Sendo assim, o diafragma atua como uma contracepção feminina de barreira, interno ao canal vaginal. Portanto não impede o contágio de doenças sexualmente transmissíveis. Segundo alguns especialistas, como a médica Sheila Sedicais e o médico Sérgio dos Passos Ramos, o diafragma é um método que não substitui a camisinha e, ao contrário dela, é utilizado diversas vezes, após 8 horas do ato deve ser retirado e lavado, e sua durabilidade é em torno de 2 a 3 anos. Porém, ressalta-se que o diafragma também exige alguns cuidados, pois “Se ele tiver um furo, estiver ficando enrugado ou caso a mulher engravide ou ganhe peso, o diafragma deverá ser substituído.” (SEDICAIS, 2007).
Mostrar más

72 Lee mas

PRODUÇÃO E ANÁLISE DE ADUBOS GERADOS A PARTIR DE RESÍDUOS ORGÂNICOS E RESÍDUOS DE VARRIÇÃO

PRODUÇÃO E ANÁLISE DE ADUBOS GERADOS A PARTIR DE RESÍDUOS ORGÂNICOS E RESÍDUOS DE VARRIÇÃO

Como resíduo orgânico, se define todo e qualquer rejeito proveniente de origem animal ou vegetal. Segundo o Ministério do Meio Ambiente (2010), os resíduos orgânicos constituem a maior parcela de rejeitos no Brasil. Em todo lugar existe a produção de resíduo orgânico, logo, seu descarte muitas vezes é feito de forma incorreta, fazendo assim com que ele gere diversos problemas ao meio ambiente. Ainda segundo Campos et. al (2010), além dos problemas causados ao meio ambiente, o descarte indevido desses resíduos representa muitas vezes no desperdício de uma matéria-prima que poderia ser aproveitada.
Mostrar más

32 Lee mas

O conhecimento que os alunos e servidores do campus de Jaraguá do Sul têm sobre o HPV (papilomavírus humano)

O conhecimento que os alunos e servidores do campus de Jaraguá do Sul têm sobre o HPV (papilomavírus humano)

A transmissão do vírus é mais associada ao fato do contato com a pele infectada, pela via sexual, tanto como oral-genital, genital-genital ou manual- genital, mas não é necessária uma penetração para que o vírus seja transmitido. Ainda não há nenhuma comprovação de que tal vírus poderá ser transmitido pelo compartilhamento de objetos como, por exemplo, um banheiro público, roupas íntimas, entre outros. É muito difícil distinguir o tempo em que o vírus se encontra no organismo pois ele poderá se manifestar em alguns meses ou anos depois de adquiri-lo.
Mostrar más

36 Lee mas

Conclusão   Conectando saberes

Conclusão Conectando saberes

Conseguimos uma cópia da carta que informa a cobrança desta lei, e entramos em contato com a CIDASC (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina) empresa responsável pela distribuição desta carta que informa aos proprietários de restaurantes a proibição da doação de restos de alimentos gerados por seus estabelecimentos, pois gostaríamos de saber qual o porquê desta lei, e então para onde devem ir os resíduos já que a lei proíbe a doação, porém não obtivemos as informações das quais procurávamos, tentamos ainda entrar em contato com a Ouvidoria SC que nos foi indicada pela CIDASC quando entramos em contato a busca de informações, porém a Ouvidoria SC também não nos cedeu informações das quais necessitávamos, e assim não conseguimos tirar as devidas dúvidas.
Mostrar más

27 Lee mas

Aline Bianchini Jean Carlos Bassani José Eduardo da Silva Olegário Milena Bohn Bido

Aline Bianchini Jean Carlos Bassani José Eduardo da Silva Olegário Milena Bohn Bido

“Os resíduos alimentares despertam iniciativas para projetos educativos e sociais que ensinam várias maneiras de se aproveitar os alimentos de forma integral, na elaboração de diversos pratos, na elaboração de rações, e na elaboração de adubos orgânicos. São trabalhos que ajudam na mudança comportamental das pessoas, quebrando preconceitos e paradigmas em relação aos alimentos. Também propiciam o resgate de antigos hábitos culturais cultivados por nossos antepassados e que se perderam ao longo do tempo.” (VILHENA E SILVA, 2007 p.2).
Mostrar más

10 Lee mas

ACOMPANHAMENTO PARASITOLÓGICO EM PROPRIEDADE LEITEIRA NA METADE SUL DO RIO GRANDE DO SUL

ACOMPANHAMENTO PARASITOLÓGICO EM PROPRIEDADE LEITEIRA NA METADE SUL DO RIO GRANDE DO SUL

A ineficiência do controle desses parasitos em bovinos pode estar relacionado a práticas de manejo equivocadas. Um grande problema que vem aparecendo é a população de parasitos resistentes a fármacos, devido ao tratamento indiscriminado dos animais com aplicações de anti-helmínticos realizados de forma incorreta, ou até mesmo o uso exaustivo de um mesmo princípio ativo (PEREIRA, 2011).

5 Lee mas

Descargar
			
			
				Descargar PDF

Descargar Descargar PDF

Já nesse período (meados do século XIX), os interesses argentinos na região aumentavam, exatamente devido à exploração madeireira que iniciavam usando o curso do Rio Uruguai e à exploração ervateira, então em fraca expansão. Daí reacender-se, nesse momento, o litígio sobre os limites internacionais naquela zona, reivindicando a Argentina o território de Missiones (disputado ao Paraguai) e as terras situadas a Oeste dos rios Chapecó e Chopin (disputadas ao Brasil). A ocupação efetiva do território torna-se, então, questão estratégica para a geopolítica do Império. Nesse contexto é que a abertura da estrada de Palmas a Corrientes torna-se inadiável. Os planos brasileiros previam, certamente, estabelecer uma situação de fato que lhe favorecesse na decisão do litígio, e preparar a ocupação definitiva (com povoações), quando essa decisão ocorresse. 13
Mostrar más

22 Lee mas

EFEITO DO CREDITO NA OFERTA PISCICOLA DO RIO GRANDE DO SUL

EFEITO DO CREDITO NA OFERTA PISCICOLA DO RIO GRANDE DO SUL

A pesca como atividade econômica iniciou no Rio Grande do Sul, somente, em 1870, com os imigrantes portugueses, originários de Póvoa do Varzim. A maior parte desses imigrantes (pescadores artesanais litorâneos) que chegou ao Rio Grande do Sul se instalou no município do Rio Grande, a partir de então começou a ocorrer o desenvolvimento da pesca local, já que, segundo CABRAL (1997), estes pescadores eram profissionais, pois possuíam um conhecimento secular da atividade pesqueira, além de possuir adequado aparato de pesca.
Mostrar más

6 Lee mas

OCORRÊNCIA DE GIARDIA SPP  EM AMOSTRAS FECAIS COLETADAS NA PRAÇA MUNICIPAL DE CERRITO RS

OCORRÊNCIA DE GIARDIA SPP EM AMOSTRAS FECAIS COLETADAS NA PRAÇA MUNICIPAL DE CERRITO RS

Os resultados do presente estudo divergem de certa forma com os de Alves et al. (2016), visto que 16,7% de amostras positivas consistem em uma incidência relativamente baixa quando comparamos os dois trabalhos. Porém, tendo em vista a importância do caráter zoonótico, a positividade de uma amostra já expressa risco para a saúde pública, principalmente se tratando de um espaço frequentado por crianças que, segundo Dias et al. (2018), são os mais suscetíveis em função do seu comportamento oro-fecal e da imaturidade do sistema imunológico nessa faixa etária.
Mostrar más

6 Lee mas

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS JARAGUÁ DO SUL CURSO TÉCNICO EM QUÍMICA (MODALIDADE: INTEGRADO) AUGUSTO PAULO LENCKULH GABRIEL FELIPE MEYER GUILHERME CAMPOS WEEGE

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS JARAGUÁ DO SUL CURSO TÉCNICO EM QUÍMICA (MODALIDADE: INTEGRADO) AUGUSTO PAULO LENCKULH GABRIEL FELIPE MEYER GUILHERME CAMPOS WEEGE

Na escola, a música pode ter diversas funções, porém no componente curricular Artes, a música deve ser tratada como conhecimento, estruturado e sistematizado, produzindo o saber e o pensar do educando, e não apenas por meio de adornos, festas de escolas, apresentações, passatempo, etc. Isto é, a música deve ser um objeto de estudo, no qual deve ter uma estrutura e um sistema para que os educandos realmente possam compreender o que é música, de definição à prática, e assim se desenvolver.

14 Lee mas

Reputação, cooperação e defesa na América do Sul

Reputação, cooperação e defesa na América do Sul

Se este efeito da reputação é variável (instável) e de acordo com as respostas progressivamente dadas em cooperação repetida (jogos de repetição), também a implementação de um determinado acordo tem grandes chances de ser ineficaz. Mas há ainda outros indícios na literatura que apontam firme relação entre o grau democrático em que se encontram atores estatais e a capacidade de agirem de acordo em ocasiões de cooperação. Entretanto, MacFarlane (2003), defende que relações de cooperação visam atender expectativas de inclusão, por vezes, em sistemas e subsistemas distintos daqueles onde já estão inseridos os atores em questão e, desse modo, a democratibilidade dos Estados revela-se de menor importância desde que as negociações já estejam iniciadas.
Mostrar más

9 Lee mas

PRODUÇÃO E VENDA DE ALIMENTOS ORGÂNICOS EM JARAGUÁ DO SUL E REGIÃO

PRODUÇÃO E VENDA DE ALIMENTOS ORGÂNICOS EM JARAGUÁ DO SUL E REGIÃO

Nas pesquisas científicas, avaliaram-se os benefícios do consumo de alimentos orgânicos para a saúde humana. Os estudos alegam que uma dieta com alimentos orgânicos pode diminuir a exposição de crianças aos pesticidas e apresentar efeito favorável na questão da fertilidade, visto que muitos pesticidas são disruptores endócrinos, que são substâncias exógenas que agem como hormônios no sistema endócrino e causam alterações na função fisiológica destes hormônios (AZEVEDO, 2006 apud BADUE, 2007). Os hormônios, por sua vez, são substâncias químicas produzidas pelo organismo, em pequenas quantidades, mais propriamente no sistema endócrino e por alguns neurônios especializados, sendo depois lançadas para a corrente sanguínea ou para outros fluidos corporais. Uma alimentação isenta de substâncias agrotóxicas, pode ter efeito também sobre a fertilidade do homem.
Mostrar más

36 Lee mas

A GEOLOGIA E A LITERATURA INFANTIL: UMA TROCA DE SABERES

A GEOLOGIA E A LITERATURA INFANTIL: UMA TROCA DE SABERES

O projeto Mais Leitura para TODOS foi criado para estimular o hábito da leitura na comunidade que está inserido o campus Caçapava do Sul, com o objetivo de formar leitores questionadores, bem como desenvolver habilidades linguísticas: falar, escutar, ler e escrever, proporcionando-lhes instrumentos necessários para que estejam aptos a continuar o processo de autoconstrução intelectual.Devido à escassez de literatura infantil geológica, o projeto Mais Leitura para TODOS em parceria com o Museu Virtual Geológico do Pampa (MVGP) confeccionou dois livros com ilustrações de ficção geológica que pudesse ser entendido por crianças do ensino fundamental. Esses livros têm como título: "DUDA ROCKS E AS 24 HORAS PARA PROVA DE CIÊNCIAS" e "E se você encontrasse uma PEDRA?".Entretanto, apenas a confecção dos livros não era o suficiente, os livros precisavam atingir o público alvo, logo, foram realizadas visitas em duas escolas, uma em Caçapava do Sul e a outra em Uruguaiana e exposições dos livros em dois eventos de ensino, pesquisa e extensão na cidade de Caçapava do Sul realizados em parceria com a Unipampa Campus Caçapava do Sul.As visitas as escolas e as exposições nos eventos foram realizadas no primeiro semestre de 2018 entre Maio e Agosto. Sendo a primeira na XVIII Feira do Livro de Caçapava do Sul, a segunda em Uruguaiana na escola Cirilo Zadra, a terceira na escola Dinarte Ribeiro do município de Caçapava do Sul e a última na 8° Feira de Ciências da Unipampa em Caçapava do Sul.Nessas visitas foram realizadas atividades com os alunos, entre elas, apresentação do que é a Geologia e o MVGP, exposições de rochas e minerais, apresentação e leitura dos livros, espaço para as várias dúvidas que foram surgindo durante as atividades e por fim, o sorteio de alguns exemplares dos livros.Tanto nos eventos quanto nas visitas as escolas, após as atividades e a apresentação dos livros, a aprovação dos alunos foi positiva, Este aspecto fica evidente, quando foram participativas e interessadas pela história e através dos diversos comentários e dúvidas sobre as rochas e a Geologia em geral.O projeto de elaboração e construção dos livros infantis junto com as apresentações e exposições dos livros e minerais, proporcionou aos alunos ouvintes o interesse pela leitura de histórias com temas geológico e a Geologia.
Mostrar más

6 Lee mas

Show all 10000 documents...

Related subjects