PDF superior TítuloEducador de infância, um educador de adultos Articulação entre os objectivos da educação de adultos e os objectivos da educação de infância

TítuloEducador de infância, um educador de adultos   Articulação entre os objectivos da educação de adultos e os objectivos da educação de infância

TítuloEducador de infância, um educador de adultos Articulação entre os objectivos da educação de adultos e os objectivos da educação de infância

Este ponto que desenvolvemos no parágrafo anterior, leva-nos a reflectir algo importante: a Educa9ao de Infancia nao é obrigatória, mas essencial, por isso é necessário sensibilizar as f[r]

5 Lee mas

A Educação Musical nos jardins de infância e no primeiro ciclo da escola portuguesa, num contexto de interdisciplinaridade para a aquisição de competências

A Educação Musical nos jardins de infância e no primeiro ciclo da escola portuguesa, num contexto de interdisciplinaridade para a aquisição de competências

felicidade ao serem capazes de cantar canções. De uma certa forma, cantar liga-as ao mundo dos adultos, dos irmãos mais velhos, dos familiares que acompanham canções, das pessoas que cantam nas festas e nos aniversários. As crianças gostam de cantar melodias de todo o tipo, sejam canções de embalar, tradicionais ou populares ou associadas a festividades e celebrações. A forma como as aprendem tem por base a repetição, cantando vezes sem conta até as saberem. Embora cantar sem instrumento seja satisfatório para as crianças, um acompanhamento à viola, ao órgão, cavaquinho ou à flauta, ajuda-as a manterem-se no tom. Para apresentar uma nova canção, o educador deve cantá-la toda de uma só vez, observando quantas crianças se lhe juntam porque já sabem parte ou a totalidade da letra da canção. Depois cantar uma frase sozinho, parar e repetir com todos a cantar. Cantar o verso seguinte sozinho e cantá-la de novo com todos a cantar em conjunto. Repetir este procedimento verso a verso até ter cantado toda a canção. Seguidamente, cantar toda a música do princípio ao fim, com todos a cantar e sem parar entre os versos. Embora nesta altura, nem todos saibam as palavras, vêm a sabê-las, mais cedo ou mais tarde. Uma nova canção deverá ser cantada durante vários dias até ver que a maioria das crianças estão à-vontade a cantá-la. O educador pode pedir aos pais que lhe mostrem as suas canções favoritas no meio familiar de cada um, para que possa juntá-las no repertório das suas crianças pré-escolares. A voz é um veículo de grande poder de expressão e de comunicação que pode manifestar estados de alma e emoções muito diversas. Cantar individual ou colectivamente, é a base da educação musical. Todas as crianças têm a capacidade para cantar, sendo uma necessidade da mesma forma que é o movimento, a brincadeira ou a palavra. Por isso a canção no jardim de infância deve ser um elemento quotidiano de convivência e de formação. Devem escolher-se canções cujas dificuldades estejam ao alcance das crianças. Assim, dever-se-á ter em conta, a idade, os interesses, as brincadeiras, a capacidade motriz e cognitiva, a maturidade musical das crianças e o registo das canções. Estes factores levarão à escolha de canções que contenham intervalos, figuras, combinações rítmicas e extensão adequados. Durante a etapa infantil devem ser cantadas canções tradicionais do país em que as crianças vivem, visto estas terem ingredientes musicais, linguísticos e são do interesse das crianças. Através das canções tradicionais, as crianças adquirem uma visão do mundo, dos acontecimentos quotidianos e das actividades dos adultos.
Mostrar más

478 Lee mas

Historicidade da infância no Brasil

Historicidade da infância no Brasil

Esse é um retrato muito importante para entender e enfrentar a cultura laboral infantil no Brasil. É possível discutir qual a idade mais adequada para a educação ao trabalho, mas uma coisa é certa: a idade inapropriada afeta não somente a saúde, como também redunda em dificuldade ou impossibilidade de conciliá-lo com os estudos, o que tem gerado enormes prejuízos para as crianças e para a sociedade, resultando em adultos analfabetos ou semialfabetizados que têm dificuldades de se realizar profissio- nalmente, além de depender, em regra, de muitas políticas governamentais assistenciais. Com base na Convenção nº 182 da OIT, além das demais responsabilidades, o Brasil criminalizou a conduta que reduz alguém à condição análoga à de escravo; essa denominação consiste em submeter pessoa a trabalhos forçados, jornadas exaustivas, em condições degradantes, restringindo sua locomoção por algum motivo, conforme tipifi- cação prevista no art. 149 do Código Penal. O Inciso I do § 2º deste artigo prevê expres- samente o aumento de pena quando o crime é cometido contra criança ou adolescente. Várias ações foram inseridas no Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente do Governo Federal, dentre as quais se acham o monitoramento e avaliação do trabalho infantil, capacitação dos conselheiros tutelares, encaminhamento de crianças e adolescentes explorados no trabalho, incen- tivo à produção acadêmica sobre tema do trabalho infantil, Inclusão nos currículos das escolas preparatórias à Magistratura e Ministério Público de temas relacionados com o ECA, criação de rotinas para a assistência na rede do SUS – Sistema Único de Saúde, Articulação intersetorial para ações de combate ao trabalho precoce, Implementação das ações constantes no Plano de Enfrentamento da Violência Sexual Infanto-Juvenil, dentre outros.
Mostrar más

22 Lee mas

MAPEAMENTO DA ACESSIBILIDADE ÀS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: O CONTEXTO DA UFPEL

MAPEAMENTO DA ACESSIBILIDADE ÀS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: O CONTEXTO DA UFPEL

O NAI é o local de busca das informações pertinentes para a análise e compreensão da produção de acessibilidade no contexto da UFPel. Em visitas ao NAI, a pesquisadora busca por documentos jurídicos e institucionais sobre acessibilidade destinados à UFPel, assim como o número, nomes, endereços de e- mail dos estudantes com deficiência atendidos pelo NAI. Os documentos jurídicos dizem respeito à demandas encaminhadas pelo Ministério Público Federal - MPF à UFPel, com o intuito de zelar pelo princípio constitucional relativo à garantia do direito social à educação, educação superior em igualdade de condições. Já os documentos institucionais são de ordem interna da instituição - Plano Institucional da UFPel 2016/2010, reflexo da produção sobre acessibilidade nesta instituição educacional pública de nível superior.
Mostrar más

6 Lee mas

A história da educação ambiental - um olhar sobre angola

A história da educação ambiental - um olhar sobre angola

A obra da cientista que veio denunciar os efeitos nefastos na vida animal, vegetal e humana da aplicação exagerada do inseticida DDT (Dicloro-Difenil- Tricloroetano) encontrou sérios opositores junto de departamentos governamentais americanos, onde a obra foi inicialmente publicada e, sobretudo, nos sectores económicos da agropecuária, mas ultrapassou os obstáculos e ficou marcada para sempre como o primeiro grande alerta à humanidade sobre os males que a ação e intervenção humana estavam a provocar no ambiente. A Primavera em que os pássaros “deixaram” de cantar nas margens do Mississípi marca o ponto de viragem na história da humanidade face à sua relação com o ambiente e marca, da mesma maneira, o início da história da Educação Ambiental. De facto, ficamos a dever a esta americana muito mais do que a denúncia dos efeitos deletérios dos inseticidas que
Mostrar más

20 Lee mas

PRODUTIVISMO ACADÊMICO NO ENSINO JURÍDICO BRASILEIRO

PRODUTIVISMO ACADÊMICO NO ENSINO JURÍDICO BRASILEIRO

Nesse contexto, os rumos da pesquisa brasileira também não são animadores, pois a universidade mercantilizada tende a atender interesses privados (interesses do capital) em detrimento de interesses públicos, o que nega a lógica da universidade comprometida com a sociedade que a cerca. Assim, a universidade tende muito mais a seguir um modelo empresarial, em que buscará atender os sistemas de avaliação para se destacar entre as suas concorrentes. Dentro desse panorama, a lógica é a de corrida, a de vencer os “adversários”. Nesse imaginário capitalista, calcado em critérios objetivos de avaliação, a tendência é que a pesquisa seja focada muito mais na quantidade que na qualidade, o que pode ser muito ruim para a sociedade que anseia por um papel transformador da universidade.
Mostrar más

20 Lee mas

TítuloInterculturalidade e intervençâo comunitária

TítuloInterculturalidade e intervençâo comunitária

No que concerne às acções de edu- cação/promoção da saúde, encetámos algu- mas actividades com os agentes sociais no sentido de os sensibilizar para as questões da saúde procurando levá-los a entender que são os primeiros responsáveis e os principais agentes de um estilo de vida saudável (ou não). Fizemos algumas reuniões com os pro- fissionais de saúde do Centro de Saúde da área de residência da população-alvo no sen- tido de apurar a viabilidade de, em conjunto com estes profissionais, criarmos um progra- ma de saúde à comunidade cigana. Depois de obtermos uma resposta favorável procedemos à concepção do programa de educação para a saúde que, considerámos, iria de encontro às necessidades da população. Partindo dos pro- blemas e das experiências de vida da popu- lação procurámos, através de uma pedagogia não directiva e dialógica e de uma partici- pação activa, proporcionar informações e conhecimentos no sentido de estimular mudanças promotoras de um estilo de vida mais saudável. Incitámos os formandos a pro- moverem actividades no sentido de melhor compreenderem e interiorizarem cuidados relacionados com a alimentação saudável, os cuidados de higiene pessoal e da habitação, a importância das consultas de planeamento familiar, etc.
Mostrar más

9 Lee mas

CEIA - SAN RAM ON

CEIA - SAN RAM ON

Las bandas canoeras, chonos, kaweshkar o alacalufes, y yámanas o yaganes, deambulaban por los mares del extremo sur del país. Los chonos navegaban al sur de Chiloé especialmente entre el[r]

6 Lee mas

LOS CONCEPTOS DE CULTURA Y CIVILIZACIÓN

LOS CONCEPTOS DE CULTURA Y CIVILIZACIÓN

Los chonos navegaban al sur de Chiloé especialmente entre el Golfo de Penas y la Península de Taitao; entre ella y Tierra del Fuego lo hacían los alacalufes; mientras que los yaganes con[r]

8 Lee mas

Uma proposta de ensino-aprendizagem de ciências para estudantes da EJA baseada no enfoque CTS

Uma proposta de ensino-aprendizagem de ciências para estudantes da EJA baseada no enfoque CTS

Ensinar Ciências para os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) tem sido um desafio ainda não superado, tendo em vista as peculiaridades dessa modalidade de ensino, tais como público heterogêneo, perspectivas, objetivos e interesses diferenciados e histórias de vida dos alunos. Pensando nisso, desenvolvemos uma proposta de ensino-aprendizagem para os estudantes da EJA, tendo como orientação os pressupostos do Enfoque CTS (Ciência- Tecnologia-Sociedade). Essa investigação faz parte de uma pesquisa que objetivou testar esse referencial em situações concretas de sala de aula. Além disso, a pesquisa está vinculada aos trabalhos desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisas e Estudos CTS da UESB/Jequié/BA. Investigamos a viabilidade da aplicação do Enfoque CTS no ensino de Ciências, analisando a construção de propostas de ensino que ajudem os estudantes a (re)significar os conteúdos difundidos nas aulas de Ciências.
Mostrar más

8 Lee mas

Da educação da decepção à educação do optimismo. Recuperar o verdadeiro sentido da educação

Da educação da decepção à educação do optimismo. Recuperar o verdadeiro sentido da educação

Assim, o principal problema do conhecimento baseia-se na unidade dialéctica entre sujeito e objecto, e é esta relação intersubjectiva que possibilita a recriação e a transformação dos homens e do mundo. Como refere Paulo Freire, toda “ a tentativa de compreensão destas relações que se fundamente no dualismo sujeito-objecto, negando assim a “unidade dialéctica” que há entre eles, é incapaz de explicar de forma coerente essas relações. Ao romper a unidade dialéctica sujeito-objecto, a visão dualista cai na negação quer da subjectividade, submetendo-a aos poderes de uma consciência que criaria a seu gosto, quer da realidade da consciência, transformada assim em mera cópia da objectividade” (Freire, 1984:26).
Mostrar más

8 Lee mas

Panorama da Política Nacional de educação para jovens e adultos em situação de restrição e privação de liberdade no Brasil

Panorama da Política Nacional de educação para jovens e adultos em situação de restrição e privação de liberdade no Brasil

O programa propõe o desenvolvimento de políticas para a melhoria do sistema prisional que contemplem a valorização dos profissionais e o apoio à implementação de projetos educativos e profissionalizantes para as pessoas com penas restritivas de liberdade e aos egressos do sistema penitenciário. Apontando alternativas para as metodologias utilizadas atualmente, trata a segurança pública como uma política descentralizada e articulada com os estados e municípios, estimulando o reconhecimento dos programas de segurança como partes integrantes das políticas de inclusão social, de habitação, educação, trabalho, lazer, assistência e geração de emprego e renda. No âmbito da União, propõe que as ações em diversos ministérios e secretarias nacionais sejam acionadas tanto para subsidiar o desenvolvimento do programa quanto para ampliar e qualificar seu alcance. Essas articulações, segundo o programa, ocorrem em função da natureza comum da atividade e também da concepção compartilhada.
Mostrar más

26 Lee mas

Intelectuais e Universidade: O Ensino Superior no Congresso de Instrução Pública (Rio de Janeiro, 1883-1884)

Intelectuais e Universidade: O Ensino Superior no Congresso de Instrução Pública (Rio de Janeiro, 1883-1884)

A análise dos pareceres centra-se no destaque das ideias e posições defendi- das e no embasamento teórico buscado para reforçar a argumentação. As teses/ questões são uma fonte documental rica e fundamental para este estudo, visto que mobilizam uma literatura científica muito vasta, apropriando-se do que há de mais moderno para expor ou defender uma posição e/ou teoria nova. Para isso, foi realizada uma leitura atenta dos pareceres, com destaque para o autor (quem eram e que posições ocupavam na sociedade), o que permite identificar de que espaço fala e a representatividade de sua fala (Foucault, 1992); identifica- ção dos autores e livros citados nos pareceres, o que permite analisar o referencial teórico adotado, isto é, as leituras realizadas, as idéias apropriadas (Chartier, s/d), que fixam uma interpretação e definem maneiras de ler (Chartier, 1990). Com essa abordagem, pretende-se delinear o movimento das ideias pedagógicas consi- deradas modernizantes, como um dos pilares do desenvolvimento econômico e social, para integrar o Brasil na «modernidade liberal».
Mostrar más

22 Lee mas

CONCEPÇÕES AMBIENTAIS DE UM GRUPO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA

CONCEPÇÕES AMBIENTAIS DE UM GRUPO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA

O projeto está sendo desenvolvido através da aplicação de um questionário ao longo do ano letivo de 2017, tendo como foco os professores que atuam nas turmas do Ensino Médio em uma escola pública no município de Alegrete, Estado do Rio Grande do Sul. Na análise dos dados deste questionário, pode-se registrar que houve uma abordagem de caráter quali-quantitativa. Segundo Moreira (2011), a pesquisa qualitativa presume a coleta de dados mediante as influências mútuas que acontecem entre o pesquisador e o objeto de estudo e a quantitativa consente uma melhor compreensão sobre o objetivo da pesquisa, quantificando o que se deseja analisar.
Mostrar más

5 Lee mas

COMO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL É TRABALHADA EM UMA ESCOLA DA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM RELATO

COMO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL É TRABALHADA EM UMA ESCOLA DA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM RELATO

Educação Ambiental (EA) permeia os processos de ensino e aprendizagem atuando como construtor de uma visão mais integradora e responsável das interações que o ser humano tem e deve ter com o meio ambiente. Vale lembrar que a EA não é um conceito acabado, com finalidades plenamente delimitadas. Trata-se de uma temática ainda muito em discussão mesmo 20 anos após a promulgação da Lei nº. 9.795 (1999), que dispõe sobre a Educação Ambiental. Isso vai ao encontro das pesquisas de Lucie Sauvé (2005) que sistematizou essas concepções de EA em pelo menos 15 correntes de pensamentos.
Mostrar más

5 Lee mas

A ARTE DESENVOLVENDO O UNIVERSO CULTURAL E A VALORIZAÇÃO DA ESCOLA DOS SUJEITOS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

A ARTE DESENVOLVENDO O UNIVERSO CULTURAL E A VALORIZAÇÃO DA ESCOLA DOS SUJEITOS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

Essa experiência só comprovou a importância do trabalho em sala de aula sem o objetivo de depósito de conteúdos mais sim de um despertar para uma visão mais ampla de mundo. Na EJA, antes de qualquer coisa, é preciso conhecer as características dos alunos, valorizando seus saberes, sua cultura, sua oralidade.

7 Lee mas

←
				
											Return to Article Details
									
				O cuidado com a infância e sua importância para a constituição da Psicologia no Brasil

← Return to Article Details O cuidado com a infância e sua importância para a constituição da Psicologia no Brasil

Analisaremos a seguir três instituições voltadas à aplicação do saber psicológico dirigido à infância, em campos diversos: a) no campo educacional, o Serviço de Ortofrenia e Higiene Mental (1934), que diagnosticava crianças com problemas de aprendizagem nas escolas para a composição de classes especiais. As fontes para esta análise são principalmente os livros de Arthur Ramos “A Criança Problema” (Ramos, 1954/1939) e “Introdução à Psicologia Social” (Ramos, 2003/1936), bem como comentadores sobre a instituição e o autor citado; b) no campo jurídico, o Laboratório de Biologia Infantil (1936), que aplicava testes psicológicos em cri- anças abandonadas ou delinquentes, a fim de identificar nelas a predisposição biológica da criminalidade, com vistas à correção. Neste caso, as fontes são principal- mente teses e dissertações a respeito da instituição; c) no campo da saúde, o Centro de Orientação Juvenil (1946), uma clínica de higiene mental infanto-juvenil que realizava orientação psicoterápica, caso em que utilizamos entrevistas com profissionais da instituição, consultamos relatórios de seu funcionamento e biblio- grafia de comentadores.
Mostrar más

11 Lee mas

Educação e sociedade da aprendizagem: um olhar sobre o  potencial educativo da internet

Educação e sociedade da aprendizagem: um olhar sobre o potencial educativo da internet

facturação aumentar de forma muito significativa (Abijit e Kuilboer, 2002). Na 1.ª fase, a web era bastante onerosa para os seus utilizadores: a grande maioria dos serviços eram pagos e controlados através de licenças, os sistemas eram restritos a quem detinha poder de compra para custear as transacções online e adquirir o software para criação e manutenção de sites. Trouxe enormes avanços no que diz respeito ao acesso à informação e ao conhecimento, porém a filosofia que estava por detrás do conceito da rede global foi sempre a de um espaço aberto a todos, ou seja, sem um “dono” ou indivíduo que controlasse o acesso ou o conteúdo publicado. Houve sempre uma preocupação por tornar este meio cada vez mais democrático, e a evolução tecnológica permitiu o aumento do acesso de utilizadores possível pelo aumento da largura de banda das conexões, pela possibilidade de se publicarem informações na web, de forma fácil, rápida e independente de software específico, linguagem de programação ou custos adicionais.
Mostrar más

20 Lee mas

Primera Infancia y Neuroeducación – versión portugues

Primera Infancia y Neuroeducación – versión portugues

adulto, e isto graças a tudo o que aconteceu dentro do ventre materno. Mas o nascimento, em si, também é um momento especial para o cérebro do bebê: por um lado está a fortaleza do dever cumprido, pois cresceu e se desenvolveu adequadamente até chegar o dia do nascimento e enfrentar o novo entorno, e, por outro lado, a fragilidade do momento. A facilidade ou dificuldade com a qual nasce um bebê, a rapidez com que começa a respirar e a efetividade do médico obstetra podem afetar significativamente o processo de desenvolvimento cerebral. Interrupções no processo de oxigenação do cérebro podem ser cruciais e causar danos cerebrais em diferentes graus. Estima-se que 30% dos casos de paralisia cerebral é resultado da falta de oxigenação durante este período perinatal. Um nascimento em condições apropriadas desempenha um papel decisivo, pois permite ao bebê uma adaptação harmônica com o novo ambiente, que está pleno de sons, luzes, cheiros, temperaturas e texturas, além de facilitar a tarefa de encontrar um “cérebro externo” que o adapte ao novo mundo.
Mostrar más

78 Lee mas

COMO OS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO PENSAM A EDUCAÇÃO DOS TRABALHADORES: UM ESTUDO SOBRE OS SINDICATOS DOCENTES DO RIO DE JANEIRO

COMO OS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO PENSAM A EDUCAÇÃO DOS TRABALHADORES: UM ESTUDO SOBRE OS SINDICATOS DOCENTES DO RIO DE JANEIRO

No Dossiê, que aponta os problemas da educação no ano de 1996, fica patente também aqui a naturalização da dualidade educacional, quando a UPPES afirma que “a categoria está em extinção o que compromete, também, a rede particular” (UPPES,1996: 4). Ou seja, apesar de representar os professores da rede pública, a entidade realiza uma avaliação que não questiona o oferecimento da educação como mercadoria, nas instituições privadas. A entidade demonstra que as classes médias também devem se ocupar das questões relativas à formação do professor, pois também podem ser atingidas pela precarização da profissão. Esta é a característica estruturante da proposta educacional do capital, qual seja, a dualidade educacional 13 , uma escola polivalente para a classe trabalhadora e outra de formação geral
Mostrar más

22 Lee mas

Show all 10000 documents...